Resistindo a um Libertino

Resistindo a um Libertino Aline Sant' Ana




Resenhas - Resistindo a um Libertino


41 encontrados | exibindo 1 a 16
1 | 2 | 3


Bia 14/07/2021

Como resistir a esse Duque?
Impossível! Que leitura gostosa fluida e super envolvente. Matthieu e Gwen me conquistaram desde o primeiro encontro, que foi ótimo por sinal. Que romance lindo, intenso, apaixonante que eu fiquei encantada. Amei os personagens secundários tbm, o irmão a avó muito lindos. Me emocionei em algumas cenas, e fiquei apreensiva mas esse final digno de coração quentinho. ??
Ju Martins 16/07/2021minha estante
nossa, me deixou com muuuita vontade de ler


Ju Martins 16/07/2021minha estante
você tem em pdf?


Bia 16/07/2021minha estante
Não. Eu comprei o físico




Sarah @surtoliterario 24/11/2021

Uma estreia maravilhosa no romance de época!
Matthieu nunca desejou se tornar duque, pois era livre e queria viver o melhor da vida, não queria lidar com as responsabilidade do ducado e muito menos com matrimônio. Mas o destino tinha outros planos e ele acabou se tornando o 8° duque de Saint-Zurie. E quando conhece Lady Hawthorn, todas suas ideias sobre matrimônio começam a ruir e ele vê a possibilidade de casar-se com ela, nem que seja pelas aparências.

Mas Lady Hawthorn é uma mulher decidida, não quer seu dinheiro, nem seu título, tudo que ela pede é que apreciem a companhia um do outro enquanto podem. Mas quanto mais convivem, mas difícil se torna resistir ao Duque e à relação que eles constroem.

"- Imaginei que nunca mais a veria, Lady Hawthorn. Mas, talvez, a França seja pequena demais para conseguir driblar o destino."

Esse foi o primeiro romance de época ambientado na França que li, e tenho que parabenizar a Aline pela pesquisa tão bem feita, é nítido o quanto ela estudou para poder escrever a história e desenvolve-la pensando em todos os detalhes. Além de esse ser seu primeiro romance de época, e ela já arrasou! ?

A história me prendeu do início ao fim. Gostei de como tudo foi colocado na medida certa: descrições, pensamentos dos personagens, o desenvolvimento emocional deles e o romance. Foi tudo muito bem construído e a relação dos dois é bem madura, o que me agradou muito. São personagens com traumas do passado mas que conseguem não transferir isso pro romance, sabe? É muito bonito.

Não esperava gostar tanto desse livro, mas quem consegue resistir a esse libertino?! Agora espero que a Aline escreva a história dos irmãos (será que vem aí?).

Indico a leitura para os apaixonados por romance de época e para os fãs da autora, vocês não vão se decepcionar!
comentários(0)comente



Fernanda Barroso 06/09/2021

Resenha de @literaleitura
Aline Sant'Ana escrevendo um romance de época era tudo o que a gente precisava e não sabia, até ter esse romance completamente diferente de todos os mais em nossas mãos.

Matthieu conheceu Gwen de uma forma completamente inusitada. Enquanto ele pulava telhados, o Lord acabou caindo na casa da Lady. Ali ele percebeu, quando Gwen riu ao revelar-lhe o que ele fazia, que ela não era uma Lady como as demais. E Gwen, ao ver o olhar de Matthieu, sentiu-se imediatamente diferente com ele.

Só que nenhum dos dois se viu nos anos que se seguiram. A vida de Matthieu mudou completamente, ele se tornou um Duque, as responsabilidades aumentaram e o caminho dele e de Lady Hawthorn se separaram completamente.

Gwen, uma jovem inglesa que foi morar na França após a morte precoce de seu marido abusivo, não imaginou que, ao acompanhar sua amiga até um baile, encontraria o homem misterioso que caiu de seu telhado na forma do tão comentado Duque de Saint-Zurie. E esperava menos ainda se sentir tão atraída por ele.

Seguindo o conselho de sua amiga, como uma jovem viúva, ela se permite o prazer da companhia de Matthieu, fazendo a proposta de eles se verem durante 11 dias. Um prazo que ela julga o suficiente para não se apaixonar. Mas para o Duque de Saint-Zurie, era algo muito curto perto do quanto a queria. Estava pronto para cortejá-la, para arrumar uma duquesa, mas precisaria, primeiro, convencer Gwen de que sua liberdade não seria ameaçada, de que poderia confiar em um Libertino.

Estamos tão acostumados a ler romances de época na Inglaterra, que só de estarmos mudando o cenário já torna essa história única. Aqui conheceremos a aristrocracia francesa, que se encontra ameaçada pela burguesia, que cada vez ganha mais espaço. Para não correr o risco que os demais correram a família D'Auvray precisa seguir na linha, sem escândalos com seu novo duque, Matthieu.

Um D'Auvray. A todos que conhecem os livros da Aline, esse sobrenome é famoso. Temos uma referência em alto estilo dos livros famosos da autora e, por isso, a expectativa sobre ele estava nas alturas e, como sempre, foi cumprida com excelência.

