Por Você Eu Faço Tudo

Por Você Eu Faço Tudo Elizabeth Bezerra




Resenhas - Por você eu faço tudo


17 encontrados | exibindo 1 a 15
1 | 2


Lizete_Silva 23/12/2018

Gostei
Sempre gostei de Paige nos livros anteriores, e por isso fiquei muito feliz com um livro só dela. Apesar de parecer ser uma mulher forte e decidida, ela demonstra, em sua história, suas inseguranças e vontade de encontrar o amor. Richard está passando por um momento difícil e usa o relacionamento com Paige para provocar sua família, mas após um tempo descobre que se apaixonou por ela. Após vários maus entendidos e muitas brigas, os dois conseguem superar suas inseguranças e vivem seu amor.
comentários(0)comente



Eugenia.Pimenta 16/11/2018

Série new York
O quarto livro da série conta a história de Richard e Paige. Tbm gostei muito da história deles.
comentários(0)comente



Andrea 28/06/2018

Só consegui terminar pq fiz uma "leitura dinâmica", que luvro repetitivo, chato, fraco.... tive a impressão de que a autora não sabia o que escrever, então ficou enrolando e repetindo cenas de sexo; tudo bem que é um livro hot, mas tem que fazer algum sentido. Não gosto de abandonar uma leitura, mas não sei se tenho coragem de ir para o próximo livro
comentários(0)comente



Dayane.C Silva 05/12/2017

muito bom
Ate o momento eu achei o melhor da série, eu amei a Paige ... ela é forte, durona e não deixa barato. A história flui muito bem e você consegue ler bem rápido. Muito bom.
comentários(0)comente



spoiler visualizar
comentários(0)comente



Blog De Bem Com a Leitura 09/05/2017

Atualmente, Paige mora em um prédio que está praticamente caindo aos pedaços e trabalha como dançarina em um clube noturno. O dinheiro que pega mal dá para pagar as contas então ela está sempre aceitando alguns bicos. A melhor amiga de Paige, a Jennifer, mora no mesmo prédio e as duas se ajudam e seguram as pontas uma da outra.

Mas se a situação está ruim para ela hoje em dia, há alguns anos já foi muito pior. Paige foi abandonada pela mãe e cresceu em um orfanato, depois, quando precisou se cuidar sozinha, passou por momentos muito difíceis. O pior de todos foi descobrir que a sua melhor amiga e o seu namorado a roubaram e fugiram juntos, justamente no dia em que havia acabado de perder o emprego. Ela ficou destruída, mas teve que juntar os seus caquinhos e encontrar um novo emprego e um novo lugar para morar.

Richard é membro de uma das famílias mais tradicionais de Nova York, é um homem lindo e sensual, rico e está no controle dos negócios da família com o seu irmão. A vida dele era bem regrada e Richard sempre fazia aquilo que os outros esperavam dele. Richard e Patrice estavam juntos há muito tempo e por achar ser o certo, ele decidiu pedi-la em casamento; mesmo o relacionamento entre eles sendo totalmente frio e metódico.

No dia em que ele faria o pedido, descobriu que Patrice o estava traindo. Esse episódio foi o estopim para que ele libertasse o bad boy dentro dele. Richard resolveu dar voz aos próprios pensamentos e a fazer aquilo que tinha vontade. Certa vez, foi em um clube noturno e uma das dançarinas lhe despertou interesse.

Paige é dançarina de boate mas não sai com clientes, é comum que a confundam com uma prostituta e ela sempre deixa bem claro que não é; quando o Richard se interessou por ela não foi diferente. A mãe dele o estava pressionando para voltar com a Patrice e esquecer a traição, quando Richard conheceu Paige ele pensou em contratá-la para fingir ser a sua noiva, além da atração que sentiu por ela, claro.

Por tudo o que Paige já sofreu, ela é desiludida e bem durona. Ela também se atraiu por ele mas não deixa isso transparecer, prefere aceitar o contrato e fingir ser a noiva dele mas com a condição de que eles não tenham intimidades. Com o passar do tempo eles vão percebendo que os sentimentos de um pelo outro vão além do contrato e que poderiam ser um casal de verdade. Mas são tantas barreiras que eles enfrentam fingindo serem noivos que se fossem mesmo talvez não desse certo.

