Harry e Seus Fãs

Harry e Seus Fãs Melissa Anelli




Resenhas - Harry e Seus Fãs


35 encontrados | exibindo 1 a 16
1 | 2 | 3


Gizele 02/02/2021

É bem interessante.
Descobri várias coisas que nem fazia ideia: as bandas, as fics, os anti-HP e o tamanho e poder do fandom.
Traz momentos de nostalgia. Mas tem umas partes que tornam a leitura um tanto cansativa e maçante.
comentários(0)comente



Eduardo Victor Souza 04/08/2020

De fã pra fã
É com esse título clichê que eu começo minha breve resenha. Finalmente terminei o livro, e digo finalmente porque me levou anos (desde 2011, na verdade, quando a Rocco lançou a primeira edição) pra eu ter coragem de ler a obra de Melissa Anelli. Eu queria guardar e reservar um pedacinho de Harry comigo - algumas informações sobre o fenômeno que eu ainda desconhecia. E você sabe, nós fãs adoramos ter novas informações daquilo que amamos, mas também odiamos ficar na escassez e invejamos aqueles que estão descobrindo o nosso universo favorito. Então até ontem, eu nunca tinha chegado a ler a obra completa. Talvez por conta dos três fatores que eu citei.

Melissa foi muito detalhista em seus relatos (o que pode ser um pouco exaustivo em alguns capítulos) mas extremamente precisa em outros. Rico de informações, é um prato cheio para todos os fãs - daqueles que viveram a saga desde o comecinho e para aqueles que pegaram o bonde andando. É extremamente nostálgico, um throwing back aos anos 2000 que eu adoro. Esse livro me ajudou no TCC dois anos atrás - foi um prazer referenciá-lo e ainda depois de anos encontrar um material ótimo sobre fanfictions nas minhas mãos.

Um ponto negativo que eu senti, porém, foi a tradução - 12 anos depois ela se tornou bastante ultrapassada para explicar determinados termos e conceitos, mas tá tudo bem, afinal, nossa sociedade (e blogsfera, rs) evoluiu muito de 2008 pra cá.

Obrigado, Melissa. Foi incrível.
comentários(0)comente



Caroline.Weber 26/06/2018

Os bastidores do fenômeno Harry Potter, contando por quem entende a magia causada pela chegada do bruxinho à vida de centenas de milhares de pessoas: Melissa Anelli, o principal nome do portal The Leaky Caldron, fansite que conquistou o respeito da editora americana Scholastic e da própria J.K. Rowling. Entre outras façanhas, Melissa conseguiu uma longa entrevista com a criadora do bruxinho em 2005, deixando centenas de jornalistas ao redor do mundo com inveja. Com tiragem inicial de 50 mil exemplares, Harry e seus fãs traz um caderno de fotos e tem prefácio assinado pela própria J.K. Rowling. Dez anos após o lançamento do 1º livro da série Harry Potter, de J.K. Rowling, a história de leitores e fãs que ajudaram a transformar a saga do jovem bruxo em um dos maiores fenômenos culturais do planeta é contada em detalhes por Melissa Anelli. A jovem fã do bruxinho descreve o encantamento provocado pelo maior fenômeno literário de todos os tempos, revive grandes momentos, e lista informações exclusivas e detalhadas, que aproximam ainda mais o leitor de Harry Potter e sua criadora.
comentários(0)comente



Amanda.Marchesini 26/03/2018

História bacana mas um pouco cansativa.
comentários(0)comente



LG 03/03/2018

O fenômeno de Harry Potter no mundo e retratado com muito sentimento na escrita dessa jornalista e potterhead que nao só viveu mas também sentiu "na pele" o efeito de Harry Potter na vida. O livro traz otimas entrevistas e o lado b tanto da autora J. K. Rowling como tambem das pessoas que estiveram envolvidas diretamente com o livro.
comentários(0)comente



