Sangue de Lobo

Sangue de Lobo Rosana Rios
Helena Gomes




Resenhas - Sangue de Lobo


72 encontrados | exibindo 1 a 15
1 | 2 | 3 | 4 | 5


Talia.Sousa 21/06/2017

Meu livro preferido da vida toda
Sangue de Lobo é um romance/suspense sobrenatural perfeito
comentários(0)comente



Daysa 03/03/2017

Simplesmente Apaixonante
Este livro com toda certeza é um dos meus favoritos. Assim que comecei a leitura me apaixonei, e quanto mais lia mais deseja ler. Foi uma leitura inesperada e apaixonante, principalmente pelo mistério acerca da história, e claro pelo personagem Hector, não teve como não me apaixonar por ele.
Ler Sangue de Lobo foi de fato uma experiência única e viciante, apesar de ter lido por mero acaso, foi simplesmente viciante, diria que até um caso de Amor...
comentários(0)comente



spoiler visualizar
comentários(0)comente



spoiler visualizar
comentários(0)comente



Vanessa Vieira 13/10/2016

Sangue de Lobo - Rosana Rios e Helena Gomes
O livro Sangue de Lobo, escrito em parceria pelas autoras Helena Gomes e Rosana Rios, nos traz uma história genial, permeada de cenas macabras e com uma mitologia superinteressante envolvendo lobisomens. O enredo é repleto de mistérios, no melhor clima de thriller policial e nos traz acontecimentos curiosos. As autoras souberam criar uma trama de arrepiar e com ricos elementos, tornando a leitura extremamente envolvente e viciante.

Um antigo manuscrito, que narra uma história de mistério e vários assassinatos, permanece escondido nos recônditos de um pequeno museu no interior de Minas Gerais. Ana e Cris, duas jovens que viajam à passeio pelo local com a família, leem a história contida naquelas antigas páginas e ficam assombradas com o seu conteúdo: o enredo do livro descreve um jogo de RPG que elas jogaram em São Paulo e o pano de fundo da trama é justamente a cidade onde elas irão passar suas férias.

Nesta pacata cidade ocorreram uma série de crimes no início do século XX. E, exatamente cem anos depois, volta a acontecer uma sequência macabra de mortes, envolvendo intrigas, crueldade e oito bonecas soturnas de porcelana, que correspondem ao número de vítimas de um insano serial killer. O que intriga a todos é quem é o responsável por essas atrocidades: um lobisomem que aparece na história ou um outro personagem enigmático?

Narrando contos de mitologia e folclore, onde seres humanos se transformam em temidos animais e em que devem passar por duras provas para recuperar parcelas de sua humanidade, nessa história a busca interior de cada personagem os colocará em uma situação de maldade e loucura, à procura de respostas não somente para os crimes, mas também para si mesmos...

Sangue de Lobo se mostrou uma grata surpresa e foi um dos melhores livros nacionais de suspense e terror que eu tive o privilégio de ler. É visível o quanto as autoras pesquisaram à fundo o tema abordado, explanando a mitologia dos lobisomens magistralmente e nos apresentando várias culturas, etnias, lendas e histórias sobre esses seres lupinos. E o mais interessante no livro é o embate entre o homem e o lobo e o quanto o ser humano é capaz de demonizar aquilo que não conhece e se ludibriar com a maldade retratada nas mais diferentes facetas. Narrado em terceira pessoa, de forma bastante abrangente e fluída, o livro se mostrou uma excelente leitura e nos trouxe um verdadeiro suspense policial, daqueles de tirar o fôlego.

Os personagens são bem heterogêneos entre si e um dos mais intrigantes e cativantes foi Daniel. Seu caráter, sua doação para com os outros e sobretudo, seu forte senso de justiça se mostraram qualidades brilhantes e intensas. Gostei tanto da Ana quanto da Cris, mas alguns dos seus dramas adolescentes acabaram tirando um pouco do brilho das protagonistas. Apreciei bastante também a desenvoltura e a inteligência da investigadora Natália, bem como a sua linha de raciocínio dentro da trama.

Em síntese, Sangue de Lobo fala de homens e de lobos e das inúmeras surpresas que a vida nos reserva, mostrando que a maldade, muitas vezes, tem uma tez bem mais humana do que propriamente sobrenatural. A parceria entre Helena Gomes e Rosana Rios foi brilhante e resultou em uma obra rica, contundente, milimetricamente trabalhada e extremamente envolvente, feita sob medida para quem aprecia um bom suspense policial e uma trama sobrenatural articulada. A capa do livro nos traz a figura intrigante de um lobo e a diagramação está bem caprichada, com fonte em bom tamanho e revisão de qualidade. Recomendo, com certeza!


site: http://www.newsnessa.com/2016/10/resenha-sangue-de-lobo-rosana-rios-e.html
comentários(0)comente



