A Metamorfose

A Metamorfose Franz Kafka




PDF - A Metamorfose


Escritor tcheco, Franz Kafka teve uma vida breve em função da tuberculose. Sua obra literária é marcada essencialmente por romances e contos que destacam o homem angustiado, obrigado a levar uma vida aprisionada; o homem desesperado em relação à própria existência. Esta atmosfera é representada em A metamorfose com um tom realista surpreendente. Publicado originalmente em 1915, este livro é o mais conhecido, estudado e citado do autor. A história é protagonizada pelo jovem Gregor Samsa, que trabalha como caixeiro-viajante e sustenta as despesas da família. Gregor acorda certa manhã transformado em um monstruoso inseto. Inicialmente, a principal preocupação dele é como lidar com seu novo corpo metamorfoseado. Depois, porém, precisará enfrentar a repulsa e o medo, representando o que há de mais trágico na condição humana.



· “Depois da metamorfose de Gregor Samsa, o mundo onde nos movimentamos tornou-se outro.” – Heinz Politzer, conceituado estudioso da obra de Kafka





A Metamorfose

O PDF do primeiro capítulo ainda não está disponível

O Skoob é a maior rede social para leitores do Brasil, temos como missão incentivar e compartilhar o hábito da leitura. Fornecemos, em parceira com as maiores editoras do país, os PDFs dos primeiros capítulos dos principais lançamentos editoriais.

Vídeos A Metamorfose (40)

ver mais
A Metamorfose - Franz Kafka

A Metamorfose - Franz Kafka

Literatômica #4 - Franz Kafka

Literatômica #4 - Franz Kafka

Clube do Livro | A Metamorfose, de Franz Kafka | Bloco 1

Clube do Livro | A Metamorfose, de Franz Kafka | B

Resenha de A Metamorfose- Franz Kafka

Resenha de A Metamorfose- Franz Kafka


Resenhas para A Metamorfose (754)

ver mais
O pequeno grande livro de Kafka


Em poucas páginas, em um estilo ousado e objetivo, Kafka criou uma das mais perturbadoras obras da literatura mundial. Tudo começa com a inesquecível cena de Gregor Samsa acordando e percebendo que se transformou em um inseto monstruoso. É interessante notar, que o que mais impressiona aqui é a naturalidade com que o autor retrata toda a situação de Gregor, ele o faz de uma maneira tão sucinta e objetiva que parece que estamos vendo uma pessoa sofrer de resfriado ou algo assim. Não...