Anderson 15/08/2014

Harry e seus fãs
O livro da escritora Melissa Anelli conta um pouco a sua historia como fã da saga Harry Potter, enfatiza também um pouco da vida de J.K Rowlling e conta desde e como a J.K começou a escrever Harry Potter até os lançamentos dos livros e filmes, também menciona o surgimento de bandas de músicas relacionadas a saga que chegam até entrar em turnês, O livro é excelente quando começamos a ler não queremos mais parar, até acaba-lo para saber logo o que irá acontecer, emfim a Melissa também era repórter e tinha como um dos sonhos dela de entrevistar a J.K até que ela consegue, ela também chega a conhecer alguns atores da saga, se não me engano alem do Daniel Radiclifer que interpreta o Harry ela conhece também o Ruppert Grin ( Rony Wesley) a Emma wattson ( Hermione Granger) e outros, a escritora vai contando detalhadamente como conseguiu e como foi esses encontros; Ela também chega a acompanhar umas das bandas em turnê, me lembro de algumas bandas como os Severos, malfoys, Lunnos,harry and potters se não me engano são esses os nomes, e tem tipo varias bandas... o livro é um prato cheio pra quem é fã da saga e deseja como eu sempre estar lendo mais um pouco a respeito da mesma.

site: comandoliterario1.blogspot.com
comentários(0)comente



Gabriela Matos 26/03/2014

Me fez voltar no tempo. No pouco tempo que se passou desde que eu li a saga Harry Potter. Saber como foi desde o início, já que me apaixonei pela série após sua fama mundial, principalmente pelos olhos de uma fã, é maravilhoso.
A autora relata detalhadamente o percusso desse fenômeno, principalmente os acontecimentos de sua vida, que se torna interessantíssima após sua paixão pelo livro. Ela através de seus esforços, conheceu J.K com quem estabeleceu uma relação de amizade. Isso trouxe muito mais proximidade para com a série no livro.
Quando eu terminei, minha única vontade foi recomeçar a saga HP!
comentários(0)comente



Bruno Matos 01/03/2014

De fã pra fã
É um livro interessante, mostra como realmente foi o mundo real de alguns fãs durante o nascimento e ascensão de um fenômeno que Harry Potter é. O poder que a saga tem é enorme, seus fãs são inúmeros e fieis a série que até hoje gera muito assunto.

Mostra vários lados, alguns detalhes que Jo relata em entrevistas, detalhes do nascimento da história, da credibilidade do livro, da fama que o nome Harry Potter criou, da fortaleza que se tornou a Bloomsbury e a Scholastic. Da trama e das vivências de uma grande fã.

Não gostei um pouco da narrativa, tem um pouco de repetições desnecessárias e de idas ao futuro e voltas ao passado excessivas que em determinado momento tiram a essência do momento atual e isso me faz dar quatro estrelas.

Recomendo para ter uma noção do que foi Harry Potter no prólogo de sua "epopeia".
comentários(0)comente



Júlio Martins 20/01/2014

Não gostei
Melissa Anelli conseguiu transformar uma história espetacular, que é Harry Potter, em um livro maçante.
Sou Potterhead, mas mesmo assim não gostei do livro.
comentários(0)comente



Júh ^^ 04/08/2013

Nostalgico...
Nossa ainda estou extasiada após a leitura de Harry e seus fãs. Tinha uma visão equivocada que seria apenas um livro com depoimentos de fãs e dados sobre a série HP. Mas me enganei! Melissa é uma super fã que escreveu um livro delicioso de se ler e conseguiu focar em todas as partes importantes dos "bastidores" Harry Potter. O nome dos capítulos foram uma sacada genial *-*. Melissa é uma fofa e realmente queria poder ter conhecido ela pessoalmente, ela é uma dessas pessoas que vc queria ter como amiga.
Me vi relembrando a época em que li os livros e o quanto era triste não ter com quem compartilhar meus sentimentos a cada nova empreitada de Harry e seus amigos, assim como Melissa meu mundo virou de cabeça pra baixo no bom sentido, quando descobri a comunidade gigantesca de fãs que estavam na internet, interagindo e respirando Harry Potter e quantas amizades passaram do virtual para o real tendo como catalisadoras HP. Para a Melissa essa interação com o virtual a levou aonde ela nem imaginava chegar...
Uma leitura recomendadíssima para todos os fãs de Harry Potter ou interessados em saber ainda mais sobre esse grande fenômeno. Me fez só ter ainda mais certeza da figura maravilhosa que é a nossa querida Jo Rowling.
comentários(0)comente