Leia mais no link > http://vocedebemcomaleitura.blogspot.com.br/2017/05/resenha-por-voce-eu-faco-tudo.html

site: www.vocedebemcomaleitura.blogspot.com.br
comentários(0)comente



Aline.Brasil 11/04/2017

Muito bom!!!
Apaixonda por este livro, pela estória e pelo lindo e encantador casal Richard e Paige. Me conquistaram. Assim como Neil e Jennifer.
comentários(0)comente



Leila 10/04/2017

Amei
A estória da Paige e do Richard é linda, quente e divertida. Bem mais leve que a do Neil e Jenny ... e já imaginava vários coisas devido aos dois primeiros livros... mas é muito bom ver a versão deles ...Ri muito desse casal ... Será que teremos mais deles nos próximos livros ??
Amando a série...
comentários(0)comente



Momentos da Fogui 22/12/2016

Momentos da Fogui
Leia a resenha no blog:

http://foguiii.blogspot.com.br/2016/05/serie-new-york-03-por-voce-eu-faco-tudo.html

site: http://foguiii.blogspot.com.br/2016/05/serie-new-york-03-por-voce-eu-faco-tudo.html
comentários(0)comente



spoiler visualizar
comentários(0)comente



Uiara 24/10/2016

Paige, a melhor personagem.
Eu sabia que Paige seria a melhor personagem da série, quando li o primeiro livro a minha empatia por ela foi imediata, afinal de contas, ela é daquelas que sempre resolve tudo, que tem resposta para tudo e que não leva desaforo para casa.
Um gênio difícil, talvez seja esse o motivo de gostar tanto dela, por sermos muito parecidas.
Mas ao entrar em seu universo, aprendi muito mais com ela, e algumas vezes me peguei chorando. Sabe aquela coisa, das pessoas sempre acharem que você é forte, e por isso consegue suportar tudo? Essa é a realidade da Paige e isso me doeu algumas vezes.
Sobre o romance só lendo para saber, não vou dar spoiler, mas recomendo com toda certeza.
Eu não me arrependo um só minuto de ter pulado um livro da série e ir conhecer a história de Paige e Richard.

Paige eu já sabia disso, mas agora digo com toda certeza: Você é a minha garota favorita!
Elizabeth 30/04/2017minha estante
???




Carolina Durães 14/09/2016

O prólogo é narrado em primeira pessoa por Paige e se passa dois anos antes na Pensilvânia. Paige trabalha na lanchonete do Harry e divide o apartamento com Mary Anne e o namorado John. Crescendo no sistema de adoção, Paige abriga Mary Anne, uma garota que passou pelo sistema com ela. Ao abrir as portas de sua casa, ela recebe o maior golpe de sua vida: seu namorado e sua amiga somem com todo o seu dinheiro e móveis, deixando-a desabrigada e sem apoio.
Dois anos se passaram e Paige está em NY, trabalhando no clube Seduction às noites e sendo babá de cachorros durante o dia. Ela e sua vizinha Jenny (protagonista do livro 01) são irmãs de alma, duas jovens que se unem e cuidam uma da outra. Muitos enxergam Paige como uma pessoa inacessível e friamente direta, mas essa é uma fachada que ela usa para se proteger e ao seu coração despedaçado.
Richard é um engenheiro e vice-presidente da Construtora Delaney. O nome da família é o que mais importa a sua mãe e ao seu irmão mais velho Charles. Quando ele flagra sua noiva Patrice traindo-o, ele termina o compromisso, para o horror da sua família. Cansado das cobranças intermináveis da família, Richard decide que é hora de dar uma lição em todos.
Uma noite ele vai assistir a uma apresentação de Paige no clube Seduction e sente-se fortemente atraído por ela. Além da atração, ele decide que a jovem é a personificação de tudo o que sua mãe detesta e propõe a Paige passar-se por namorada dele.
Paige precisa de dinheiro para ir para um apartamento mais seguro para ela e Jenny então aceita a proposta. O problema é que as linhas entre atuação e realidade ficam borradas e os dois começam a questionar o acordo.
Richard é inteligente, bonito, rico e engraçado. Ao contrário do que estamos acostumados a ler, ele não está a procura de casos e sim de um relacionamento duradouro. Por isso a traição de Patrice o desestabiliza e ele decide que é hora de aproveitar a vida. Paige é uma lufada de ar fresco. Divertida, inteligente, meia maluquinha e leal ao extremo a aqueles que ama. Os dois se complementam muito bem pois suas personalidades tem energias diferentes. Ele é mais tranquilo enquanto que ela é mais aventureira. Ele é mais romântico enquanto Paige é mais pé no chão. É o equilíbrio perfeito!
Em relação à revisão, diagramação e layout foi realizado um bom trabalho. Existem inúmeros errinhos de digitação, como por exemplo nas páginas 30,180,402 e 452.


