Eu te amei em outra vida

Eu te amei em outra vida David Arnold




Resenhas - Eu te amei em outra vida


13 encontrados | exibindo 1 a 13


Maiara.Nannini 12/02/2024

"Despedidas são um presente...Nunca fique triste por ouvir um adeus...Encontrar-se a tempo de dizer adeus significa que nos encontramos a tempo de dizer olá"
Segura o nó na garganta, que este aqui vai ser difícil.
O livro alterna entre Evan (escrito em primeira pessoa) e Shosh (escrito em terceira pessoa) além de ter em alguns capítulos com flashes de outras épocas e outros personagens.
Evan é um jovem de 17 anos que está terminando o ensino médio, é extremamente gentil, mas sofre de ataques de pânico, aos quais ele chama de tempestades e faz terapia pra isso. Evan teve que amadurecer mais cedo, já que seu pai saiu de casa para viver com outra família. Sua mãe dá um duro pesado para cuidar da casa e manter seus dois empregos. Seu irmão é um amor de pessoa, a melhor a pessoa, tem apenas 7 anos, mas uma sabedoria imensa acompanhada de uma linda inocência e sua paixão pelo filme E.T.
Evan ajuda a cuidar de sua mãe e seu irmão, e tem planos de passar um ano sabático, contudo esse plano acaba sendo passado momentaneamente pra trás depois de sua mãe descobrir que está doente.
Já Shosh é uma jovem de 18 anos que até chegou a entrar na universidade para ser atriz, mas deixou seus sonhos de lado pela morte repentina de sua irmã, a quem era extremamente apegada. Ela sofre muito com o luto e acaba encontrando no alcool um alivio para sua dor.
Ambos são guiados por algo além do que se possa explicar e acabam se esbarrando e transformando a vida um do outro. Parecem que foram feitos um para o outro e não parece que é a primeira vez que se conhecem. Duas almas destinadas a sempre se encontrarem.
Um livro lindo que trata de assuntos delicados de forma tão poética e tão pura. Fala sobre amizade, família e amor!
?Meu coração brilha por você?
Prepara o lencinho, galera s2!
comentários(0)comente



Cris 30/04/2024

?Vc só pensa q o adeus é doloroso se vc já conseguiu dizê-lo
?Não importa quantas opções pensamos que temos, são apenas versões diferentes da mesma safra.?

?Às vezes você pensa que está perdendo a cabeça, mas, na verdade, é todo o resto do mundo que perdeu a cabeça.?

?E considero a física do amor, me pergunto como é possível caber o mundo inteiro em um abraço.?

?Aprenda a investigar seus próprios pensamentos e você poderá se autocorrigir.?

?Esperança é a mesma coisa com penas? Que, empoleirada na alma, canta a melodia sem palavras? E nunca para??

Uma sensível história de amor sobre dois jovens sensíveis e suas almas que insistem em se encontrar a cada nova vida.

Evan Tatf tem tudo programado: Tirar um ano no Alaska, cuidar para que seu irmão mais novo e sua mãe estejam seguros e continuar o processo de terapia para entender o abandono de seu pai. Mas após o diagnstrico de sua mãe, tudo parece ruir, exceto algo expetacular: uma música que ninguém mais pode ouvir, a voz de alguém que Evan nunca conheceu...

Shosh Bell tinha sonhos: Popular no colégio, ela está pronta para os seus estudos de arte em Los Angeles, e todos a apontam como uma estrela prestes a despontar. Mas quando um acidente tira a vida de sua irmã, sua vida muda bruscamente e seus sonhos não fazem mais sentido, Mas uma música surge, uma m que só ela pode ouvir...
Acima de tudo, percorrendo tempo e espaco, uma música celestial une dois estranhos: seja para escapar de um assassino no século XIX, ou ser um cosmonauta norueguês em órbita, algo está acontecendo há muito tempo e continua a unir Evan e Shosh.

