Vozes do Silêncio

Vozes do Silêncio Adriana Vargas




Resenhas - Vozes do Silêncio


24 encontrados | exibindo 1 a 16
1 | 2


Nina 18/06/2015

Vozes do Silêncio
Mais uma vez eu termino um livro da Adriana Vargas chorando compulsivamente. Eu já imaginava que iria chorar muito, pois me emocionei imensamente com alguns trechos que a autora liberou em sua pagina no facebook. Adriana tem esse dom, toca nossa alma através de suas palavras.
Analy vive na Espanha na época em que a ditadura predomina. Ao longo de sua vida varias perguntas surgem sem ela obter resposta. Analy se vê obrigada a casar com um rapaz que não ama, enquanto seu amor por um outro rapaz cresce de maneira surpreendente. Mas por traz de tudo isso esta a magia cigana. Todos os destinos são regidos por ela. Em meio à ditadura muitas pessoas são perdidas. Mas em meio à magia, dor e angustia o amor a salva de tudo e se mostra forte e eterno.
Amo livro que traz um pouco de algo verídico. Embora eu tenha chorado muito, eu amei a parte histórica da ditadura espanhola. De inicio eu odiei Juan, mas à medida que sabemos mais sobre ele acabamos ate simpatizando. Amo Vidal! Ele é incrível. Movido por seus ideais e por seu amor, superando seus limites e sempre seguindo.
O livro possui muito sofrimento ( afinal a historia se passa em meio a “guerra” ), mas a historia é linda. Acredito que ninguém superará Eva ( personagem do livro O Segredo de Eva), mas Analy é fantástica.
Mais uma vez meus parabéns a Dri. Esse sem duvida também tem lugar reservado em minha estante.
“Me voliule samurri djibe movoin - Na vida só se tem um grande amor”( pag 233)


site: fleurdylis.blogspot.com
comentários(0)comente



Cinthia G 01/02/2015

Analy terá uma nova escolha...
O ditador espanhol, Francisco Franco, procurou pela magia cigana a fim de conquistar o poder implantando a ditadura na Espanha. Porém não cumpriu o combinado — ajudar o cigano Juan a encontrar Analy.
Uma maldição fora jogada na Espanha e agora o oculto comandava a toda nação.
Analy teve sua alma planejada para salvar a nação e a toda descendência cigana, livrando até mesmo mundo da terceira guerra mundial.
Cresceu sem saber da verdade e os mistérios que norteavam sua família.
Certo dia se apaixonou por Vidal, líder opositor da ditadura, que lhe trouxe uma estrela de cinco pontas, a pedido de uma cigana misteriosa, que encontrara na praça de Coslada, dizendo que ele ia conhecer a mulher que mudaria a sua vida e precisava entregar o objeto místico a ela.
Analy precisou voltar no tempo e reviveu tudo o que passou, conhecendo a verdade.

Descobertas arrebatadoras e segredos revelados ficam entre Vidal e Analy; impedindo o amor entre os dois.
Analy terá que fazer sua escolha e dessa vez tem que ser diferente. Ela terá que escolher com o coração. Só isso salvará a si mesma e à toda a nação.

No início do livro fiquei com uma certa raiva de Juan por ele ser daquele jeito querendo comprar o amor de Analy. Torcia para ela e para o Vidal... mas após certo tempo de leitura vi que Juan realmente amava Analy, e torci pelo casal.

Adorei o livro porque nunca tinha lido nada que envolvesse política, comecei a lê-lo simplesmente pela parte da magia cigana e me encantei por ele.
Fer Kaczynski 06/02/2015minha estante
A capa desse livro é linda, mas o enredo não me conquistou, nunca li nada com temática cigana, tenho curiosidade.

http://dailyofbooks.blogspot.com.br/




Rose 20/10/2014

Este é o terceiro livro que leio da autora, mas ao contrário dos outros, não consegui me identificar com a leitura.
O livro narra a história de Analy, uma garota simples com uma vida dura. Analy tem um pai muito repressor, Qualquer coisa que não lhe agrade é motivo para que ele surre ela ou a irmã. Nem adianta a mãe tentar ajudar, pois acaba tendo o mesmo fim.
Romântica e sonhadora, ela acaba se apaixonando pela voz do locutor Vidal de Luca, um militante rebelde que lutava contra a ditadura dieguista que dominava a Espanha na década de 60.

Antes mesmo de se conhecerem, o destino de ambos estava traçado. Analy e Vidal estavam apaixonados, mas não era apenas a ditadura que os ameaçavam. Uma antiga maldição cigana para vingar uma traição do passado perseguia sem trégua este casal.

"Como eu vou poder conhecer o amor da minha vida, Vidal? Se meu pai que me casar com aquele idiota?" (pág. 58)

Sem falar da figura de Juan, um rico espanhol que entra na vida da família de Analy. Bonito e educado ele pede a mão dela em namoro. Mesmo com todos os atrativos ela não consegue acreditar nas verdadeiras intenções demonstradas por Juan. Ela sente que existe mais alguma coisa por trás daquela fachada de bom moço.

"- Pode gritar a vontade, só está nós dois em casa e dois seguranças na porta de entrada." (pág. 190) ¹

A situação está cada vez mais difícil e Analy fica cada dia mais presa nas garras de Juan. Um futuro ao lado de Vidal está impossível. Todo o amor que sente por ele deve e precisa ser esquecido. Ao mesmo tempo é o amor a única chance de Analy reconstruir sua vida e libertar a todos de um futuro sombrio.
Apesar do enredo ser até interessante, não tive empatia com os personagens, achei-os fracos, Juan foi o que mais se destacou. No final há uma reviravolta e toda a história da maldição é contada, e o leitor acaba entendendo alguns fatos. Apesar de ter amarrado os pontos, a verdadeira história de Analy não me convenceu muito, achei que ficou um pouquinho forçado.

