A Ditadura Escancarada

A Ditadura Escancarada Elio Gaspari




Resenhas - A Ditadura Escancarada


17 encontrados | exibindo 1 a 16
1 | 2


Edson Camara 30/08/2021

Tortura e Milagre Econômico relatados com maestria e importância.
O segundo volume da coleção sobre a ditadura de Elio Gaspari cobre basicamente o governo Médici quando dois eventos se destacaram, o Milagre Econômico quando o Brasil cresceu a taxas de primeiro mundo entre 9% e 10% ao ano e a tortura institucionalizada.
O autor alerta já no inioicio do volume que a atenção maior será dada a tortura.
É preciso ter estômago forte, para quem como eu ainda era criança na época, o período inicial dos anos 70 era só alegria no Brasil.
Mas nos bastidores, ou melhor, nos porões da ditadura como se costuma dizer, o bicho pegou feio.
O objetivo principal era, e foi comnseguido, erradicar com o movimento subversivo, então a tortura foi aplicada sem dó nem piedade neste grupo. Embora também tenha sido usada em criminosos comuns e muita gente inocente como jornalistas e parlamentares, por exemplo.
O livro é bem documentado, e sua leitura causará em certos momentos, desconforto fisico pela frieza em relatar o que determinadas pessoas sofereram com a tortura.
O longo último capítulo conclui o volume relatando as ocorrências na guerrilha do Araguaia onde os guerrilheiros do PCdoB tentavam inútilmente montar uma revolução armada no país. Foram erradicados como insetos.
Esta é uma leitura importantíssima para quem deseja conhecer a fundo a história recente do Brasil.
comentários(0)comente



Pasquina 03/06/2021

Leitura necessariamente desconfortável.
Não é possível conhecer esse período da história, sem o sentimento de desconforto. A quantidade de informaçõe, nomes, datas, locais, transmitidas nesse livro fazem com que seja possível ter dimensão do contexto político.

O livro trata do tópico tortura, fazendo uma comparação com a tortura brasileira e o que acontecia em outros países, assim como, a perspectiva internacional sobre a tortura de guerrilheiros.

A relação EUA × Brasil e até mesmo a relação do Vaticano (Igreja) x Brasil. Assim como a guerrilha do Araguaia.

O livro é bem escrito, embora em alguns momentos a enchurrada de informações tenha me desanimado a prosseguir na leitura. Mas espero em breve, estar lendo o livro 3.

Att.
comentários(0)comente



Wagner 29/03/2021

2 livro da série _ pesado...
O segundo livro da série inaugurada com A Ditadura envergonhada tem o apropriado título de a ditadura escancarada. Poderia ser também a ditadura aprofundada. Tem foco no governo Medice, de 69 a 74. O mais discreto dos generais presidentes. Relata o período mais sombrio da ditadura, também do milagre econômico, copa de 70, mostrando com riqueza de detalhes as torturas e prisões que acarretaram o esfacelamento das organizações clandestinas. Fala sobre a era dos
sequestros de autoridades que visavam a troca por presos políticos, a posição da igreja e a visão do mundo sobre o que ocorria na América latina. Confesso que no final, a leitura estava um pouco difícil, nao pela narrariva, mas devido ao peso do tema.
comentários(0)comente



Jonas 23/02/2021

Interessante
Esclarece algumas dúvidas sobre essa época de tanta controvérsia. É valida a leitura.
comentários(0)comente



RALPH 05/02/2021

A parte mais sangrenta da ditadura
É impossível ler sem se indignar e o pior é saber que a tortura no Brasil continua, nunca parou, a truculencia de nossas policias são reflexos do periodo de 68 a 74. Ademais, Elii Gaspari nos brinda com uma excelente narrativa do governo Medici simplesmente deslumbrante o volume II dessa quintologia sobre a ditadura militar.
comentários(0)comente



JoAo.Eduardo 11/07/2020

O segundo livro da coleção Ditadura de Gaspari faz uma análise muito interessante e densa sobre o impacto das esquerdas no Regime Ditatorial militar e a perseguição contra essas. O último capítulo, que trata da Guerrilha do Araguaia, é fascinante.
comentários(0)comente



Jéssica Silvestre 20/06/2020

Esquemas
Trata de forma detalhada os esquemas que sustentaram o regime.
comentários(0)comente



gigi 31/05/2020

Apesar de constituir uma coletânea, esse foi o único volume que li, por isso me abstenho de avaliações mais profundas.

É uma narrativa ampla indo de pequenos a grandes fatos, dentro do seu enfoque jornalístico aos militares e em como se desevolveu o governo Médici, na dualidade dos Anos de Chumbo para aqueles que sentiram empaticamente, ou não, a dor dos porões e o "Milagre Brasileiro" da superfície. Narrando ainda a tortura utilizada como mecanismo repressor e validado pelo regime descaradamente. Fala também da dubiedade da posição da Igreja Católica frente aos acontecidos e da não interferência entre as hierarquias.
É importante incluir e ressaltar que o autor se utiliza de inúmeras fontes documentais o que engrandece a sua narrativa.
Por fim, ressalto a importância do estudo desse momento sujo de nossa história para que NÃO seja esquecido, muito menos repetido. Ditadura nunca mais!
comentários(0)comente



Edmar.Candeia 24/12/2018

Repensando.....
Li há muito tempo. Hoje organizando meus livros me deu vontade de reler! Por sinal, havia lido toda a série.
comentários(0)comente



João Luiz 03/09/2018

O segundo volume da série é focado no período de 1968, com a implantação do AI5 até meados de 1974. Período em que as torturas se tornaram mais duras e rotineiras, em contrapartida acontece o milagre econômico registrando níveis históricos de crescimento. Também mostra a visão da igreja sobre o regime .
comentários(0)comente



spoiler visualizar
comentários(0)comente



Volnei 11/01/2016

A ditadura escancarada
Escancarada, a ditadura formou-se usando a tortura como ferramenta de controle e extermínio de opositores . O presente volume trata do período que vai de 1969, logo depois da edição do AI5, ao extermínio da guerrilha contra o partido comunista do Brasil nas matas do rio Araguaia em 1974, os anos mais duros da ditadura e ao mesmo tempo de alegria pela conquista da copa de 1970 e a chegada dos primeiros aparelhos de tv a cores no Brasil. Todo período referente a ditadura merece ser estudado sempre com muita atenção em todas as áreas

site: https://twitter.com/volneicampos http://toninhofotografopedagogo.blogspot.com.br/
comentários(0)comente



Tauan 15/10/2015

Nos meandros e bastidores do regime totalitário e violento que governou o Brasil no fim do século passado, Gapari nos mostra como o medo do comunismo levou os militares aos poder nos braços do povo.
Ele enfoca os dois principais arquitetos do regime, Golbery do Couto e Silva e Ernesto Geisel. Juntos eles ajudaram a tramar, dar sustentação e depois e derrubar a ditadura. Dois personagens paradoxais e não maniqueístas, como foi nossa ditadura.
comentários(0)comente



Cristiano 26/11/2014

Elio Gaspari, apesar de ser mais crítico com o governo do que contra os subversivos, não poupa críticas a ambos os extremistas de período, chamando os esquerdistas radicais de terroristas e os torturadores de "tigrada", que atuavam na ilegalidade a favor do governo.
comentários(0)comente



17 encontrados | exibindo 1 a 16
1 | 2


Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com a Política de Privacidade. ACEITAR