Adrean 29/09/2016

Sangue de Lobo
A base de um jogo que uma família inventou para jogar, porque os jogos que tinham já estavam enjoados, e, resolveram inventar outro jogo.
Eu gostei porque influencia a prática de jogos.
comentários(0)comente



Mayra 30/08/2016

Sangue de Lobo
O primeiro contato que tive com esse livro foi através de uma amostra na Bienal do Livro. Apenas com essa pequena leitura já fiquei ansiosa por ler mais, tanto que não demorei para adquirir o livro. E não me decepcionei!
A estória é cheia de mistérios que nos prendem as folhas por muitas horas. Todos os elementos (romance, mistério, o sobrenatural, os personagens) combinam muito bem, ainda mais no rico cenário (e brasileirrisimo!).
Com certeza uma ótima escolha para uma leitura
comentários(0)comente



Emelyn.Calgarotto 26/08/2016

História envolvente
Este livro se tornou um dos meus favoritos, isso porque ele tem o que considero o fato principal para uma história de ficção. Apesar de ter criaturas sobrenaturais presentes, a história não se resume a isso. Neste livro vemos uma combinação perfeita de terror e fantasia. Nele vemos toda busca de investigação criminal, assassinatos, mistérios, romance, e muito mais. Além dos personagens serem uma graça. Leia este livro, você não vai se arrepender!
comentários(0)comente



Amanda 21/07/2016

Sangue de Lobo
Resenha no blog As Meninas Que Leem Livros

site: http://www.asmeninasqueleemlivros.com/2016/04/sangue-de-lobo-rosana-rios-e-helena.html
comentários(0)comente



Debyh 05/06/2016

Uma boa surpresa
Sério, eu não sabia quase nada sobre o conteúdo, e qual foi a minha surpresa em me deparar com uma história muito bem construída, com ótimos personagens juntamente com um cenário do interior de Minas Gerais! De verdade amei todo o conceito. Gostei muito porque além de o fator sobrenatural não ter sido deixado de lado durante toda a aventura em si, o livro foi muito bom. Livro bom é assim pra mim.

(continua no link)

site: http://euinsisto.com.br/sangue-de-lobo-helena-gomes-rosana-rios/
comentários(0)comente



Adrienne.Santos 02/06/2016

Sangue de Lobo
As histórias do presente e do passado se misturam a partir do lobisomem Hector, um jovem inglês do passado que luta contra a maldição da Lua Cheia.
comentários(0)comente



Jordana 25/04/2016

Incrível!
A resenha pode ser conferida no link:

site: http://addictionforbooks.blogspot.com.br/2016/04/resenha-sangue-de-lobo-rosana-rios.html
comentários(0)comente



Saleitura 13/04/2016

Rosana Rios e Helena Gomes, duas autoras brasileiras, se juntaram para compor a obra e colocar no papel essa história incrível que me fez perder - pelo menos um pouco - meu preconceito com histórias de lobisomem.
Devido a tal preconceito, eu iniciei a leitura com um pé bem atrás. As 409 páginas e a falta de tempo me deixaram um tanto quanto receosa com a leitura. Mas posso dizer, felizmente, que o livro me surpreendeu.
Sinto que vou começar a soar repetitiva em algum momento, afinal quase todas as minhas resenhas literárias aqui pro Saleta dizem isso. Mas a verdade é que, no começo, eu estava bem duvidosa quanto à leitura. Não sabia se gostava do rumo que tudo estava tomando, e principalmente se os personagens me agradavam, mas no fim, a história se tornou tão interessante que superou meus desprazeres com alguns personagens.

Como já disse anteriormente, os personagens não foram exatamente o ponto forte do livro para mim, em especial aqueles dos dias atuais (A história, em uma boa parte, retrata também o que o livro que as meninas encontraram conta). Mas a história e os mistérios nos quais os personagens de ambas as épocas se afundaram cada vez mais, foram me conquistando e tornando a história cada vez mais interessante. Rendendo ao livro quatro estrelas.
O mistério central do livro foi bem desenvolvido e consegue surpreender o leitor, por mais que alguns outros fatos no decorrer da história tenham sido, ao menos para mim, bem previsíveis.
Extremamente bem escrito e inspirador, foi este livro que me tirou do meu bloqueio de criatividade, por mais que não tenha nada a ver com o que eu normalmente escrevo. De alguma forma, o modo que as autoras escrevem me fez imaginar certas cenas perfeitamente. Elas conseguem descrever os detalhes na medida certa, sabendo relatar as coisas importantes, mas deixando espaço para que o leitor imagine as coisas por si só.

Investindo em finais surpreendentes de capítulos, o livro prende o leitor, e só me levou tanto tempo para ler por conta de deveres da vida pessoal. Se não fosse isso, eu certamente devoraria as mais de 400 páginas em menos de uma semana.
Encontrei um problema ou outro quanto ao fato de que as autoras muitas vezes deixaram-se influenciar pela definição "superdividida" dos gêneros masculino e feminino. Criando personagens que por vezes caiam demais essa generalização de mulheres são assim, e homens são assim, seguindo muito os padrões sociais e esquecendo-se de que estamos vivendo uma fase da literatura e da cultura em geral dominada por mulheres poderosas e dignas de destaque.
Como se trata de um livro escrito por não uma, mas duas mulheres, este fato me preocupou um pouco, mas não necessariamente atrapalhou minha apreciação da história.

