Klara and the Sun

Klara and the Sun Kazuo Ishiguro




Resenhas - Klara and the Sun


4 encontrados | exibindo 1 a 4


Rodolfo_Domingos 14/11/2021

Entre o pessimismo e o deslumbramento
Kazuo Ishiguro é de uma sutileza impecável ao desconsiderar todos os supérfluos do gênero sci-fi na construção de uma história com profundidade no nível humano.

A discussão principal gira em torno da solidão humana, trafegando naquela linha tênue entre a piedade e o deslumbramento de um futuro distópico.

A narração em primeira pessoa pelos olhos me fez prestar ainda mais atenção na dimensão humana, nos questionamentos de cada personagem e nos rumos que a história ia tomando.

O desenrolo é fenomenal, começando numa escala minimalista para terminar numa visão mais ampla dessa sociedade descrita no livro.

Se 2021 deixou de herança alguma coisa boa, essa coisa é "Klara e o Sol".
comentários(0)comente



Marubis 27/08/2021

Amigo artificial
"Perhaps all humans are lonely. At least potentially."

"Klara and the sun" foi uma leitura muito tranquila. Demorei um pouco para me encontrar no ritmo - que seguiu a passos medianos, ora mais acelerados, ora mais lentos. Se você espera grandes plots talvez esse não seja o livro, mas se você procura alguma reflexão: ding ding ding.

O livro traz a história de uma AF (Artificial Friend) que narra sua caminhada enquanto companhia da menina Josie. Em um ambiente onde seres humanos emprestam da tecnologia um pouco do que julgamos não ser a primeira coisa que vem à mente quando pensamos nela (pelo menos, não dessa forma): a solução para aquele que se vê sozinho.

É impossível não se apaixonar por Klara, nossa narradora, logo nas primeiras páginas da obra. Essa AF de fato conseguiu transmitir sua perspectiva única ao longo das páginas. Klara vai muito além de dados e algoritmos, cativando o leitor. Sem dúvida essa personagem soube protagonizar ao trazer sua visão do universo do livro.

No geral, eu aproveitei. Foi um livro que li despreocupadamente e que mesmo não esperando grandes acontecimentos depois de determinado momento da leitura, me trouxe certa curiosidade do início até o final e, particularmente para mim, essa foi sua beleza.
comentários(0)comente



Andressa 06/04/2021

what does it means to love?
"What does it mean to love another human being, particularly in an age when we're questioning whether we can map out everything about a person through data and algorithms?"

Ishiguro tem uma maneira única de tocar os nossos corações através de seus livros. Me apaixonei por Klara com tanta facilidade e agora, no final, fico me perguntando: até onde os seres humanos irão para evitar a solidão?
comentários(0)comente



Ana 14/03/2021

A solução pra solidão
AFs (amigos artificiais) são robôs criados para fazer companhia a criança e adolescentes, que, no mundo criado por Kazuo, tem pouco contato umas com as outras. As aulas das criança são todas online e elas se reúnem de tempos em tempos para interagir. A narradora da historia é Klara, uma AF extremamente inteligente, observadora e curiosa, mas ao mesmo tempo bastante inocente. Klara narra suas percepções sobre os humanos, que muitas vezes são mais acertadas do que a percepção que os próprios humanos têm de si.

A escolha de colocar um ser não-humano como narrador foi imprescindível nessa história. Nunca amei um robô antes como amei Klara. E nunca fui tão grata pelo sustento do sol como fui pelos olhos de Klara.
Paula Tamires 14/03/2021minha estante
Ansiosa para o meu livro chegar essa semana =)


Ana 14/03/2021minha estante
Muito bom!


Carolina.Gomes 14/03/2021minha estante
Fiquei curiosa.




4 encontrados | exibindo 1 a 4


Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com a Política de Privacidade. ACEITAR