Ana 13/04/2013

Harry e seus fãs
Ao longo de uma década, centenas de milhões de pessoas comuns fizeram história. Em todo o mundo, ligadas pela saga de Harry Potter, elas vibraram e se emocionaram a cada aventura vivida pelo menino-bruxo, mas foram bem além do que se espera de simples leitores: tornaram-se fãs e protagonistas da maior febre literária das últimas décadas.

Enquanto esperava pelo livro seguinte, o público interagia, principalmente na internet, para discutir sobre o futuro dos personagens e interpretar o universo criado por J. K. Rowling. Fóruns de discussão, chats e sites pipocaram em diferentes países, e a pottermania mostrava não apenas que vinha para ficar, mas que ajudaria a inaugurar uma nova era do mercado editorial.

São os bastidores dessa história que Melissa Anelli conta em Harry e seus fãs. Diretora do portal The Leaky Cauldron, um dos mais visitados na web, Melissa viu a euforia de perto e estava no olho do furacão, fosse trabalhando contra falsificações, divulgando o PotterCast (o mais completo podcast sobre Harry Potter) em muitas livrarias dos Estados Unidos, excursionando com a banda Harry and the Potters ou viajando até Edimburgo para entrevistar J. K. Rowling pessoalmente.

A série Harry Potter foi muito além de um bestseller que vendeu milhões de exemplares em todos os continentes: deu a adultos e crianças a possibilidade de sonhar, e é essa experiência que Melissa compartilha neste livro. Com depoimento de editores, publicitários, fãs e da própria Rowling, que assina o prefácio, este é um livro para quem viveu e se apaixonou pela incrível história de um menino-bruxo.
comentários(0)comente



Potterish 30/11/2012

Lendo Harry Potter, por uma fã
Os leitores do Ish souberam do lançamento de “Harry e seus fãs”, uma obra muito interessante de Melissa Anelli que reúne vários pontos de vista sobre Harry Potter. Agora é hora de ler a resenha sobre esse trabalho.

“Os bastidores do fenômeno Harry Potter, contado por quem entende a magia causada pela chegada do bruxinho à vida de centena de milhares de pessoas.” O livro de Melissa é o primeiro livro escrito por uma fã de Harry Potter que é, realmente, uma fã ardorosa. Ela consegue com maestria transmitir suas ansiedades (pelos livros e filmes), a emoção de encontrar e ser reconhecida por Jo Rowling e principalmente seu esforço em colaborar com novidades em um site de fãs. Um livro escrito por uma fã para milhares de fãs de Harry Potter. Leia a resenha de Natallie Chagas e deixe seu comentário!



“Harry e seus fãs: A verdadeira história de um menino-bruxo, seus leitores e os detalhes da vida dentro do fenômeno Harry Potter”, de Melissa Anelli


Na sinopse do livro, está escrito: Os bastidores do fenômeno Harry Potter, contado por quem entende a magia causada pela chegada do bruxinho à vida de centena de milhares de pessoas. Na obra, entre outras façanhas, a autora conseguiu uma longa entrevista com a criadora (J. K. Rowling) do bruxinho em 2005, deixando centenas de jornalistas ao redor do mundo com inveja. O livro traz um caderno de fotos e tem prefácio assinado pela própria J. K. Rowling. A jovem fã Harry Potter descreve o encantamento provocado pelo maior fenômeno literário de todos os tempos, revive grandes momentos e lista informações exclusivas e detalhadas, que aproximam ainda mais o leitor ao personagem.