Se indico? Com certeza. Afinal, o livro se mostrou um ótimo valorizador das paisagens e cultura brasileira, sem tentar se americanizar demais como muitos livros brasileiros vêm fazendo. É um ótimo exemplar de como o preconceito com a literatura brasileira é infundado, e ainda me fez repensar um preconceito que tinha há muito tempo contra os tão falados lobisomens.

Resenhado por Ana Carolina
http://www.skoob.com.br/usuario/2583884-ana

site: http://saletadeleitura.blogspot.com.br/2016/04/resenha-sangue-de-lobo-de-rosana-rios-e.html
comentários(0)comente



spoiler visualizar
THEUS 13/04/2016minha estante
mó otari5i2=2po

62

62

92

29
69

6
962595881*[9*532961*150*3126312




May Nascimento 27/03/2016

Duas garotas, uma viagem de férias e um livro antigo sobre lobisomens e assassinatos em série muito sinistros. Esse é o contexto de Sangue de Lobo de Rosana Dias e Helena Gomes, brasileiras que resolveram provar pra muitos por ai que no Brasil tem quem escreva ficção, e de antemão já ressalto, escrevem muito bem!

Confesso que de inicio a leitura não foi fácil. Sair da zona de conforto, e encarar um livro meio terror, meio suspense e mistério me deixou um tanto apavorada. Mas eu aceitei o desafio e não me arrependi.

A história começa com um jogo de RPG entre quatro jovens. Dentre eles estão Ana Cristina e Cristiana. A primeira é filha de uma família rica e muito renomada, a outra é filha da governanta da casa. No jogo os jovens criaram uma situação de assassinato onde a vítima é encontrada com um pequeno furo à altura do peito esquerdo e com os cabelos tosados cobertos por um véu, o objetivo seria descobrir o que causara a morte da vítima. Tudo certo até ai é só um jogo mesmo!

De fato era só um jogo até que a família de Ana junto com Cristiana viajar para Passa Quatro, cidade do interior de Minas. Antes mesmo da chegada à cidade, num restaurante a primeira coincidência surge: Cris e Cris são convidadas a conhecer o museu do restaurante. Lá elas encontram um livro antigo cujo nome é Coração Selvagem de W. Lucas. Ao abrir o livro, a primeira linha lida foi de arrepiar:

O assassino tosara os belos cabelos dourados de Beatrice

E essa era a mesma situação do jogo que as meninas jogaram com seus amigos um dia antes da viagem. Ainda é só coincidência né?

A chegada das meninas na cidade e a leitura do livro vão deixando a leitura muito boa. Os dois acontecimentos vão trazendo muitos personagens, dentre eles podemos destacar do presente Daniel, Paulo e Jonas, moradores de Passa quatro. E do livro, Hector, Coronel Albuquerque, sua esposa Estelinha e a filha do casal Alba.

Na pequena cidade tudo ia bem, mas parece que a ficção lida por Cris e Cris em Coração selvagem foi virando realidade: alguns assassinatos semelhantes aos do livro e do jogo foram acontecendo e nenhum suspeito foi encontrado. Será que a leitura do livro despertou algo? O passado parecia estar voltando pra resolver algumas pendências com o presente. E agora?

O que mais posso dizer? Eu nunca tinha lido um livro tão assustador e envolvente ao mesmo tempo. As autoras escreveram de uma maneira maravilhosa. Com a separação entre os capítulos do presente e os capítulos do livro Coração Selvagem (sim, eu me senti lendo dois livros) a leitura ficou mais interessante, pois eu estava lendo junto com as protagonistas.

Além disso, ressalto essa edição linda que foi pensada em cada detalhe para encantar nossos olhos! Diagramação está impecável e nenhum erro de digitação foi encontrado. É bom destacar que devido a quantidade de personagens ser muito grande, é possível que em alguns momentos a leitura seja feita com muita calma, logo não é um livro pra ser lido rápido.

Enfim, para quem curte uma boa dose de suspense, ficção e terror, ai está o livro perfeito! E tem novidade por ai, as autoras deram continuação a esse livro e vem por ai Olhos de Lobo, eu quero e vocês? Boa leitura!


site: http://www.osnosdarede.com/2016/03/resenha-sangue-de-lobo-rosana-rios-e.html
Flávia 05/04/2016minha estante
sabe se vai ter continuação?


May Nascimento 06/04/2016minha estante
Vai sim Flávia! Sai em Junho/Julho: Olhos de Lobo! Estou muito ansiosa




72 encontrados | exibindo 1 a 15
1 | 2 | 3 | 4 | 5