Matthieu e Gwen possuem uma química quase palpável em todo o livro, desde o primeiro instante em que se encontram, até as suas últimas páginas. Eles se completam e se surpreendem a cada ação. Temos um Matthieu que está disposto a casar, mesmo que nunca tenha pensado nisso com real intenção e temos Gwen, que já casou e quer sua liberdade. Ele, um libertino conhecido. Ela, uma dama respeitada. O inesperado é que a proposta "indecente" não vem dele.

Ao contrário da maioria dos romances, não temos problemas de intrigas e escândalos em bailes. Aqui, a trama acontece por trás da visão da sociedade, em segredo, apenas os dois e o maior obstáculo são os desejos, os receios, as ressalvas de cada um. Mas não se enganem, o final é capaz de quase nos fazer ter um ataque do coração. Se torna impossível largar o livro, por mais que tentemos prolongar a leitura para que o livro não acabe.

Um livro que me conquistou antes mesmo de ser lançado, me prendeu desde a primeira página. Uma mistura de romance intenso, doce e momentos divertidos, como apenas a narração da Aline é capaz de misturar.

site: https://literaleitura2013.blogspot.com/2021/08/resenha-resistindo-um-libertino.html
comentários(0)comente



Daanii 29/09/2021

E quem resistiria a esse libertino?? ?
Minha gente, q livro bom!!! E o melhor de tudo: NACIONAL ?
Eu amei os personagens, tanto os principais quanto os secundários. Amei o desenrolar da história. As cenas hots foram realmente hots, dona Aline sabe fazer uma cena hot das boas, misericórdia ?
Quando achei q já tava tudo resolvido, veio a reviravolta q deu um tchan a mais pra história.
E teve o epílogo mais fofo do mundo, se já tava apaixonada terminei suspirando e mais apaixonada por esse casal ??
Tá mais q recomendado!!
comentários(0)comente



Maria Viviane 24/10/2021

MARAVILHOSO. ?
Eu ia dar 4.5 por causa da confusão da linha do tempo no começo do livro, mas o desenrolar dessa história me ganhou e me deixou apaixonada, estou simplesmente encantada com todos os acontecimentos desse livro, e pra fechar com chave de ouro esse casal maravilhoso faz parte da geração de Zane e Shane(uma série de Aline) que eu também adoroooo.
comentários(0)comente



Livia.Reis 13/11/2021

Estou sem palavras
Me apaixonei completamente, assim como eles. Que delícia de história, que personagens ricos, que romance delicioso! Autora nacional com um dos melhores romances de época que já li! O plot.. gente sério, leiam! Eu amei de todo coração e espero muuuito que a autora escreva mais RE.
comentários(0)comente



@viagementrelivros 02/12/2021

Maravilhoso!
"Só com um beijo, aquela mulher o tinha."

Bem vindos a sociedade francesa! Nesse livro você encontra:
- Mocinha forte que saiu de relacionamento abusivo ?
- Mocinho que era libertino, mas agora só tem olhos para a mocinha ?
- Reviravolta de cair o queixo ?

Matthieu D'Auvray não fora preparado para ser Duque, jamais quis o posto. O que ele mais queria era ser livre. Mas uma reviravolta cruel do destino faz com que ele tenha que assumir o título de oitavo Duque de Saint-Zurie e todas as responsabilidades atreladas a isso. Inclusive, se casar e gerar um herdeiro.
Ele já era preso ao título, e a ideia de se prender a mais alguém lhe dava náuseas. Mas quando conhece Lady Hawthorn... as coisas começam a mudar.
Gwendolyn não pode negar a atração que sentem um pelo outro, mas ela decididamente não está disposta a arriscar seu coração outra vez.

Mas quando um duque encantador e sedutor, se dedica a cortejá-la, será que é realmente possível resistir?
??
Como é que eu nunca tinha lido nada da Aline antes? Meu Deus, que livro bom! A escrita é fluída e viciante, eu li tudo num dia só porque fui incapaz de largar.

Matthieu é incrível, me apaixonei pela personalidade dele, seus sonhos de liberdade e pensamentos no futuro, sua determinação, sua paixão.

Gwen também não fica para trás, ela é forte, corajosa, mas foi muito machucada no passado então entendo seus receios.

A química entre eles é palpável desde o começo, eles só tem olhos um para o outro, mas a paixão e o amor se constroem naturalmente durante a trama. (Ah, e eles pegam fogo ?)

Adorei também os personagens secundários, como a Marquesa de Lussac que é simplesmente muito querida, e os amigos do Matthieu.

O plot do livro quase me matou do coração kkkk mas juro que o sofrimento vale a pena! São fortes emoções, mas muito, muito amor.

