Persona

Persona Hermano Almeida (Mano)


Compartilhe


Persona





"Hermano Almeida não parece preocupar-se em fazer literatura como projeto estético, ou diletantismo. Sua obra é a tradução do grito de revolta e desespero que anda preso em nossas gargantas ante o retrocesso brutal que esse país está a viver. Dessa realidade de 'um homicídio a cada nove minutos e corrupção generalizada', como ele escreve na orelha do livro. E afirma ainda: ...'São muitos os temas. Podiam ser outros, mas tenho que focar a máscara. Espero que amplifique e reverbere em cada leitura. Não é menu digestivo. Precisamos de urgência. O Brasil ainda não foi descoberto!' No texto que abre o livro - uma por assim dizer, prosa poética, ou 'fluxo' mental – 'indefinível'..."

Da resenha de Krishnamurti Góes dos Anjos, em: https://plus.google.com/+KrishnamurtiGoesdosAnjos

Poemas, poesias

Edições (1)

ver mais
Persona

Similares

(1) ver mais
Revol-tril

Resenhas para Persona (1)

ver mais
PERSONAS & INTERTEXTUALIDADES
on 13/3/17


PERSONAS & INTERTEXTUALIDADES Por Krishnamurti Góes dos Anjos Ao iniciarmos a leitura do livro de poemas “Persona” de Hermano José Falcone de Almeida, deparamo-nos com dois poemas sucessivos: “Policarpos” e “Tempo sombrio”, que fazem referencias às obras de dois grandes nomes da literatura brasileira. Lima Barreto e Machado de Assis. Impossível não lembrar dos enredos e desdobramentos de obras como Triste fim de Policarpo Quaresma (escrito em 1911), e admirar a intertextualidade q... leia mais

Estatísticas

Desejam
Informações não disponíveis
Trocam
Informações não disponíveis

Krishnamurti
cadastrou em:
13/03/2017 21:05:46
M.Oliveira
editou em:
20/04/2017 00:55:55