site: http://www.acordeicomvontadedeler.com/
comentários(0)comente



Fogui 30/05/2016

Série: New York 03 - Por Você Eu faço Tudo - Elizabeth Bezerra
Título original: Por Você Eu faço Tudo
Autor: Elizabeth Bezerra
Série: New York 03
Editora: Bezz
Ano: 2014

Sofrência… não sei o que escrever sobre Richard e Paige sem parecer piegas. É obvio que é um dos casais mais quentes e loucos que já li. Por isso e muito mais, é um livro delicioso, com milhões de cenas divertidas, hot e porque não dizer comoventes. Básico, básico… tô sofrendo para escrever sem dar um monte de spoiler.

Vamos lá, um casal de personalidade forte, já conhecemos Paige dos volumes anteriores, então já sabemos o que esperar da surtada e única amiga de Jenny. Em compensação não temos muitas informações sobre o lindo e rico Richard. Meu bem, aí é que as coisas começam a ficar good...

Quer ler a resenha completa e muito mais, visite o blog Momentos da Fogui:

site: http://foguiii.blogspot.com.br/2016/05/serie-new-york-03-por-voce-eu-faco-tudo.html
comentários(0)comente



Samara 01/05/2016

Uma revisão gramatical é necessária. Acho que houve exagero de cenas hots. Tudo que é demais enjoa. Também achei o número de páginas excessivas. Agora vou falar das qualidades: o casal tem química, apesar de ter imaginado como seria Paige e Neil juntos. Talvez fosse interessante e definitivamente explosivo. Gostei da personalidade da Paige. Muito legal a amizade entre ela e Jenny. Richard é dominador e ao mesmo tempo um fofo. Embora ele deteste esse adjetivo. Foi melhor do que eu esperava. Torço para a autora escrever uma história para o Peter.
comentários(0)comente



Rosângela Alves 08/03/2016

Absurdamente Maravilhoso!
O mês de março, mês do meu aniversário, começou muito bem, obrigada.
Esse livro da Elizabeth Bezerra foi muito mais que um presente. Ele me fez sair de uma maré de livros ruins que vocês não têm noção. Nada estava me prendendo, e minha chatice literária estava tão elevada que nem eu mesma estava me suportando. Mas esse livro chegou com tudo.

Iniciei sem muitas expectativas, para não me decepcionar com nada.
Primeiro, porque eu nutria uma certa antipatia pela Paige. E não me julguem, porque tudo isso é culpa do Neil. Ele, inicialmente, não foi com a cara dela, e eu segui pelo mesmo caminho. Não imaginei que essa mocinha fosse uma pessoa tão bacana e especial. E como sempre acontece comigo, levei um baita tapa no meio das fuças, pra deixar de ser besta.

Paige é uma porra louca.
Como também faço parte desse time de pessoas com alguns parafusos a menos, deveras surtada, logo me identifiquei.
E sua história de vida é emocionante. Como eu tive uma infância igualmente sofrida, minha empatia por ela cresceu absurdamente. Não passei por orfanatos, graças a Deus, mas sei o que é conviver com um pai alcoólatra, que espanca esposa e filho. Sei o que é conviver com um padrasto que também tem o vício da bebida. Gente, não é fácil. A bebida fode com o psicológico de qualquer criatura. Então, ler sobre o passado dela foi o mesmo que mexer em velhas feridas. Passei a enxergá-la com outros olhos. Percebi que por trás daquela imagem de mulher louca e independente, existia uma menina sensível e extremamente carente. Uma guerreira, uma sobrevivente, que conseguiu reunir os caquinhos da vida dela, para seguir em frente. Tinha tudo para trilhar caminhos errados, mas deu a volta por cima.