" - Se não correrem, poderão se arrepender, para sempre! - gritou." (pág. 55)

Achei muitos erros de português ao longo da leitura, que acabaram me atrapalhando, pois normalmente estavam no gênero do personagem, ou seja, quando era para ser uma fala masculina, aparecia como feminina e virse versa. Isso me confundiu um pouco em alguns trechos, que inclusive precisei ler novamente para ter certeza que não estava me enganando.
Em compensação a capa, as folhas pretas no início de cada capítulo dão um charme ao livro. Em um enredo que envolve romance, cultura cigana, maldições, vingança e um toque de sobrenatural, fiquei esperando um pouco mais deste livro, talvez por já conhecer um pouco do talento da autora.


site: http://fabricadosconvites.blogspot.com.br/
Cinthia 23/10/2014minha estante
Gosto desses livros em que o pai obriga a personagem a um casamento forçado, sempre ocorre algo bom no final.


Vitória 07/11/2014minha estante
Rose, que pena que você não gostou da leitura, sabe, eu até achei a história bem interessante, nunca li nada que falasse um pouco da cultura cigana e foi isso que me chamou a atenção.
Erros de português matam qualquer livro, realmente é péssimo, fora que, como você disse, eles atrapalham um bocado a leitura ..
Amei essa capa ! Beijos !


Clarice.Castanhola 17/05/2015minha estante
É a Adriana Vargas sempre arrasa!! Adorei a resenha! Ele já estava na minha lista! Agora fiquei mais ansiosa para ler!




Arca Literária 24/06/2014

Vozes do Silencio
Tudo começa com o nascimento de 2 crianças que estava previsto pela velha cigana que iria mudar toda historia.
O destino do mundo dependeria de suas escolhas,assim foi escrito .
A menina predestinada ,viria dar um fim na maldição em que seu povo fora exposto,e o menino seria um problema aos governantes atuais.
O que fazer quando o destino dessas almas já esta traçado,sua estoria fora escrita antes mesmo de nascerem.
Assim sera a vida para Analy,uma menina marota, ingenua e pura que vive como os pais e a irmã mais velha Vina.
No meio a década de 60 ,onde uma crise abala Coslada- Espanha em meio a guerra fria comandada por um ditador chamado Diego de La Vega.
Onde ao toque de recolher todos tem que obedecer,a euforia estudantil toma frente de cotra atacar e querer seus direitos esta bem intenso.
Analy e Vina filhas de Fernandes e Adelita,sempre foram obedientes ao pai por ser um homem severo e castigar com frequência as 2 filhas.
Ja em idade de estudar,mas nunca frequentaram uma escola por morarem longe da cidade num sitio bem retirado.
Então só restando trabalhar duro na lida da casa e do sitio na lavoura com o pai,mas entre os afazeres do sitio e suas hora bem poucas de descanso,Analy se refugia embaixo de uma arvore.
Para poder escutar escondida,o radio a pilha que ganhou de presente escondido de sua avo, ali escuta a voz de um locutor que ela adora Vidal de Lucca.
Sem mesmo o conhecer ela sente uma afeição muito forte por ele,pois cada vez que escuta sua voz sente que todas suas palavras são para ela.
Pois ela não sabe como pode acontecer algo assim sem ao menos conhecer o dono desta voz que ela imagina como sera,mas que já ganhou seu coração.
Mas, mal sabe Analy que um rapaz chamado Juan,bem afeiçoado de posses teria o concebimento de seus pais para cortejá-la .
Um rapaz bem mais velho por sinal,mas não deixava de ter uma beleza misteriosa e um segredo juntamente.
Para ela um choque, não aceitando o namoro de modo algum,e ainda tendo de fazer vistas grossas para a irma Vina que se atirava para Juan na sua frente .
Mas o destino iria mudar essa estoria , pois em uma pequena viagem na casa de sua avo ela num breve passeio na praça com o tio ,conhece um belo rapaz.
Que ela ainda não sabe,mas sera o amor de sua vida sim 'e ele Vidal de Lucca o radialista que Analy tanto sonha.
Quanto a Vidal de Lucca que estava na praça neste dia,fora de supetão parado por uma cigana velha que por sinal o assustou.
A cigana diz a Vidal que ele teria uma missão de entregar um amuleto uma estrela de 6 pontas a uma menina.
Que no devido instante a reconheceria,sem nunca tela visto na vida,meio assustado e não levando a cigana muito a serio ele guarda o objeto.
A partir deste momento suas vidas mudariam,nada sera mais como era antes Vidal apos por um acaso ver passar uma menina ruiva,com pele clara e com um ar angelical fica apaixonado.
Mal sabia que a maldição dos dois começaria ali,naquele exato momento que suas vidas mudaria e que teria muitas coisas para enfrentar por este amor.
Somente o destino poderia por fim a essa maldição livrando essas duas almas marcadas para se amarem como foi previsto.
Adriana construiu os personagens majestosamente,dando vida a essa historia que nos contagia e nos faz viajar em meio aos conflitos de uma década cheia de problemas.
Me senti dentro ,fazendo parte a cada folha virada como se estivesse vivendo juntamente como os personagens.
Não tenho como explicar meus sentimentos em relação a este livro,'e uma coisa muito boa pessoal poder ler um livro e ao mesmo tempo viver a estoria dos personagens.
Estou extasiada,maravilhada com o que li pois ainda não tinha tido oportunidade de ler as obras da Adriana.
Mas posso adiantar que valeu ,vale a pena sim ler seus livros.

site: http://www.arcaliteraria.com.br/vozes-do-silencio/
comentários(0)comente



ELB 18/05/2014

Every Little Book
Olá Leitores,

Estou aqui para contar um pouco do Livro Vozes do Silencio da Autora Adriana Vargas.

Esse é o primeiro livro que leio da autora, e tenho que parabenizá-la pela sua escrita impecável, os cenárias ricos em detalhes e os personagens tão intrigantes e bem construídos que foi impossível não se apaixonar por cada um deles.

