Untouchable

Untouchable Sam Mariano




Resenhas - Untouchable


14 encontrados | exibindo 1 a 14


Ray 19/04/2022

Bem... Gostei sim, a leitura foi realmente viciante, se você conseguir ignorar algumas cenas muito pesadas, tudo ficará bem, gostei dos dois personagens principais, Carter surpreendeu a Zoey e eu kakakakak.
comentários(0)comente



laura 21/10/2021

amei, me julguem
agora são 4 horas da manhã e eu acabei de terminar esse livro.
já tinha tentado ler ele antes, mas parei nos primeiros capítulos depois de tanta merda acontecer, porém fico muito feliz de ter dado uma segunda chance.
isso aqui é um romance dark, que não é convencional e nem saudável..se você está procurando um monte de flores e corações esse livro não é pra você.
muita gente não gostou do carter, mas eu não sou uma dessas pessoas, amei esse cara completamente errado e complicado.
os protagonistas são cheios de defeitos, eles erram e acertam ao longo do livro, porém dá pra ver que apesar de tudo os dois se completam e conseguem fazer um do outro pessoas um pouco melhores .
fiquei feliz em ver que o carter não perdeu sua essência mesmo depois de estar apaixonado pela zoey, os dois formam um casal intenso, louco e que conquistou meu coração.
comentários(0)comente



Laura 30/09/2021

BOM
Sim eu sei que a relação deles é tóxica e bem fudida mas lembrando que é um dark romance então sem julgamentos. Gostei bastante, queria que também tivesse o pov do Carter pra entender a cabeça fudida dele mas enfim no geral gostei bastante, principalmente do desenvolvimento.
comentários(0)comente



Tayara Oliveira 01/06/2021

Dúvida sobre a nota
Minha incerteza é tão grande nesse livro que tive que resenhar.
No primeiro momento, você lê e não acredita no que tá lendo ? achei um tanto doido e surtado.
No segundo momento, você pensa, será que eu tenho problema em gostar do anti-herói ? ?
Por fim, estou com uma ressaca literária e ainda não sei se gostei ou odiei.
comentários(0)comente



spoiler visualizar
comentários(0)comente



Jo 23/02/2021

Problemático
O início do livro é pesado e te deixa desconfortável. Eu gostei do livro, apesar do assunto ter sido levado como algo aceitável, o que não convém nem um pouco com a realidade. (Quem tem costume de ler dark/bully romance, entende).

Sua mente deve estar aberta para ler o livro, bully romance sempre tem assuntos que te deixam de pernas pro ar kkkkk, mas é a vida, a gente continua lendo :))
comentários(0)comente



Alexandra.Silva 06/02/2021

O livro inicia com bullying e abuso sexual. O resto é só uma história de um adolescente obsessivo pela namorada e com tendências de dominador.
comentários(0)comente



Júlia 31/10/2020

Consegui chegar só até os 30% do livro, mas depois disso, não deu para continuar.

O livro é pesado, romantiza coisas absurdas em um nível Hard, mas, ignorando isso, pois estou avaliando a escrita da autora e não o tema, não deu para ler.

As conversas entre os dois chegam a ser insuportáveis de tão longas! A menina parece o Google derramando informações atrás de informações sobre o cara. Ela parece uma analista, uma terapeuta. Ela traça o perfil dele clinicamente e fala isso pra ele.

Se vc começar a ler e isso não te incomodar, boa leitura.

Quanto ao tema, até eu que gosto de um livro dark achei que esse não dá pra ler, não.
Mas, tem gente que consegue ler e gosta, enfim...
comentários(0)comente



Ane 21/06/2020

"Não recomendo a leitura " Há relacionamento abusivo.
Eu amo ler, e para mim o importante é a escrita e uma narrativa que me envolva, não considero um livro ruim só porque ele vai contra o que eu acredito. Então não tem como eu não gostar dessa história, reconheço que esse romance é inaceitável pela forma como iniciou e continuou sendo errado durante toda a narrativa. Esse escritor passou de todos os limites, acredito eu.
Mais ele escreve muito bem, envolve o leitor e te deixa viciado. Me envolvi de mais nessa história, amei os personagens, principalmente a mocinha por ser tão inteligente, determinada, forte e muitas vezes divertida. Essa história não vai sair tão cedo da minha cabeça, amo livro assim, por isso favoritei, ele fez meu aniversário ser um dia mais feliz.
Shai | Leitora Lunática 21/06/2020minha estante
Gostei da análise, é exatamente o que eu penso sobre esse tipo de leitura :)


Ane 21/06/2020minha estante
Obrigada! Fico feliz que gostou.


Willana 22/06/2020minha estante
É bully pesadão?


Ane 22/06/2020minha estante
O bullyng não é dos piores, o problema é que realmente há abuso, quase um estupro gripal, no qual o mocinho está incluído, e ela é obrigada a fazer coisas. Ele faz coisas sexuais sem a permissão dela, durante a história. Em fim o cara não tem escrúpulos nenhum, ele faz qualquer coisa pra ficar com a mocinha.