A sinopse diz tudo. Melissa escreve exatamente o que todo fã gostaria de expressar no papel. Adorei saber mais sobre Harry and the Potters (uma banda de rock inspirada na série), adorei saber o s bastidores de vários eventos criados por fãs e das premiers dos filmes, gostei de saber como o Leaky Cauldron (um site sobre Harry Potter muito famoso) funcionava, amei quando ela relata que teve a incrível sorte de conhecer alguns autores e principalmente fiquei felicíssima (e morrendo de inveja também) quando li sobre ela conhecendo JKR e quando a autora quis conceder a ela as entrevistas que Melissa descreve no livro. Quer dizer, Melissa já havia falado com a agente de Rowling pedindo uma chance de entrevistá-la. E o que ela recebeu de resposta foi, às vésperas do lançamento de Harry Potter e o Enigma do Príncipe, a própria Jo ligando pra ela perguntando se Melissa poderia ir a Edimburgo entrevistá-la. Morri aqui mesmo. Eu praticamente parei nessa parte do livro pra saborear cada instante que ela descreve do encontro com a autora e me imaginei no lugar dela (como eu queria isso).

Uma das coisas que me intrigaram (e quase enlouqueceram, devo dizer) foi o encontro entre Melissa e Laura Mallory. De vez em quando a gente lê por aí que alguém considera determinado livro uma obra satânica. Eu soube dessa mulher faz um tempo. Uma americana que foi pra justiça exigir que os livros de JKR fossem retirados da biblioteca escolar de seu filho porque considerava que as obras estimulavam a prática da bruxaria. Na conversa que Melissa teve com ela, Laura expõe seus motivos e explica o caso. Mas eu ainda assim fiquei meio leza, atordoada e exasperada, até porque durante as explicações ela nunca dava motivos plausíveis. Claro, as pessoas gostam e desgostam do que querem, mas ainda assim. Parecia que uma hora ou outra Laura iria cair em contradição. Pior de tudo: ela nunca leu os livros.

Existem dois trechos desse livro que merecem destaque.

Apesar das várias teorias, uma coisa que sempre me impressionou na série Harry Potter e que eu sempre tive como acima de todas as outras questões dos livros foi essa: a mãe de Harry se sacrificou por ele. Se ela não tivesse feito isso, a história seria totalmente diferente. Essa pra mim é a questão principal do livro, na qual todo o resto se baseia: o sacrifício de uma mãe por um filho. Então preste atenção nesse trecho, parte da conversa entre Laura Mallory e Melissa (pra embasar suas críticas ridículas a série, Laura fez um vídeo que se referia, dentre outras coisas, ao sacrifício de Lilian Potter como um sacrifício a magia da deusa, relacionando ao culto wiccanno, e comparando a euforia dos fãs por um novo livro com o vício das drogas): “O sacrifício da mãe de Harry é retratado nos livros como um instrumento do bem e do poder do amor, e o vídeo do qual Laura Mallory extraiu sua missão é concebido para nos fazer crer que tal sacrifício é mau e errado, porque tira de Jesus o papel patriarcal de Salvador da Humanidade.”

???????????????? O sacrifício de uma mãe por um filho, MAU E ERRADO?????????? De que planeta essa mulher veio? Como ela pode simplesmente pensar numa coisa dessa? Se fosse um homem fazendo isso, não seria MAU E ERRADO??? Depois que ler essa parte, tive que parar, respirar e ler de novo. De tão chocada que eu fiquei. Agora, só de ler pra escrever aqui, fico me tremendo toda de raiva dessa mulher. O que ela falou só serviu pra levantar um questionamento na minha cabeça: será que, por ser MAU E ERRADO, ela deixaria seu filho morrer ao invés de se sacrificar por ele? Senhor, graças a Deus ela não é minha mãe.