O livro se trata de uma profecia, duas crianças interligadas pelo amor, uma nascida de uma mancha na tradição cigana e que originou a maldição que assola a sua descendência e uma criança que nasceu para ser sacrificada, de modo a quebrar essa maldição.

(...) Leia mais no blog!

Resenha feita pela Lud, postada no ELB!

site: http://www.everylittlebook.com.br/2013/06/resenha-vozes-do-silencio.html
comentários(0)comente



Liachristo 12/11/2013

RESENHA - Vozes do Silêncio - Adriana Vargas - Modo Editora
Vozes do Silêncio, é o segundo livro que leio da escritora Adriana Vargas, e o que posso dizer a respeito, é que a autora tem uma forma de escrever forte, densa e que de certa maneira, nos desconcerta um pouco.
Sua habilidade com as palavras, e sua forma de nos descrever os cenários, nos deixa bem conscientes das cores, sons e sabores contidos em sua narrativa.

Em Vozes do Silêncio, vamos experimentar as fortes emoções e vivenciar a história de Analy e Vidal.
Eles tinham tudo para nunca se encontrarem. Não tinham nada em comum. Mas quis o destino e a magia cigana, que eles se conhecessem, e a partir dali vivessem fortes tormentas e grandes desafios para conseguirem ficar juntos.

A história se passa na Espanha, nos anos 60, onde os Beatles, e tantos outros novos costumes, estavam a se proliferar pelo mundo. Mas, lá na Espanha se vivia a ditadura, imposta pelo ditador espanhol, Francisco Franco, que encontrou na magia cigana uma forma de obter poder.
Em troca, deste poder ele deveria ajudar o gitano a encontrar Analy. Mas, como não cumpriu o combinado, uma grave maldição recaiu sobre todo o povo espanhol.

Analy é um jovem de 16 anos, pura, ingênua e muito romântica. Ela vive no interior, com os pais e uma irmã. Passa os dias sonhando com algo diferente, já que praticamente não sai de casa, nem mesmo para frequentar a escola.
Tem em seu radinho, que ganhou da avó, a sua grande companhia para passar as horas.
E é através do rádio, que ela passa a saber da existência de Vidal, já que se apaixona secretamente por sua voz.

Vidal de Lucca, é um jovem locutor de rádio, de quem a garota só conhece a voz.
Ele é um jornalista e militante, que luta contra a ditadura de seu País.
Sua maior vontade é poder se libertar e libertar seus compatriotas de toda aquela opressão.

Um dia, uma misteriosa cigana entrega a Vidal uma estrela de seis pontas e diz para ele que ele irá encontrar a mulher que mudará o seu destino e a sua vida.
Quando a encontrar, ele terá que entregar a tal estrela para ela, para que a jovem a use em um momento de necessidade.

Enquanto isso Analy é surpreendida ao ser apresentada por seu pai a Juan, um jovem belo e rico, com quem seu pai acha que ela deve namorar. E por mais que Juan tentasse agradá-la com presentes e um bom tratamento, ela não conseguia gostar dele, pois seu coração já pertencia a outro.

Durante a narrativa, você tem pequenos vislumbres do que era viver na época da ditadura. O quanto era sofrido para o povo. Podemos sentir, mesmo que de longe, todo o terror daqueles que eram presos e torturados. Mas, podem ficar tranquilos, que nada é narrado de maneira a lhe deixar apavorado e querendo desistir da leitura.

O livro é uma combinação de história, romance, sobrenatural, cultura cigana e muito mais.
Durante a leitura, vamos oscilando em nossas emoções e vamos nos sentindo cada vez mais desejosos de que o desfecho não seja tão inesperado e nem tão contrário ao que gostaríamos que acontecesse ao nosso jovem casal.

A capa do livro é muito bonita. A diagramação e a revisão estão muito boas também, fazendo com que a leitura possa fluir de uma maneira constante e tranquila.

A única pessoa capaz de salvar o povo espanhol, a descendência cigana e quebrar a maldição, era Analy. Um sacrifício era exigido, a terra clamava por seu sangue desde o dia de seu nascimento. Mas, a pobre e inocente Analy desconhecia o seu destino.

Eu recomendo este livro a todos, que gostem de ler uma história única e diferente.
Bjus




site: http://www.docesletras.com.br/2013/11/resenha-vozes-do-silencio-adriana.html
comentários(0)comente



Elis 07/11/2013

Vozes do Silêncio me forneceu diversas emoções, fiquei em choque pela maneira como Fernandes batia nas filhas Analy e Vina, as vezes até em Adelita a esposa. Fiquei encantada pela personalidade sonhadora de Analy, uma paixão tão bela por alguém que ela nem conhece pessoalmente. Me surpreendi com o amor ou digamos possessão que Juan tem pela personagem principal. Até vontade de bater em Vina eu tive.Vidal o radialista que se formou jornalista e não pode exercer a profissão de medo do governo, mas que ao conhecer uma certa garota descobre o amor a primeira vista. Ou seria um amor por obra do destino? E temos Antonieta a avó das meninas que é a pessoa que qualquer neta amaria ter em sua vida.

Trecho especial, pois é assim mesmo que me sinto ao ler...me identifiquei:
"Por ser sonhadora, facilmente viajava dentro das palavras que ouvia, criando imagens das descrições em sua mente e se transportando para um mundo cheio de possibilidades." (pg. 28)

No decorrer da leitura vamos entrando na história e vivendo tantos os momentos de perigo e aflição, como os momentos felizes. Notamos que na época quem chefiava a família era o homem e a ele era dado o domínio total a ponto de ele escolher com quem as filhas iriam se casar e se iriam ter educação. O governo ditatorial não perdoava a luta pela liberdade de expressão, ocasionando diversos conflitos e até mortes. Viver com os personagens tantos sentimentos me transportou para o livro, enquanto não podia lê-lo por causa de fatos cotidianos eu pensava na história e nas partes chocantes e emocionantes, comentei com diversas pessoas sobre a leitura, já que não conseguia me desligar da história.