Ane 22/06/2020minha estante
Corrigindo (grupal) kkkkk


Willana 22/06/2020minha estante
Eita. Esse pelo visto não tem um pingo de limite.
Essa parte do estupro é que é foda, abomino isso, e acho que já pegaria ranço dele bem no início.
Fiquei curiosa por você ter favoritado, mas também com um pé atrás... E pelo o que disseram ele não melhora em nada né?!
Você achou esse pior que o do Facing the enemy?


Caroline 05/08/2020minha estante
Oii, por onde conseguiu o livro? Tô doidinha atrás e não acho kkkk




spoiler visualizar
comentários(0)comente



Gabi Rosendo 08/05/2020

Eu acho que aqui não tem espaço suficiente para descrever o quão horrível é esse livro, degradante, nojento uuh essa temática não me assusta mas pelo amor de Deus o que está escrito nele nem beira, mergulha mesmo profundamente no absurdo.
comentários(0)comente



Mariane 21/04/2020

Para quem gosta
Livro pesadinho, somente para quem gosta mesmo, dark
Eu amei, pq gosto muito do gênero, se vc tbem gosta, leiaaaaa
comentários(0)comente



De. 08/04/2020

Nem terminei
Estava eu indo ler este livro!!!

No início achei interessante os primeiros parágrafos mas depois a M@$/_ bateu no ventilador e travei no 3 capítulo.

A garota vive no início um bullying tão perverso dirigido pelo prota, uma humilhação sem par! meu estômago embrulho por ela. E depois ele aparece do nada na casa da menina com a maior cara de pai, ah vai se ferrar cara.

Eu não tenho problemas com assuntos sensíveis sou formada pela Penelope Douglas e Cole Tillie, o que acabou aqui comigo foi a besteira da mentira, era óbvio que ele tinha interesse amoroso nela, não entendo a falta de verdade ali e ponto.

Não consegui nem chegar no cap4.
comentários(0)comente



Jenny 06/04/2020

Queria não ter lido...
Esse livro cruzou a linha do aceitável e da licença poética mais vezes do que eu poderia contar.

Realmente os avisos sobre o conteúdo do livro estão logo no início, como tem que ser, já que os primeiros capítulos são os piores.
Eu não me importo com temáticas sensíveis desde que seja algo bem escrito e fundamentado, também não tenho nenhum gatilho então embora a situação dos primeiros capítulos tenha sido totalmente revoltante não era algo que > me < impediria de continuar a leitura.

Lendo algumas resenhas me senti incomodada com a visão de algumas pessoas sobre a cena de estupro dos primeiros capítulos e eu queria, principalmente, deixar isso muito claro: houve estupro. Não existe consentimento sob ameaça. Não existe consentimento em ser coagida a escolher a forma menos pior de violência. É abuso sexual puro e simples, não é um quase-estupro, não é "estupro" entre aspas, é simplesmente estupro. Ponto.

Dito isso, gostaria de dizer que > pra mim < depois dessa situação não existia nenhum caminho de redenção possível pra esse cara, eu já estava mentalmente pronta pra rejeitar qualquer história de amor fofinha, passado triste e jornada de redenção heroica pro Carter como a gente costuma ver em romance dark, mas nada disso aconteceu, a autora não só não se incomodou em redimir o criminoso dela como só o fez ficar pior a cada página.
95% das relações do casal tinha, pelo menos, um tipo de abuso. Carter é ORGULHOSAMENTE um ESTUPRADOR, ele abusa sexualmente da Zoey diversas vezes e nas vezes que ela deu o consentimento ele ainda a forçava a fazer sem camisinha até o ponto em que ela simplesmente parou de implorar pra ele usar pois não adiantava. Todas as situações em que ela não se sentia confortável ela desistia de reclamar porque sabia que ele iria ignorar e fazer o que queria e também porque obrigá-la a fazer algo era estimulante pra ele. Totalmente doente.

O que mais me irritou foi a Zoey ser 100% lúcida sobre tudo isso, ela estava ciente de tudo que estava acontecendo, do que era e simplesmente relevava. Ela tinha todos os pensamentos coerentes, era mentalmente forte e inteligente mas mesmo com 3 páginas de ponderações corretas ela ainda tomava a atitude contrária. Eu não entendo essa merda. Os diálogos dos dois (desnecessariamente ENORMES) eram todos revoltantes.

"—Se eu estou em uma festa com uma garota que está pronta para ir, eu deveria, o que? Deixa ela lá e vir te ver? E se uma vez eu estiver lá, você me disser não?
—Tome de qualquer maneira.
—Mesmo se eu achar que você está falando sério?
—Mesmo que eu esteja falando sério. Eu preferiria que você me obrigasse à dormir com outra pessoa. Eu sei que você cuidaria de mim depois, se algo desse errado. O que quer que aconteça entre você e eu, eu posso lidar. Eu só não quero você com mais ninguém."


Foda-se essa menina. Foda-se esse cara. Foda-se esse livro.
E foda-se a nota.
Que experiência de merda foi ler isso, não merece nem meia estrela.

site: https://www.goodreads.com/chamazamiga
Gabi Rosendo 08/05/2020minha estante
Eu estou chocada até agora.


Nique 07/06/2020minha estante
Isso não é Dark, esse livro como você disse não é aceitável


Jenny 08/06/2020minha estante
inacreditável que isso esteja sendo livremente distribuído por aí




14 encontrados | exibindo 1 a 14


Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com a Política de Privacidade. ACEITAR