O que o câncer me ensinou

O que o câncer me ensinou Sophie Sabbage




O que o câncer me ensinou


Encontrando coragem, sentido e uma nova perspectiva de vida




“Meu câncer é sistêmico e incurável, mas estou vivendo com ele. Na verdade, estou me fortalecendo com ele. Se eu considerar as estatísticas, as previsões e as probabilidades, sou um caso perdido. Mas prefiro não fazer isso.

Opto por entender a doença sem me entregar a ela, me resignar sem sucumbir, gritar meu nome do alto das estatísticas antes que minha identidade seja soterrada no frio anonimato dos números.

Dedico os dias, as horas e os minutos a prolongar a vida, com a inabalável intenção de criar minha filha até ela se tornar adulta, de envelhecer com meu amado marido e de fazer a diferença que gosto de pensar que vim ao mundo fazer.

Não tenho qualificação para ajudar você a superar o seu problema. Mas sou qualificada para ajudá-lo a superar o seu condicionamento, o que acredito também ser essencial para o processo de cura.

Posso mostrar-lhe como ficar bem, mesmo quando estiver se sentindo mal, e como resolver as questões emocionais que podem ter contribuído para a sua doença.

Espero que esta leitura o inspire a sentir a vibração da vulnerabilidade, a energia do propósito e a maravilha de forjar o seu próprio caminho pela floresta densa e escura que às vezes parece não oferecer trégua ou escape. Torço, principalmente, para que você perceba que o câncer tem algo a ensinar; basta saber como ouvir o que ele está tentando dizer.”

Autoajuda / Biografia, Autobiografia, Memórias / Literatura Estrangeira

Edições (1)

ver mais
O que o câncer me ensinou

Similares


Resenhas para O que o câncer me ensinou (1)

ver mais
lindo e delicado
on 9/4/17


Esse livro me chamou bastante atenção,por parecer um livro diferente sobre tudo que eu já tinha lido sobre o câncer. E realmente acertei!! Nossa protagonista Sophie Sabbage ,tem câncer estágio IV. E ,perante a medicina não há muita coisa pra ela fazer em relação a cura,ela é uma paciente em estágio terminal. Porém,Sophie ,não se vê como uma paciente de câncer,e sim como uma mulher que está com câncer ,e que a doença não domina a vida dela. " O professor Viktor Frankl,também da uni... leia mais

Estatísticas

Desejam64
Trocam1
Avaliações 4.0 / 7
5
ranking 43
43%
4
ranking 29
29%
3
ranking 29
29%
2
ranking 0
0%
1
ranking 0
0%

19%

81%

Naty
cadastrou em:
21/02/2017 15:56:30
Pri Paiva
editou em:
24/02/2017 14:00:25
Pri Paiva
aprovou em:
24/02/2017 14:00:32