Não sei se esse livro vai tocar você da mesma maneira que tocou em mim, mas fiquei bem sensibilizada, e derramei muitas lágrimas, lembrando de minha própria história de vida.
Além do lado guerreira, você também vai conhecer a Paige amiga e parceira fiel.
Duvido muito que alguém não passe a amar loucamente essa mocinha, depois de conhecê-la um pouco melhor. Continuo gostando da Jenny, mas agora amo muito mais a Paige. Ela é linda, marcante e inesquecível.

E sabe o que mais me deixou apaixonada nessa história toda? Paige Fisher não é uma boboca.
Possui personalidade forte, e ao contrário de muitos livros por aí, onde o mocinho é sempre o macho alfa da relação, posso afirmar que o único boboca dominado dessa história foi o Richard. Dominado, apaixonado, e que se entregou totalmente, de corpo, alma e coração, para essa mulher incrivelmente forte, que o transformou em um homem muito melhor. E todo carinho e cuidado que ele dedicou ela, foi o que acabou comigo.
Quem nunca desejou um homem desses, totalmente dedicado e apaixonado, não é mesmo?

Sobre Richard Delaney...
É difícil pensar nele sem sentir aquele aperto no coração. Aperto de saudade.
O cara é rico, inteligente, bonito, gostoso, mas acima de tudo, humilde e muito fiel.
E consegue ser fofo da primeira até a última página.
Inicialmente, após uma grande decepção amorosa, tentou passar a impressão de que seria um garanhão comedor, do tipo insensível que não se apega, mas nada disso aconteceu. O homem só precisava conhecer alguém por quem se apaixonasse perdidamente. E vê-lo lutar contra esse sentimento novo e assustador, foi muito bonitinho.
A mistura dele, um cara extremamente centrado, com uma bomba chiando como a Paige, foi muito engraçado. Eles foram feitos um para o outro.
Richard apaixonado é tão lindo, que faz qualquer mulher ficar babando em cima do livro.

E vou te contar um segredo: Elizabeth Bezerra, com seu jeitinho meigo, tímido e modesto de ser, conseguiu ser ainda mais perfeita nas cenas quentes. Como sempre, sem muitos exageros; tudo na medida certa. Tenho o hábito de pular cenas de sexo, mas as cenas desse livro foram tão bem escritas, que tive que ler aos poucos, degustando, sentindo todas as emoções dos personagens. E foi incrível, perfeito. Esqueci do mundo e foi como se eu estivesse dentro da história, vivendo tudo aquilo. Subi pelas paredes, literalmente, imaginando o gostosão do Richard em algumas situações. Vocês, assanhadas de plantão, já podem imaginar, não é mesmo? Não tem como eu explicar com palavras, porque vocês precisam ler pra entender tudo isso.

Enfim, esse romance é um verdadeiro turbilhão de emoções, e me fez desejar que nunca chegasse ao fim. Foi sofrível ler os últimos capítulos, porque eu não queria me despedir dos personagens.
Essa história me fez sorrir, se emocionar, odiar e amar. Fiquei ainda mais apaixonada por essa série.
Amei o Neil e Jenny, mas o Richard e a Paige conquistaram ainda mais o meu coração.

Agora só me resta esperar pela história dos outros casais. Porque todos os personagens dessa série são instigantes, e estou bem curiosa para saber o que vem por aí.
E a minha ansiedade maior é para conhecer o Adam.
Todo mundo sabe da tara que eu sinto por Advogados, então, ele sempre esteve em minha mira desde o primeiro livro da série. Mas quero deixar bem claro que vou infernizar a nossa querida Autora, para que escreva sobre o Liam, Peter e, acredite, fiquei encantada até pelo Charles, irmão do Richard. O cara é um puto insuportável, igualzinho a mãe, mas até que nos capítulos finais ele conseguiu amolecer meu coração. Então, por que não? Sim, quero uma história para o Charles, também!

POR VOCÊ EU FAÇO TUDO, vai para a listinha dos melhores livros de 2016.
Se recomendo?
Com força!

site: http://leitoraemacao.blogspot.com.br/2016/03/por-voce-eu-faco-tudo.html
comentários(0)comente



17 encontrados | exibindo 1 a 15
1 | 2