Para leitores de A biblioteca da meia-noite, Eu te amei em outra vida explora a força do amor e como algumas almas são feitas umas para as outras.
comentários(0)comente



Thyanne.Ribeiro 10/03/2024

Nao entendi. Os protagonistas são até legais, Ali é bem legal, mas não teve apelo a história da musiquinha não. E as histórias paralelas ligadas a essa tal música, não fez sentido nenhum.
comentários(0)comente



Tainar.Lima 25/03/2024

"e um cientista no século XVII que acreditava que os pássaros migravam para a Lua, porque seus pássaros favoritos desapareciam na mesma época todos os anos. Ele até calculou
quanto tempo levaria para chegar à Lua, o que aparentemente coincidiu com os ciclos de migração, e como a ciência nos anos 1600 não estava exatamente cheia de dados cósmicos."

Quando começou, eu fiquei muito empolgada, gostei dos dois personagens que a história flutua em torno, mas tem umas coisas. Logo no início tem uma cena com a Heather e ela parece que vai ser uma personagem fundamental porque ela é citada pelo carinha também, mas ela literalmente só tem uma cena que absolutamente não faz diferença nenhuma.
Achei muito corrido em alguns momentos.
E apesar de ter umas partes bem bonitas, não é tão bom assim.
Mas talvez, eu estivesse esperando muito porque era o David Arnold.
comentários(0)comente



thamyrescas 06/03/2024

Fiquei apreensiva porque esse livro só tinha uma avaliação mas decidi ler. Eu fiquei confusa em 70% do livro e ele só me prendeu no final ? A história tem alguns gatilhos e falade um casal que como o título já diz se encontra em outras vidas + achei q isso n foi bem trabalhado.
comentários(0)comente



Giovana 09/03/2024

Um romance bem superficial. O enredo tem tudo pra ser bom, a sinopse é cativante, mas o livro dificilmente prende, e o final é bem (?). Achei que o livro se perde DEMAIS em detalhes que não são importantes, e o casal protagonista quase não interage o livro todo kk ficam juntos dois capítulos e quase sem trocas etc.
comentários(0)comente



Angélica Patriano 17/03/2024

O chamado de almas.
Que a vida não é fácil, todos sabemos. Para alguns, a visão da dificuldade, e também da facilidade, se tornam maiores ou menores a partir da vivência que se tem.
A morte, a doença, os traumas e a sobrevivência são sentidos de maneira diferente, e quando se tem uma mente que é muito ativa, o futuro e o presente se mesclam e há muitos "e se" na roda de pensamentos; e quando se é muito apegado ao que se foi, nada mais importa ou tem sentido.

Evan e Shosh, o primeiro vive com sua mãe e seu irmão mais novo, o pai foi embora, e está no dilema entre ir para o college no Alasca ou ficar, porque ele não pode deixar o irmão que sente as coisa profundamente, e nem a mãe que está em tratamento após a mastectomia. Shosh e sua irmã Stevie não se despediram com um adeus antes de sua irmã partir para as aulas de verão, quando ela morreu em um acidente provocado por um motorista bebado, e o mundo de Shosh se estilhaçou.

A música é o que conecta ambos, que os chama e instiga. A partir do contato, eles se ancoram e encontram sentido e seguimento sobre a vida, o que são e querem.

A amizade é sempre muito importante. A família é vital. O auxílio nos momentos difícil é essencial.

Sempre que eles se encontram, não importa em qual vida, eles se completam. O que, para mim, é um chamado de almas.

Um belo livro, para mim, claro.

Não busque por uma grande história de amor, um romance adolescente ou coisas corriqueiras e sem importância. Esse livro é sobre momentos em que estamos perdidos em essência.

Boa leitura!
comentários(0)comente



Rodolfo_Domingos 17/03/2024

Resenha em breve
...........................
..........................
...... . . ...... . .. ...........
comentários(0)comente



Piasentin 07/04/2024

Muito bom...
Muito bom para quem tem alma sensível... Sentir as nuances em cada capítulo me fez sentir inspiração e gratidão por estar viva. Os poemas são belos e tristes ao mesmo tempo. Histórias que se encontram e desencontram. Mas o amor está presente e ali o tempo todo... É um livro que te faz sentir...
comentários(0)comente



Um pouquinho de leituraa 11/04/2024

Isso foi profundamente romântico e sincero. É uma história sobre duas pessoas que continuam se encontrando e se apaixonando em vidas diferentes. Gostei dos vislumbres passados ??deles se apaixonando, bem como da vida atual que estavam vivendo.

