Bliss

Bliss Kathryn Littlewood




Resenhas - Bliss


7 encontrados | exibindo 1 a 7


Pedro Henrique 16/05/2019

Ótimo!
O livro tem uma história muito bem elaborada e traz com ela um humor envolvente!
Recomendo!
comentários(0)comente



Gláucia 17/08/2018

Bliss - Kathryn Littlewood
Minha filha pegou esse livro na biblioteca, leu umas 15 páginas e abandonou. O tema me chamou a atenção e resolvi ler.
A família Bliss tem uma confeitaria que faz a alegria da pequena cidade onde se localiza. Por trás daquelas receitas deliciosas de muffins, tortas, bolos, cupcakes, etc mora um segredo. Um livro mágico de receita onde se utilizam ingredientes mágicos em misturas exatas que resultam nos mais variados efeitos sobre quem consome esses quitutes. Magia na cozinha. E culinária é um pouco disso, não?
O problema começa quando uma parente distante e mal intencionada pretende se apossar do livro milenar e usá-lo em seu proveito.
Gostei da ideia do livro mas cheguei ao final decepcionadíssima ao verificar que não há final! Temos um gancho para continuação do próximo. Enfim, descobri tarde demais se tratar de uma série, composta de não sei quantos volumes.
comentários(0)comente



Laura.Fruet 08/01/2018

Delicioso!
Conheci a série de Kathryn Littlewood de uma forma inusitada: quando trabalhava em uma biblioteca infantil, uma assídua frequentadora de apenas nove anos de idade adorava sentar e conversar conosco sobre os livros que leu. Tanto ela quanto a mãe falaram muito bem de Bliss, e eu fiquei muito interessada pela história; afinal, sou muito fã de fantasia, sendo infanto-juvenil ou não.

Bliss é uma leitura leve e gostosa, e quem a fizer não vai se arrepender. Toda a questão familiar e do livro de receitas é muito interessante, e a forma como tudo é narrado é, como já dito, leve e fluída, que me fez imaginar perfeitamente cada cena na cabeça.

Para um livro infanto, cumpriu perfeitamente seu propósito. Aliás, digo que é um livro muitíssimo bem escrito perto de vários que eu li - ideal para crianças perto dos dez anos de idade que não fala diretamente com elas como se fossem bobas. Acho que esse foi um dos fatores que mais chamou minha atenção, na verdade. Além, é claro, de a história ser muito, muito legal!

Uma leitura mais que recomendada!
comentários(0)comente



Lulu 05/02/2017

Bliss
Livro maravilhoso.
comentários(0)comente



Debora_beyer 04/12/2013

Eu também coloquei "Bliss" na minha lista de leitura só pela capa, admito. Que capa linda!
Como adoro literatura fantástica infanto-juvenil, fiquei fascinada!
Me remeteu a algo tipo "A fantástica fábrica de chocolates".

De fato, o enredo é bem interessante. Na verdade eu diria que é uma boa ideia que foi desenvolvida de uma maneira "não tão boa" porque seria exagero dizer "errada".

Quando o livro narra a história dos Bliss, de sua confeitaria, de suas mágicas, tudo vai bem! Eu adorei essas passagens!
Achei tudo muito criativo e interessante. Algumas partes são muito divertidas e engraçadas, bem no estilo ao qual o livro parece pertencer.

Mas aí, a autora resolve incluir um drama adolescente. Ahhh, o clichê...
O livro teria parecido perfeito para mim se ela não tivesse apelado para coisas tão óbvias como a protagonista adolescente sem graça que tudo o que quer é "ser alguma coisa", ter algo especial e nesse caso é beleza (algumas partes chegam a ser irritantes. A busca de Rosemary pela tal "beleza" me pareceu tão destoante de todo o livro).
Um irmão ruivo bonitão cujas passagens descrevendo até suas roupas (coisa que a autora não faz com outros personagens) me pareceram tão estranhas! Super apelativas!

A autora parece meio indecisa durante todo o livro. Em alguns momentos a narrativa é bem infantil e mágica e outras muito "juvenil", "adolescente moderno em busca de sentido" comum a tantos outros livros atuais.
Em alguns titulos isso até funciona bem, mas não foi o caso de Bliss.

Mesmo assim, indicaria a leitura! Não foi massante nem cansativa!

Rosi 17/08/2018minha estante
Com uma cozinha maravilhoso daquelas,e a menina bem preocupada em ser bonita,só isso,podia ter explorado mais,tmb fiquei com essa impressão.? Mas tá valendo a leitura.




Estante Mofada 28/05/2013

Bliss
Aos olhos do povo de Calamity Falls, os Bliss são apenas uma família normal, mas que tocam uma confeitaria muito especial...
"Foi no verão que Rosemary Bliss fez 10 anos que ela viu a mãe colocar um raio numa tigela de massa e soube - além de qualquer sombra de dúvida - que seus pais faziam magia na confeitaria da família Bliss".
Na verdade, eles tem um segredo: o Tomo de Culinária Bliss. Guardado secretamente através de muitas gerações dos Bliss, ele é um livro de receitas mágicas, como os cookies da verdade, os muffins do amor, torta segure sua língua, biscoitos de canela durma-feito-uma-pedra e muitas outras.
Quando um imprevisto acontece na cidade vizinha, os pais são obrigados a viajar para lá para dar uma "mãozinha". Durante a viagem, as crianças são encarregadas de assumir o trabalho na confeitaria, mas sem TOCAR no Tomo de Culinária.
Mas quando chega uma estranha que diz ser tia Lily, uma prima distante da mãe, vai ficando cada vez mais difícil esconder os segredos da família. Ela é tão perfeita, e parece ser tão boazinha...No final, apenas Rosemary, a filha que ficou encarregada de guardar a chave da câmara secreta onde o livro é escondido, resiste em entregar o livro a Lily. Thyme se apaixonou por ela, Sage a acha a pessoa mais legal do mundo, e Parsley tem apenas 3 anos de idade.
Será que os irmãos Bliss vão conseguir guardar o segredo da família?
comentários(0)comente



Ana Lyra 20/04/2013

Um doce de livro
Simplesmente amei o livro, é infanto juvenil, mas muito agradável de ler.

De primeira, tirei o livro da estante porque achei a capa linda, li a sinopse e achei muito legal o tema de uma confeitaria mágica.

Me senti entretida até o final, aguardo ansiosamente os próximos volumes da trilogia.Lembra um pouco desventuras em série.

comentários(0)comente



7 encontrados | exibindo 1 a 7