Não estou puxando saco, mas não sei da onde tinha a impressão que eu poderia não gostar da leitura, ainda bem que pude ter a maravilhosa oportunidade de ler e mudar totalmente a minha opinião, estou encantada e fascinada pela obra. Além de ter uma capa que chama a atenção a diagramação é belíssima com imagens entre os capítulos e adagas na numeração e separação dentro dos capítulos. A diagramação de forma única chama a atenção de qualquer leitor, ela salta aos olhos. Mesmo eu tendo encontrado um ou outro problema na diagramação e revisão do texto, saibam que eles não interferem muito na leitura, já que a história nos pega de uma maneira incrível, que é bem capaz de ter tido outros que eu nem notei. No entanto sei que para os leitores críticos esse seria um fato negativo.

Por isso quero dizer que do meu ponto de vista analisando a criatividade, a emoção e a fascinação que a história me passou eu não posso negar, que desejo que ele toque os leitores como me tocou. Que sintamos raiva e paixão, tristeza e amor, medo e carinho, ira e admiração por uma leitura que meche com a nossa imaginação, que nos faz ir ao trabalho e mesmo assim continuar pensando sobre o que estamos lendo. A autora soube criar uma teia de fatos de onde o leitor não consegue sair, com diálogos fortes e determinados ela nos pega de jeito. Agora me sinto totalmente motivada a ler suas outras obras para me aventurar em suas palavras.

Leia no blog completa:

site: http://amagiareal.blogspot.com.br/2013/11/vozes-do-silencio-adriana-vargas.html
comentários(0)comente



SahRosa 18/10/2013

Entre a ditadura e o rigor familiar, Analy não perde seus sonhos, inocência e doçura. Com uma vida simples e de muito trabalho, ela tem seus dias repletos de felicidade quando liga seu radio a pilha, escutando assim a amável voz de Vidal, que pouco a pouco vai conquistando seu coração adolescente. A cada programa que ouve, a jovem sonha, imaginando o rosto do locutor, ela é embalada por aquela voz gentil e encantadora, pode ser apenas uma paixão platônica, um sonho de menina, mas Analy fará de tudo para saber até onde vão seus sentimentos por Vidal. Disposta a conhecer o locutor, Analy contará com a ajuda de sua avó, que sempre a apóia em todos os momentos. Quando finalmente o dia chega e seus olhos encontram os de Vidal, suas mãos tocam a dele, Analy tem certeza que é um sentimento puro, que seu coração foi tocado pelo compasso do amor.

Vidal custava a acreditar em previsões, mas ao reencontra a doce menina a qual cigana lhe advertiu que seria a mulher de sua vida, ele tem certeza de seu destino. Jamais havia sentido algo assim e estando ela bem a sua frente, nada mais importava, somente a presença de Analy era capaz de trazer felicidade ao seu ser. No entanto os caminhos para esse amor é rodeado de obstáculos, há muitos segredos envolvendo eles próprios, suas famílias e principalmente o noivo de sua amada... Existem forças ocultas por de traz de tudo que os rege e principalmente uma maldição que assolara toda uma nação se não for quebrada. Apenas o amor poderá salvar Analy e Vidal de um caminho repleto de sangue e dor...

***

Vozes do Silencio é um daqueles livros, difíceis de resenhar, onde você quer expressar todo seu sentimento, mostrar o quanto a estória te comoveu, mas quando estamos a ponto de escrever, não sabemos quais palavras usar, afinal dificilmente qualquer elogio vai re-saltar a real emoção ao finalizarmos essa obra. Eu poderia colocar inúmeras adjetivos, no entanto nenhum deles vai chegar à altura de uma estória como essa. Posso dizer, que mesmo ao final das 273 páginas, ainda não consegui dizer adeus a Analy e Vidal, o amor deles é tão tocante e apaixonante, que ficará para sempre em minha recordação. Uma estória que retrata de forma belíssima, a dor de um governo ditador, a cultura de um povo místico, e claro, nos mostra uma mensagem valiosa, que nos faz refletir e pensar. Cercado de segredos, Vozes do Silencio, vai fazer com que o leitor mergulhe de cabeça a cada capítulo, para buscar todas as amarras que prende cada personagem e posso dizer, as revelações são surpreendentes, onde notamos o cuidado da autora em explicar cada fato.

Adriana Vargas presenteia os leitores com um enredo profundo, e sua escrita poética se mostra ainda mais marcante, revelando uma estória que mistura ficção e realidade. Todos os personagens são marcantes, cheios de atitude e personalidade. Os diálogos bem construídos, contando uma narração descritiva em terceira pessoa, somos absorvidos de tal maneira, que dificilmente a leitura vai ser deixada pela metade. O fato de envolver a cultura cigana, fez com que Vozes do Silencio se tornasse ainda mais encantador, tendo sua própria magia, implantada em cada página. Uma leitura mais que recomendada para todos aqueles que buscam algo que foge dos clichês atuais, mostrando fortemente o quanto a literatura nacional é repleta de talentos maravilhosos!


site: http://www.daimaginacaoaescrita.com/
comentários(0)comente



Fala Urupês? 09/09/2013

Vozes do Silêncio - Adriana Vargas
Este livro se passa - na grande maioria do tempo - na Espanha na década de sessenta, época em que os Beatles estavam no auge e a ditadura também, sobre o poder de Diego de La Vega. Analy uma jovem de dezessete anos, se vê em meio a uma intrincada trama do destino, onde terá que dar sua vida para salvar o povo cigano de uma maldição e a Espanha da terceira guerra, enquanto luta pela sua própria vida e pelo seu amor.

A escrita de Adriana é muito envolvente e em vários momentos me peguei pensando no tanto de pesquisa ela precisou para escreve-lo, pois encontramos diversos acontecimentos históricos e culturais.

Os personagens são complexos e bem desenvolvidos, é difícil não torcer por Analy, querer que ela tenha a liberdade tão sonhada, que possa viver com sua alma gêmea e realizar seus sonhos. Mesmo os "vilões" tem seu lado bom, como Juan, por exemplo, que através do amor por Analy tenta ajuda-la, personagem um pouquinho bipolar, mas com muito carisma. Vidal é um jovem idealista, que se opõe firmemente ao governo de Diego e que luta para dar voz ao povo com seu trabalho de radialista.