O segundo trecho diz respeito ao momento em que Melissa perguntou por quê ela nunca havia lido os livros (nessa hora, você vê que Melissa ainda tinha um fio de esperança de fazer a mulher mudar de idéia, pensando que se ela lesse os livros, ela entenderia o contexto). A resposta de Laura: “Eu disse: ‘Senhor, eu preciso ler esses livros porque as críticas são inacreditáveis, e como posso fazer o que estou fazendo e não ler os livros?’ Ele sempre me respondeu: ‘Não os leia. Não quero que você sofra a influência desses livros. Há uma missão demoníaca nesses livros’, e foi o que Ele sempre me mostrou.”

Quer dizer…???????????????????????? Deus a mandou não ler os livros??? Sério mesmo??? Nessa hora, eu desatei na gargalhada (pior, no meio do shopping).

È uma leitura muito divertida e esclarecedora. Melissa Anelli, muito além de mostrar o fruto de seu trabalho para os fãs, é um exemplo de que sonhos podem ser realizados. Alguém pode dizer que ela teve bons contatos e muita sorte ao conhecer J.K. Rowling e ser convidada pela própria para uma entrevista, mas não é só isso. Ela trabalhou duro e recebeu sua recompensa. Então, que venham mais relatos como o dela. Nós, fãs de Harry Potter, esperamos ansiosos por isso.

Resenhado por Natallie Chagas

368 páginas, Editora Rocco, publicado em 2011.
*Título original: Harry, a history: the true story of a boy wizard, his fans and life inside the Harry Potter phenomenon.


ACESSE: WWW.POTTERISH.COM/RESENHAS
comentários(0)comente



Enne 25/06/2012

Um livro um pouco cansativo no começo, repetitivo e com uma autora com certa autoridade (se é que posso falar dessa forma) ao extremo. Mas um livro que me encantou quando chegou nos seus momentos finais, e me fez lembrar porque mesmo eu tinha comprado para ler, porque estava lendo, e o porque do titulo, me fez querer viver todos os melhores anos da minha vida outra vez. Harry Potter não foi simplesmente o eleito ou o melhor apanhador, melhor pai, mas sim um bom amigo, daqueles que eu pude contar quando eu mais precisei e aquele que eu vou poder contar para o resto da minha vida. E como a própria Melissa fala no último paragrafo ao ver uma menina lendo Harry Potter e a Pedra Filosofal no trem. "Ah, eu invejo você, pensei, mas estava sorrindo por ela. Ela estava apenas começando."
comentários(0)comente