Recomendo demais! Leiam e venham me contar o que acharam ?
Jeh 02/12/2021minha estante
O Plot desse livro é sensacional demais. Não imaginei nada parecido kkkkk


@viagementrelivros 02/12/2021minha estante
Eu fiquei no chão com o plot tbm hahaha




Caro 16/11/2021

Não resisto a um libertino, graças a Deus!
Resistindo a um libertino? Quem consegue? Hahaha Eu não!
Falou libertino eu já pego meu Kindle, entro no mode século 19 e fico preparada para cair direitinho na lábia deles! Imagina um duque libertino, francês (que faz biquinho pra falar), e que é o antepassado de uns roqueiros famosos do século 21? Meu número aqui!

Super indico essa belezinha para as amantes de um bom romance ?
comentários(0)comente



@estantedawan 16/09/2021

Adorei!
Quando a Editora Charme anunciou esse lançamento eu fiquei doida pra ler e conferir como a Aline tinha se saído ao escrever um romance de época. Ainda mais sendo o duque um antepassado dos irmãos D’Auvray, Zane e Shane. (PS: se você não sabe quem são esses dois precisa ler a série Viajando com Rockstars)

Bom, o duque de Saint-Zurie não negou em momento algum que é um verdadeiro D’Auvray e que seus “tatatataranetos” tiveram a quem puxar. Charmoso, galanteador, mulherengo, responsável e protetor. Me apaixonei de cara, ou seria de queda?!
Já nossa viúva Lady Hawthorn também não ficou para trás, tá queridos? A mulher é decidida e cheia de personalidade. Além de ter deixado o duque libertino de quatro antes mesmo dele se dar conta.

A história de Matthieu e Gwendolyn foi uma grata surpresa para mim!

1º Me surpreendi com o enredo, que foge totalmente dos romances de época a que estamos acostumados. Matt é um duque francês insatisfeito com o título e todas as amarras que provém deste. E Gwen é uma jovem viúva que após a morte de seu marido estupido “foge” de Londres para a França;

2º Me surpreendi com a escrita da Aline e com a capacidade que ela teve de encaixar tão bem sua escrita num romance em terceira pessoa e totalmente destoante de tudo que ela já escreveu até então.
A história é recheada de momentos que aquecem nosso coração...
Sejam eles quentes ou emocionais.

Então se você gosta desse tipo de romances de época mas tá cansada de ler sempre a mesma coisa, essa é a leitura ideal pra você.
E além de todo o romance ainda conhecemos um pouco mais da história da França, pós Napoleão, do século XIX.

site: https://www.instagram.com/p/CTxySpPL25-/
comentários(0)comente



Raquel 26/10/2021

UM livro muito bom!!
O livro é muito bom, amei a história do casal, achei o início um pouco confuso pois teve virada no tempo mas não foi marcado no livro então acabou deixando a leitura meio perdida no começo mas de resto a leitura é fluida e rápida, e mesmo não sendo comum escrever livros de época para Aline, ela se saiu super bem.
comentários(0)comente



Fran 21/09/2021

Matt e Gwen formam um casal lindo? mesmo com suas ressalvas e dores do passado, nunca deixaram de ser verdadeiros, e com isso nasceu um amor com grande paixão ?

História linda, fluiu que nem vi terminar..

???
comentários(0)comente



Madu.Vasconcelos 16/10/2021

Apaixonadaaa!!!
Estava um tempo sem ler romances de época pq estava querendo ler coisas diferentes e que me ajudassem com Enem,enfim!!! Kkk mas ler esse livro me deu uma força de ler o que eu gosto com tudo!!!! Realmente meu negócio é romance e talvez uma fantasia!!! E esse é tão bom!! Muito feliz de ser de uma escritora brasileira!! Estou ansiosa para ler outros livros dela inclusive!!! Estou muito feliz com o livro!! Achei muito lindo, amei as cenas hot!! Achei um livro reconfortante e muito gostoso de ler!! Apaixonada!!!
comentários(0)comente



spoiler visualizar
Alessandra 13/11/2021minha estante
Livro perfeito!! Aline arrasou na escrita e merece todo sucesso com seus livros !!




Dora 25/09/2021

Bons personagens
Mathieu é um nobre libertino francês que teve a vida revirada no avesso quando perdeu sua família.
Agora um duque, ele reencontra Gwendolyn, uma viúva inglesa, que perdeu a crença no casamento. Mas como a atração entre eles é muito forte, ela propõe viverem 11 dias de experiências juntos.
Mathieu e Gwendolyn são bons personagens, inteligentes, sensuais e sinceros. E eles se envolvem em situações divertidas com os 11 encontros. Até a reviravolta, que eu não gostei no começo, teve um bom final.
Mas a autora tem uma escrita meio forçada (talvez use adjetivos demais), que não me convenceu.
comentários(0)comente



Ana Lê 05/10/2021

Maravilhosoo!!
Eu simplesmente amei!
O casal me ganhou desde o primeiro momento que se encontraram...
Como não se apaixonar por esse libertino?!


Amo a escrita da Aline e nesse livro ela não decepciona!!
comentários(0)comente



41 encontrados | exibindo 1 a 16
1 | 2 | 3


Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com a Política de Privacidade. ACEITAR