O livro tem dois ramos: o sobrenatural e o político. Com sua escrita firme e sabendo onde queria chegar, Adriana conseguiu com que ambos não colidissem entre si, mesmo numa trama tão complexa.
Este é um livro que tem uma energia, aquela coisa visceral cigana, cheia de paixões e a crueldade da ditadura, os ideais do povo, suas lutas e seus medos. Diversas vezes me senti impotente, querendo poder fazer algo e morrendo de vontade de chegar ao final, de saber onde a luta pelo amor dos dois levaria a estória e suas consequência.

Livro muito bom e indicado.

site: http://falaurupes.blogspot.com.br/2013/09/vozes-do-silencio-adriana-vargas.html
comentários(0)comente



estantedasuh 02/06/2013

Vozes do Silêncio - Blog Era Uma Vez o Livro
O livro se passa na década de 60, na Espanha. Onde o país vive em uma crise, e está sob a ditadura do cruel Dom Diego, um tirano que destrói todos que se opõe a ele, e Dom Diego não está sozinho, ele está contando com a ajuda de forças desconhecidas, aliado ao poder dos ciganos, ele infringe ao pais uma época de dor e sofrimento. O povo cigano está em busca de um sacrifício, para tirar a maldição que assola o seu povo, por causa de um homem que infringiu às leis ciganas, e agora toda uma raça pode desaparecer. O pacto não foi cumprido, nem Dom Diego, nem o gitano que o acompanhou para trazer a menina cigana para o sacrifício seguiram com o acordo.

Analy, é uma menina meiga, doce e cheia de sonhos ela mora em uma fazendo com seus pais, Fernandes sua mãe adelita e sua irmã mais velha Vina. Como toda adolescente ela têm suas paixões, ela gosta muito dos Beatles, gosta de ler livros de romance, e por incrível que pareça têm uma paixão por Vidal de Lucca, de quem ela só conhece a voz, pois o mesmo apresenta seu programa de rádio favorito, e ela sonha em o encontrar. O pai da Analy é um homem rude, que acha que tudo pode ser resolvido na cinta, e às vezes ele exagera no modo que trata as meninas, sendo até violento. O amor de Analy, é sua abuela Antonieta, mãe de seu pai, que faz de tudo para ver sua neta feliz, mesmo se isso a levar a passar pelas ordens de Fernandes.

O jovem Vital de Lucca, é um idealista que está sempre em busca da liberdade, e junto com outros jovens tenta derrubar Dom Diego do poder. E temos também Juan, um advogado que apareceu de repente e pede para namorar Analy, e esconde um passado sombrio.

O livro é intenso demais, Adriana abordou temas polêmicos, como a ditadura. E o livro também conta uma das mais lindas histórias de amor que eu já vi. Analy é uma menina pura, que vê em Vidal o seu príncipe encantado. Só que como toda a história de princesa os mocinhos têm vários empecilhos, Juan aparentemente um jovem nobre, esconde na verdade uma história suja por traz da carinha de bom moço.

Nesse livro podemos perceber, o quão longe, o ciúme e a inveja podem fazer uma pessoa chegar, ao ponto de destruir até pessoas da própria família. É uma trama cheia de intrigas, vingança, sentimentos que não têm explicação. O livro é uma verdadeira obra prima, ao meu ver, a autora soube abordar muito bem todos os temas que ela colocou em sua obra. E a cada página o leitor vai querendo mais e mais. E torcemos juntos pelo amor de Analy, choramos junto com ela, quando tudo que ela idealiza vai por água a baixo, e ficamos na expectativa do tão sonhado final feliz.

Adriana obrigada por me dar a honra de ler este livro e desculpe se a minha resenha não está a altura desse grande romance, e eu amei a abordagem da cultura cigana, sou apaixonada por esse povo, suas músicas e lendas.
comentários(0)comente



Magiasbook 20/05/2013

Vozes do Silencio .

