A Floresta Sombria

A Floresta Sombria Cixin Liu




Resenhas -


3 encontrados | exibindo 1 a 3


cacferraz 18/04/2021

A Floresta Sombria
Dá continuidade à "batalha" entrea Terra e Trissolaris, dessa vez em um futuro distante, mastrando o lado negativo de ser uma barreira
comentários(0)comente



Sara 18/03/2022

já é minha melhor leitura do ano
essa é uma trilogia que pretende tratar do problema do contato extraterrestre dentro da nossa sociedade; o que a consciência da existência de vida inteligente em outro planeta representaria, como a sociedade internacional reagiria, e como isso ditaria o funcionamento do mundo. o primeiro livro narra os eventos que levaram a descoberta e ao primeiro contato. neste, a frota trissolariana está vindo em direção a terra, com a chegada estimada daqui a quatro séculos. a humanidade em um frenesi desesperado concebe um programa chamado Barreiras, com o intuito de desenvolver estratégias para lidar com a emitente invasão e salvar a terra. com o avanço da ciência de base travado por supercomputadores subatômicos, os sofóns, as Barreiras devem conceber essas estratégias em segredo e considerando essa estagnação científica e tecnológica intransponível. é nesse contexto que compreender os anxiomas da sociologia cósmica parece ser a chave para a sobrevivência da humanidade.
acho que é muito simbólica a forma como o livro se apresenta logo no prólogo. ao dar vida ao conceito de sociologia cósmica, o autor trás a tona uma perspectiva sobre a vida e a civilização que é inovadora na mesma medida em que é extremamente lógica, através da definição dos dois anxiomas da sociologia cósmica: a principal necessidade de uma civilização é a sobrevivência, e segundo: a civilização cresce e se expande continuamente, mas a materia total do universo permanece constante. na matemática os anxiomas sao proposições logicas que nao precisam nem serem demonstradas, mas, apesar dessa aparente obviedade os anxiomas da sociologia cosmica permeiam a narrativa do livro de forma bastante enigmática, e vc nunca chega a entender o sentido verdadeiro deles ate determinado ponto, o que o torna extremamente impactante. e quando isso acontece a sensação é que vc acabou de desvendar o maior segredo do universo, cuja resposta só quem viveu esse livro entenderia. ver uma correlação entre conceitos astronômicos e sociológicos sendo estabelecida foi uma das coisas mais interessantes que já vi, principalmente enquanto alguém das ciências sociais e fã de ficção científica. e é quase inacreditável que algo tao genial tenha sido concebido. tenho um problema com genios: sempre que me deparo com um, fico nesse estado de letargia completa ao realizar que o que eles produzem sao coisas completamente únicas na história, e que houve um conjunto de variáveis aleatórias que me levaram a conhecer essas obras que poderiam ter passado despercebidas em qualquer outro momento. quando isso acontece fico quase possessiva, entao ao mesmo tempo em que queria que mais pessoas reconhecessem a genialidade nessas obras tenho ciúmes por elas terem sido muito significativas pra mim, e feliz que eu sou uma das pessoas que sabem de sua existência enquanto a maioria nem imagina, ou nao a entenderiam do mesmo modo que eu.
comentários(0)comente



Janaina 09/02/2021

Adorei!
Se o primeiro livro nos ofereceu muita ciência (bem pesada para quem não é da área), nesse segundo a sociologia e a política assumem o protagonismo.
O conceito de "floresta sombria" e o Paradoxo de Fermi, para mim, foram realmente os pontos altos da obra.
Ansiosa pelo último livro da trilogia.
comentários(0)comente



3 encontrados | exibindo 1 a 3


Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com a Política de Privacidade. ACEITAR