A Miséria da Filosofia

A Miséria da Filosofia Marx...




PDF -


O senhor Proudhon tem a infelicidade de ser singularmente desconhecido na Europa. Com este tom irônico, Karl Marx introduz o leitor à obra - A Miséria da Filosofia - escrita entre 1846 e 1847 como resposta a outro livro de título semelhante, A Filosofia da Miséria, do também filósofo e economista, Pierre-Joseph Proudhon. Para antagonizar sua ciência econômica, Marx disserta sobre as relações de produção, a manufatura, as sociedades feudais, os artesãos e a indústria mecanizada, colocando o valor (do trabalho) como essencial à própria produção, aspecto que Proudhon apenas idealizava. A partir dessas reflexões, nasceria uma teoria que, anos depois, seria capaz de influenciar o mundo inteiro.





A Miséria da Filosofia

O PDF do primeiro capítulo ainda não está disponível

O Skoob é a maior rede social para leitores do Brasil, temos como missão incentivar e compartilhar o hábito da leitura. Fornecemos, em parceira com as maiores editoras do país, os PDFs dos primeiros capítulos dos principais lançamentos editoriais.

Resenhas para A Miséria da Filosofia (0)

ver mais
Apimentada genialidade


Inacreditavelmente Karl Marx reúne as maiores críticas, ao mesmo tempo em que é um dos gênios menos lidos. Essa obra trás uma crítica à obra de Proudhon com uma redação belíssima e desde o título com um tom divertido característico de Marx. Conceitos de estimada relevância no sistema capitalista são abordados com uma destreza metodista arrebatadora, tais como propriedade, valor, etc. Ainda um jovem, com seu pensamento em construção, Marx destila inteligência na crítica realizada e de...
Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com a Política de Privacidade. ACEITAR