Tudo começa com o nascimento de 2 crianças que estava previsto pela velha cigana que iria mudar toda historia.
O destino do mundo dependeria de suas escolhas,assim foi escrito .
A menina predestinada ,viria dar um fim na maldição em que seu povo fora exposto,e o menino seria um problema aos governantes atuais.
O que fazer quando o destino dessas almas já esta traçado,sua estoria fora escrita antes mesmo de nascerem.
Assim sera a vida para Analy,uma menina marota, ingenua e pura que vive como os pais e a irmã mais velha Vina.
No meio a década de 60 ,onde uma crise abala Coslada- Espanha em meio a guerra fria comandada por um ditador chamado Diego de La Vega.
Onde ao toque de recolher todos tem que obedecer,a euforia estudantil toma frente de cotra atacar e querer seus direitos esta bem intenso.
Analy e Vina filhas de Fernandes e Adelita,sempre foram obedientes ao pai por ser um homem severo e castigar com frequência as 2 filhas.
Ja em idade de estudar,mas nunca frequentaram uma escola por morarem longe da cidade num sitio bem retirado.
Então só restando trabalhar duro na lida da casa e do sitio na lavoura com o pai,mas entre os afazeres do sitio e suas hora bem poucas de descanso,Analy se refugia embaixo de uma arvore.
Para poder escutar escondida,o radio a pilha que ganhou de presente escondido de sua avo, ali escuta a voz de um locutor que ela adora Vidal de Lucca.
Sem mesmo o conhecer ela sente uma afeição muito forte por ele,pois cada vez que escuta sua voz sente que todas suas palavras são para ela.
Pois ela não sabe como pode acontecer algo assim sem ao menos conhecer o dono desta voz que ela imagina como sera,mas que já ganhou seu coração.
Mas, mal sabe Analy que um rapaz chamado Juan,bem afeiçoado de posses teria o concebimento de seus pais para cortejá-la .
Um rapaz bem mais velho por sinal,mas não deixava de ter uma beleza misteriosa e um segredo juntamente.
Para ela um choque, não aceitando o namoro de modo algum,e ainda tendo de fazer vistas grossas para a irma Vina que se atirava para Juan na sua frente .
Mas o destino iria mudar essa estoria , pois em uma pequena viagem na casa de sua avo ela num breve passeio na praça com o tio ,conhece um belo rapaz.
Que ela ainda não sabe,mas sera o amor de sua vida sim 'e ele Vidal de Lucca o radialista que Analy tanto sonha.
Quanto a Vidal de Lucca que estava na praça neste dia,fora de supetão parado por uma cigana velha que por sinal o assustou.
A cigana diz a Vidal que ele teria uma missão de entregar um amuleto uma estrela de 6 pontas a uma menina.
Que no devido instante a reconheceria,sem nunca tela visto na vida,meio assustado e não levando a cigana muito a serio ele guarda o objeto.
A partir deste momento suas vidas mudariam,nada sera mais como era antes Vidal apos por um acaso ver passar uma menina ruiva,com pele clara e com um ar angelical fica apaixonado.
Mal sabia que a maldição dos dois começaria ali,naquele exato momento que suas vidas mudaria e que teria muitas coisas para enfrentar por este amor.
Somente o destino poderia por fim a essa maldição livrando essas duas almas marcadas para se amarem como foi previsto.
Adriana construiu os personagens majestosamente,dando vida a essa historia que nos contagia e nos faz viajar em meio aos conflitos de uma década cheia de problemas.
Me senti dentro ,fazendo parte a cada folha virada como se estivesse vivendo juntamente como os personagens.
Não tenho como explicar meus sentimentos em relação a este livro,'e uma coisa muito boa pessoal poder ler um livro e ao mesmo tempo viver a estoria dos personagens.
Estou extasiada,maravilhada com o que li pois ainda não tinha tido oportunidade de ler as obras da Adriana.
Mas posso adiantar que valeu ,vale a pena sim ler seus livros.
comentários(0)comente



"Ana Paula" 13/05/2013

www.livrosdeelite.blogspot.com
Resenha em vídeo: http://livrosdeelite.blogspot.com.br/2013/05/resenha-em-video-vozes-do-silencio.html
comentários(0)comente



Michelle Ladisl 11/05/2013

Resenha postada no blog Sangue com Amor- www.sanguecomamor.blogspot.com.br
O livro fala sobre a história de Analy, sobre uma maldição e uma linda e proibida história de amor que acontece nos anos 60.

Analy é uma menina ingênua, pura, como uma típica menina do interior, mas também com muito medo do amor e medo de ser rejeitada. Ela vive com sues pais e uma irmã em um sítio.

“ Ela deixou de acreditar que alguém poderia amá-la verdadeiramente, por mais que quisesse viver um momento especial.”
Pagina 22

O único passatempo que a adolescente tem, é um radinho que sua avó Abuela lhe deu, ela passa o dia todo ouvindo o rádio, assim ela acaba se APAIXONANDO por Vidal, mesmo sem nunca tê-lo visto.

Vidal é um locutor, idealista, que se rebela contra a ditadura, tentando com sua profissão dar voz ao povo e a seus ideais.

No decorrer da história aparece um rapaz com posses, Juan, que vai ao sítio com sua família para pedir Analy em namoro. Sinceramente, não gostei muito dele! Fiquei com pena de Analy.

A vida de Vidal e Analy irá se cruzar, quando uma cigana, entrega a ele uma estrela de seis pontas e lhe fala para entregar somente a mulher que irá mudar totalmente sua vida e ela deverá usar essa estrela em caso de necessidade. Ele só acreditou na cigana, no momento que conheceu Analy, ali ele teve a certeza que era ela.

“ Ninguém afasta as pessoas do seu próprio destino....”
Página 30

O romance de Analy e Vidal, acontece em plena ditadura, o que acaba amenizando o sofrimento dessa época tão lastimável!

Com relação a maldição que ronda a vida de Analy, ela só será quebrada, depois que ela for ao seu passado e desvendar todos os mistérios que cercam seu nascimento.

Com Vidal, finalmente Analy acredita no amor e que realmente pode ser feliz!

O final não poderia ser mais lindo, típico dos livros da Adriana!
Apaixonada por Vidal e Analy!!


Minha opinião:

Adriana foi muito impactante essa obra, pelas outras obras dela que tive a honra de ler, essa foi a que mais mexeu comigo.

O livro é brilhante!

A história tem ditadura, uma maldição cigana e uma amor belo, que deu a esse livro uma história fabulosa, cheia de realismo com mistura de fantasia, que faz você se sentir na pele de Analy e sua história
.
Ah, também tem a avó de Analy, a Abuela, ela é uma avó que todos
queriam ter!!

Nota para obra: 5/5

comentários(0)comente



Khrys Anjos 08/05/2013

Vozes que dizem tudo
Quando li a sinopse do livro tive minha curiosidades despertada. E ao ler o e-book enviado pela autora Adriana fiquei encantada com a história.

Temos um romance embalado pelos The Beatles em meio a uma guerra sangrenta onde forças malignas estão tentando se alimentar da dor e do caos espalhados por todos os lados.

No meio desse mar de sangue nasce uma rosa branca que precisará aprender a amar para crescer e florescer.

Tudo isso enredado pela Magia Cigana num dos continentes considerado o berço da magia e um dos pólos de energia mais fortes do Planeta.

A Adriana nos brinda com uma narrativa rica em detalhes históricos e nos transporta para uma época onde o ser humano está vivendo o maior conflito pelo qual passou: O conhecimento de si mesmo, de seus desejos, de suas forças, do seu eu verdadeiro.

Nesta história Analy tem a chance de fazer o que acredito 90% da população gostaria de poder fazer: voltar ao passado para corrigir uma escolha errada.