Mariana 13/06/2012

A história por trás da história.
A obra escrita por Melissa Anelli narra como a série de livros Harry Potter afetou drasticamente a vida da autora e de tantas outras pessoas ao redor de todo o mundo. Entremeando as experiências pessoais de Melissa com fatos sobre a produção, edição e publicação dos livros, além, é claro, de diversos eventos ocorridos entre o fandom, a narrativa é bem conduzida (desconsiderando-se alguns erros de tradução um tanto incômodos) e faz um retrato perfeito do frenesi que assolou os quatro cantos do planeta.
Sendo eu uma fã mais do que declarada do mundo imaginado por J.K. Rowling, deixei-me levar pelas sensações que acompanhavam o lançamento de cada livro da série. Lembrei-me da expectativa crescente pelo desenrolar do enredo, das noites perdidas para que pudesse avançar na leitura (sempre escondida da minha mãe, como se estivesse fazendo algo muito errado, para depois descobrir que ela também estava a devorar cada vírgula escrita por Jo), das inúmeras teorias elaboradas de forma cuidadosa para a solução dos mistérios e da surpresa ao descobrir que estavam completamente equivocadas... Foi maravilhoso ver a minha fascinação (ou obsessão, segundo alguns amigos) refletida não só em Melissa, mas em milhares e milhares de pessoas, que se mobilizavam da maneira que podiam para mergulhar cada vez mais fundo no universo de Harry.
Toda a agitação online causada pelos fãs da série não eram de meu conhecimento e me surpreendi ao saber das transformações ocorridas nos mais diversos setores devido ao lançamento dos livros: diverti-me ao descobrir a existência do wizard rock, gênero musical dedicado inteiramente aos personagens da saga; emocionei-me com os relatos da vida de Jo e fiquei embasbacada com o poder da Internet de unir os fãs e tornar ainda mais intensa a troca de experiências, ao mesmo tempo em que a própria série ajudava na expansão desse meio de comunicação tão fundamental nos dias atuais.
Houve trechos em que eu mal podia esperar para alcançar a página seguinte (principalmente aqueles que continham algum comentário de J.K. sobre a sua obra ou o capítulo dedicado a maior ativista anti-Potter). Contudo, o livro se mostrou maçante em algumas ocasiões, seja pela extensão enorme dos capítulos, seja pela gigantesca quantidade de nomes e pessoas e ambientes descritos em um mesmo momento. A riqueza de detalhes, números e relatos tornou-se contrária à intenção de deixar o livro o mais informativo possível, fazendo com que fosse mais difícil de assimilar todas as informações que nos são dadas. Precisei de diversas pausas para inspirar profundamente e reler parágrafos inteiros.
O livro é recomendável àqueles que têm paciência e real interesse em conhecer todos os desdobramentos do incontestável sucesso de Harry Potter. Leiam com atenção, ponham-se no lugar de Melissa e desfrutem de todas as suas experiências gloriosas como dona de um dos web sites mais reconhecidos pelo fandom potteriano. No mínimo, uma intensa sensação de nostalgia invadirá a todos os que acompanham dedicadamente a série e, antes que percebam, já estarão retirando seus exemplares de HP da estante, prontos para mergulhar mais uma vez no universo que conquistou tantos corações.
Paula 14/06/2012minha estante
Mari, você se expressa de forma concisa e impecável. Acho que fiquei mais entretida com a sua escrita do que com a resenha em si. Sobre o livro, eu esperava essa avaliação. A verdade é que a gente se empolga com tudo e qualquer coisa relacionada a Harry Potter e por isso nos frustramos muitas vezes ao ver que o livro não alcançou nossas expectativas. Enfim...
ótima resenha, sou sua fã já :)




Lê. 12/05/2012

Harry e seus fãs. (Harry, a History)
Quase onze anos após o lançamento do primeiro livro da série Harry Potter, escrita pela geniosa J.K. Rowling, os bastidores do fenômeno são revelados pela jornalista e fã, Melissa Anelli, que descreve com detalhes a trajetória da saga do bruxo que conquistou o mundo.
Eu sempre fui muito fã de Harry Potter, e no ano passado, como presente de aniversário eu pedi a coleção de todos os livros da série. Minha irmã mais velha me deu os livros e junto com eles outro, com o título de ‘’Harry e seus fãs’’, que me despertou bastante curiosidade.
O livro, com prefácio da própria J.K. Rowling, foi escrito por Melissa Anelli, grande fã de Harry Potter e administradora do fansite ‘’ The Leaky Cauldron’’. Melissa escreve no livro todos os detalhes dos bastidores da série, as reações dos fãs a cada livro lançado e fatos inéditos do mundo Potter. O livro conta o nascimento de tudo, quando Rowling decide escrever sobre a história do bruxo e os desafios que ela passou para publica-la, até o fim, quando os fãs se depararam chorando porque a tal história tinha acabado.
Enfim, eu como grande fã de Harry Potter, me vi chorando em algumas páginas do livro, relembrando vários momentos da saga.
‘’Harry e seus fãs’’ é um livro que preenche todas as suas expectativas sobre o tal, e eu com certeza o recomendo.

Mais em: http://bookosfera.blogspot.com.br
comentários(0)comente



35 encontrados | exibindo 1 a 16
1 | 2 | 3


Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com a Política de Privacidade. ACEITAR