Um livro para quem tem alma sensível. Uma história que aborda temas sensíveis de forma poética e delicada.

Este é o tipo de livro que restaura sua fé na humanidade e permite que você tenha esperança em um mundo melhor.

Uma leitura profunda de emoção e alma. Os personagens principais demoram um pouco para se conhecerem, mas tudo está se encaminhando para esse momento importante.

A raiva de Shosh após a morte de sua irmã fez com que ela perdesse tudo. Stevie era sua lua: a pessoa em quem ela centrava todo o seu ser. Ela está se debatendo, tendo se recusado a seguir seu sonho anterior de ir para a faculdade e seguir o teatro após sua tragédi@. Em meio à dor, ela começa a ouvir uma cantora misteriosa com letras que parecem levá-la a algo.

Evan está lutando com o pai abandonando a família, mesmo depois de um diagnóstico inesperado de sua mãe, isso não o traz de volta. Acima de tudo, ele está lutando para cuidar de William, seu brilhante e sensível irmão de sete anos, que faz coisas como construir uma nave espacial em seu quarto, cobrir-se com band-aids e assistir ET todas as terças à noite durante anos... "Eu só queria dar um abraço nele". Evan está preparado para sacrificar seu próprio futuro para cuidar deles, mas quando ele começa a ouvir uma cantora misteriosa, todo o seu mundo fica desequilibrado. 


A história de Shosh e Evan é intercalada com histórias deles sendo reunidos repetidas vezes em vidas passadas, apenas para que o romance tenha vida curta devido à tragédia. Isso deixa o leitor torcendo para que suas almas finalmente encontrem uma felicidade duradoura desta vez. 


Esses personagens lindos e problemáticos, enquanto tentam se curar, encontram conforto um no outro. Adorei a forma como os personagens se amaram e apoiaram uns aos outros de todo o coração ao longo deste livro.
comentários(0)comente



spoiler visualizar
comentários(0)comente



Rildo7 11/05/2024

Um romance que transcende as barreiras do tempo e do espaço, duas almas que estão destinadas a se amar e se encontrar durante as diversas vidas e uma música que somente eles conseguem ouvir e que é responsável por conectá-los.

Evan e Shosh tem suas histórias de vida bem construídas em capítulos curtos e intercalados que vão te fazer ter uma leitura bem fluída. Além claro de vislumbres de momentos do passado em que suas almas se encontraram.

Evan é um garoto cujo pai deixou sua mãe, seu irmão e ele sozinhos para viver com outra pessoa e isso acaba dificultando e tornando a vida de Evan mais complicada e se torna ainda mais difícil quando ele descobre que sua mãe está com um Câncer.

Shosh era uma garota muito apegada a sua irmã, só que após a morte dela, tudo em sua vida mudou, seus pais se tornaram diferentes e ele não conseguia lidar muito bem com o luto.

Uma música que somente os dois conseguem ouvir e que os levaram a se encontrar e conectar tornando suas vidas mais leves.

Uma história de amor incrível e que deixou apenas a desejar no final, mas não tirou em nada a beleza dela e ainda assim pode ter certeza que te comoverá bastante!
comentários(0)comente



Marceli 16/05/2024

Não me prendeu
Antes de avaliar o livro, li as resenhas anteriores para observar sobre outro ponto de vista toda a narrativa. Mas, simplesmente não entendi?

A história não me prendeu, não consegui criar conexão. No geral, achei tudo muito enrolado. A proposta de outras vida é incrível, mas não penso que o desenvolvimento foi bem sucedido.
comentários(0)comente



13 encontrados | exibindo 1 a 13


Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com a Política de Privacidade. ACEITAR