Desde o seu nascimento ela está ?predestinada? a morrer por causa de uma maldição. A maldição ocorre por causa de um erro cometido pela paixão de um não cigano por uma cigana casada.

Para quebrar a maldição Analy precisou retornar ao seu passado para obter as respostas que não conseguia entender no seu presente.

E em determinado momento ela preferiu ter vivido na ignorância, pois assim a dor pela verdade descoberta não a teria ferido tanto.

Porém somente com a retirada de todos os véus que encobriam seu nascimento e os fatos que se desenrolaram após este dia é que tornou possível a quebra da maldição.

Para que este ?milagre? acontecesse foi preciso uma lição que lhe passou despercebida em sua primeira vivência: a força do amor. Do seu pai, sua mãe, sua irmã e sua Alma Gêmea. Além do amor do seu algoz.

Existem várias maneiras de se demonstrar o amor, mas somente uma que importa: como você o senti dentro de si mesmo. O pai da Analy era um típico pai espanhol que acha que se educa uma filha na base do cinto (coisa que acontece em várias partes do mundo até hoje), mas que foi capaz de dar uma demonstração de amor tão forte que muitos pais hiper amorosos não seriam capazes de fazer.

Temos o algoz Juan que conseguiu fazer com que tenhamos uma esperança no futuro da humanidade, pois mesmo aquele que está destinado a ser o portador do mal também pode ser tocado pela força do amor.

Essa viagem que a Analy fez ao passado pode ser vivenciada por qualquer pessoa, pois o portal para este mundo é a nossa mente. Muitas vezes precisamos reviver o passado para cortarmos os laços que nos prendem a determinado momento de nossas vidas para assim podermos seguir em frente rumo ao nosso futuro.

Não poderemos mudar o que aconteceu, mas poderemos aprender a lição que deixamos passar em branco por não estarmos prestando a devida atenção.

Nós estamos vivendo numa época onde o ser humano esqueceu como é ser criança, pois deixou de acreditar na magia.

Vozes do Silêncio traz as respostas que muitos preferem nem mesmo fazer as perguntas. Este romance nos conecta com a força mais poderosa que existe no planeta: o amor.

Cheguei ao final da leitura completamente encantada com o casal e torcendo muito para que o amor deles fosse possível (acredito que nesta vida absolutamente nada acontece por acaso e Deus não permitiria que a chama do amor se acendesse entre eles se não pudesse ser queimada e vivenciada até o fim).

Recomendo esta leitura para todos que estão precisando aprender a ouvir as vozes do silêncio. Elas são fortes e nos trazem ensinamentos edificantes.




***

Alguns termos ciganos:

Thie Avel hertô - Que Deus te salve e guie!

Nais tuke - obrigada

Gestena - obrigada

Me Volis Tu - Eu te amo

Kamav tu - Te amo

murri shukar - minha linda

tchumidau thio ilo - beijo no seu coração

morro volá - meu amor

O Manusha Khevelan tut! - O povo te faz dançar

Bartai Sastimos - boa sorte e boa saúde

Devlessa Araklam Tume! - É com Deus que te encontro!

Thie Aves Thiatlô Lom, Manrô Tai Sunkai! - Que você seja abençoado com o sal, com o pão e com o ouro!

Akana mukav tut le Devlesa - Eu agora deixo-o com Deus.

Ando gav bi zhuklesko jal o pavori bi destesko - Em uma terra sem cães os fazendeiros andam sem cajados

Baxt hai sastimos tiri patragi - Boa sorte e boa saúde

Bi kashtesko merel i yag - Sem madeira o fogo pode morrer

Devlesa araklam tume - É com Deus que te encontramos

Nais Tuke/Gestena - Obrigado

Devlesa avilan - Deus quem te trouxe

Dza devlesa - Deus vá com você

Droboy tume Romale - cumprimento tradicional, como um ?olá?

Feri ando payi sitsholpe te nauyas - É na água que se aprende a nadar

Love k-o vast, bori k-o grast - Dinheiro na mão, noiva no cavalo

Mandar tsera tai kater o Del mai but te aven tumenge -Para mim um pouco de dinheiro, para você Deus dê prosperidade

O manusha khelevan tut - O povo te faz dançar

Me Kom Te ou Me kom Tu - Eu te amo

Ne rakesa tu Romanes? - Você não fala Romany?

Mishto hom me dikava tute - Estou feliz em vê-lo

Hai Shala? - Você entende?

Hay Sheli - Eu entendo, eu concordo

Hery? - Verdade?

Miro Prala - Meu irmão

Miri Pen - minha Irmã

Latcho Drom! - Boa viagem, Bom caminho!

Klayi Jag - Fogo Negro





Um leve bater de asas para todos!!!!

Khrys Anjos
comentários(0)comente



Débora 07/05/2013

Resenha do Livro: Vozes do Silêncio
Lançamento na Bienal 2013 do Rio em Agosto pela MODO Editora: 100% Nacional - lido em parceria com a Editora para o projeto de divulgação dos Lançamentos para Bienal. Cedido para leitura em E-book

Coslada - Espanha, década de 60, época da Ditadura Militar, Guerra Fria, amores impossíveis, o sobrenatural sob a vida dos personagens principais da trama, tradição cigana, uma família envolvida em um mistério apavorante, e intrigante. Inveja, ódio, perseguição, revolução.

Analy – Uma linda, doce e ingênua jovem ruiva de olhos claros, sonhadora, que deseja estudar!! Que fora criada num sítio do interior pelos seus pais e sua irmã mais velha. Está descobrindo sua mocidade agora, louca pelos The Beatles, adora ouvir suas canções escondida num radinho à pilha que ganhara, era meio que proibido ficar ouvindo esses tipos de músicas, e grupos cantando, na atual conjuntura em que viviam! Outra coisa que era sua paixão: ouvir o programa de rádio do jovem Vidal de Lucca, por quem era apaixonada perdidamente e sonhava em um dia poder conhecê-lo!

