Armadilhas do Destino

Armadilhas do Destino E. M. Sousa




PDF - Armadilhas do Destino


Primeiro livro da série Armadilhas.


Na Itália, em Verona. A cidade que foi palco do amor de Romeu e Julieta. Nasce uma história de amor.
Henry White tem 25 anos quando vê Lanna Grey pela primeira vez, em uma festa beneficente organizada pela família dele.
Ela tem apenas 15 anos na época. E ele sabia que o pai de Lanna jamais permitiria o namoro dos dois.
Dois anos mais tarde. A sorte brilha para Henry. Quando o pai de Lanna, o senhor Charles Grey vem a falecer após um ataque cardíaco. Deixando Lanna e sua mãe Leonor sem nada. Leonor faz um empréstimo diretamente com Henry. E entrega como garantia de pagamento a própria filha. Henry agora tem 27 anos é dono de várias indústrias, hotéis e bancos na cidade de Verona. Ele é prepotente, egoísta, arrogante e extremamente lindo. Henry esconde um passado obscuro. Ele poderia ter qualquer mulher. Mas, queria apenas uma: Lanna Grey, a menina de olhos verdes e rosto inocente. Lanna tem 17 anos, acaba de entrar na Univesidade de Verona no curso de História da Arte. É uma sonhadora. Amante da arte. Nunca pensou que sua mãe fosse capaz de lhe entregar como pagamento de uma dívida. Ela agora teria que casar com Henry. Mesmo sem amá-lo. Ela o odiava por ele tê-la aceito como garantia de pagamento.
Henry aprenderá com Lanna o significado do verdadeiro amor. E Lanna aprenderá com ele, que todos podem mudar. Inclusive a pessoa mais cruel que ela já conheceu: Ele. O destino traçou uma armadilha para juntar os dois.
Seria o amor capaz de superar o ódio? Leia e apaixone-se!





Armadilhas do Destino

O PDF do primeiro capítulo ainda não está disponível

O Skoob é a maior rede social para leitores do Brasil, temos como missão incentivar e compartilhar o hábito da leitura. Fornecemos, em parceira com as maiores editoras do país, os PDFs dos primeiros capítulos dos principais lançamentos editoriais.

Resenhas para Armadilhas do Destino (16)

ver mais
Armadilhas para o Leitor


O livro é uma grande porcaria, fala de estupro como se fosse a coisa mais romantica da face da terra. Foca agressão domestica como algo natural e tem requintes de crueldade e prostituição, fora que a personagem principal é estuprada nas nupcias (sendo menor de idade), depois começa a avalanche de monstruosidade. Floreia a sindrome de Estocolmo como meio de vida..resumindo não percam o seu tempo e dinheiro nessa grande porcaria. ...