Fernandes ( Pai de Analy) – Um cara um tanto quanto que mandão, austero....3

Adelita ( Mãe de Analy) – A mãe totalmente submissa ao seu marido Fernandes

Vina ( irmã mais velha de Analy) – Onde sempre se tem aquela irmã invejosa, que acha que a irmã tem mais coisas que ela, que acha que é a outra é a filha mais preferida....

Abuela Antonieta (vó de Analy) – É aquela avó que todas as pessoas adorariam ter! A avó que ajuda sempre que pode, que é super carinhosa! Aquela super avó! Abuelita morava na cidade, longe do sítio de Analy

Vidal de Lucca – É o Jovem radialista e um revolucionário, lutava com todas suas forças contra à repressão em Madrid, por quem Analy se apaixonara sem ao menos conhecê-lo pessoalmente ( até então).....

Juan – Era aquele cara que tinha posses, havia feito faculdade, era à favor da ditadura Espanhola e queria ser namorado de Analy.

Diego de La Veja: Ditador

Havia uma cigana que aparecia para Analy e Vidal – cigana misteriosa

Uma história envolvente, intrigante, onde tudo é o que não parece ser, onde você mal consegue fazer suposições, ou até faz, mas ao ler mais e mais páginas você vê que supôs errado! Leitura de fácil entendimento, onde a autora conseguiu criar uma trama bem bacana, uma narrativa maravilhosa, formou todos os personagens cada um com uma história mais sensacional que a outra!

Minha matéria preferida na época de escola, ensino fundamental e médio era História, e o livro da Adriana, foi muito bem elaborado e conduzido em relação como foi contado sobre a história da ditadura, sobre os revolucionários, sobre os estudantes se reunindo escondidos para tentar fazer algo contra esse governo que impunha certas atitudes que muitos não queriam ser obrigados a concordar, não queriam viver com medo, queriam ter e lutar pela liberdade de expressão! Queriam dizer NÂO à revolução!

É contado de forma bem bacana a tradição cigana, que é iminente naquelas regiões da Espanha!

Uma história com um tema adulto abordado bem sutilmente, nada de cenas muito calientes, porém há cenas de tortura, de morte....

Estou aqui tentando com muita calma não dar spoiler gente!! Pois a história é realmente sensacional!!

No início do livro Analy está num manicômio, onde uma cigana novamente aparece para ela, e ela vê sua irmã Vina também! A Cigana lhe dá a oportunidade de voltar ao passado e modificar algumas situações que aconteceriam, e ela teria que fazer uma escolha por amor, para que tudo fosse diferente!

É quando Analy aceita esse pedido da Cigana, e tem toda a história contada, Analy volta ao passado e revive pela segunda vez certas coisas na vida dela, ela poderia modificar muitas coisas que estava prestes a acontecer!

É contada a história dessa linda e doce jovem e de sua família, que é envolta por vários mistérios, que fiquei boba, boquiaberta!

A Cigana aparece para Vidal e entrega à ele uma estrela de metal de 5 pontas e pede para que ele entregue o objeto para uma certa moça, pois ela estaria passando por momentos bem delicados e difíceis e precisaria desse objeto, e precisaria dele também, com as mesmas características da jovem Analy, ele ficou bem intrigado com a aparição dessa Cigana, sem saber se ele realmente teria contato com essa moça, mas ela disse que no momento certo, ele teria a convicção de quem seria a tal moça....

Analy sofria nas mãos de seu pai, onde sua mãe nada poderia fazer além de acatar as ordens de seu marido! Ele tratava suas filhas de um modo muito severo, batia nas meninas, principalmente em Analy, e até em sua esposa!

De um certo modo Vidal conhece a Analy e sabe que era essa a moça que a cigana tanto lhe falara, que chegou a pensar que era loucura, mas não a tal jovem realmente existia! Era real! E soube que era ela que tinha que tentar ajudar e dar o tal objeto para que lhe protegesse de alguma coisa que não sabia!

Juan pediu Analy em namoro, não era ele quem Analy amava, era Vidal.... mas seu pai aceitou que Juan namorasse com ela e seria um casamento por conveniência, e ela não tinha muitas escolhas.... Vina ficou com ciúmes dessa relação, já que o pai conseguiu um namorado para sua irmã que era rico, bonito, tinha posses, dava muitos presentes para Analy como carro, e aulas de direção, vitrola com discos de suas bandas preferidas, roupas, e ela tinha somente um namorado pobre!

Depois dessa trama toda envolvida entre os relacionamentos de Juan, Analy e Vidal, é aí que a história começa a pegar fogo, e vir todos os segredos a tona da vida de cada um! Gente vocês têm que ler, vou deixar o link do book trailer do livro, e vou parar de falar pois um spoiler aqui seria um crime!!!!!!!

Link do Book Trailer: http://www.youtube.com/watch?feature=player_embedded&v=IkFkDBRHmzg

Super indico esse livro, com uma história fantástica!

Quer conhecer os personagens? Dê uma espiada nessa página aqui: http://adrianavargas.webnode.com/products/vozes-do-sil%C3%AAncio1/

Mais uma vez a Adriana Vargas está de Parabéns por mais uma história contada de forma bem bacana, e gostei mais ainda porque cada livro dela é contada uma história diferente, não é repetitiva, tem criatividade de sobra! Mais uma vez me mandou 3 canções para acompanhar a leitura do livro!! Obrigada Dri!

Espero que tenham gostado, e que eu tinha aguçado a curiosidade de vocês!!

Bjos e até a próxima resenha!

Por Débora Souza dos Santos ||Impressões de uma Leitora em 07 de Maio de 2013

https://www.facebook.com/ImpressoesDeUmaLeitora?fref=ts











Neiva 07/05/2013minha estante
Desde o dia que li a sinopse deste livro que meu coração dispara de vontade de lê-lo. Parabéns pela sua resenha!


"Ana Paula" 08/05/2013minha estante
Adorei a resenha, tbm estou fascinada por este mundo que a Adriana criou.

bjo^^




24 encontrados | exibindo 1 a 16
1 | 2