O Garoto No Convés

O Garoto No Convés John Boyne




Resenhas - O Garoto No Convés


149 encontrados | exibindo 1 a 15
1 | 2 | 3 | 4 | 5 | 6 | 7 |


MahFrozen 07/06/2020

O garoto no convés
Sempre ouvi falar muito bem de John Boyne, e tenho muita vontade de ler O Menino do Pijama Listrado, mas tive a felicidade de ter este livro resenhado como o primeiro que leio deste autor.

O tema do livro em si não me atrai muito: navegações, mar, marinheiros, capitão. Mas a história fala em si de esperança e otimismo, coisa que aprecio demais nos livros.

Conta a história de Turnstile, um ladrãozinho barato (e outras coisas mais profundas sobre ele) que troca 12 meses de cárcere por 2 anos navegando como criado do capitão de um navio.

O livro tem seus altos e baixos. Tinham momentos em que eu ficava olhando no relógio e olhando o número de páginas para saber se já dava para largar (afinal tenho meta de páginas por dia), e em outros momentos eu nem sequer percebia que já havia passado da cota diária. Mas é engraçado porque o próprio Turnstile, que narra o livro, deixa bem claro que toda a história seria assim mesmo. E isso que ele pula vários dias da navegação por conta de não ter nada de interessante para contar...

O problema mesmo foram nas últimas 100 páginas. Foi quando eu realmente não conseguia largar. A princípio, a ideia era dar 3 estrelas para o livro, mas as últimas 60 páginas mais ou menos valeram o livro inteiro e renderam mais uma estrelinha na avaliação final.

Eu chorei, me alegrei e senti medo. Me comovi muito com o capitão, e fiquei impressionada com a bondade de tal. Mas é como Turnstile diz no livro: fica em prol da pessoa a opinião que ela terá sobre o capitão. Afinal, para muitos ele foi o vilão e para outros ele era o herói. Pra mim, todo herói tem um pouco de vilão dentro de si, e toma decisões que podem deixar muitas pessoas com raiva, mas no fundo é sempre para o bem de todos. Então o capitão é o herói, na minha opinião.

Recomendo a todos lerem o livro e depois me digam se o capitão é ou não um herói.
comentários(0)comente



Jú Rodrigues 25/05/2020

Uma aventura épica.
Não achei que ficaria tão presa ao jovem John Jacob quando iniciei a leitura. Mas uma aventura é sempre uma aventura, em alto mar, é ainda melhor. E a evolução da narrativa do garoto que sob as intempéries da vida e do mar, se transforma em homem, é louvável e fascinante. É um livro divertido, reflexivo, e memorável.
comentários(0)comente



Mari 13/05/2020

O Garoto No Convés
Um ótimo livro, a escrita é fluída e envolvente e eu gostei muito de conhecer a história pela visão do jovem personagem. Seus comentários eram ótimos de acompanhar. Para mim valeu muito a pena!
comentários(0)comente



vaness 28/04/2020

O que falar....
Eu poderia vir aqui e escrever algo imenso para mostrar o que eu senti e vivi lendo esse livro, mas perderia toda a graça para os futuros leitores.
John Boyne escreve com maestria todas as palavras e se confirma como meu escritor favorito, esse livro só pode ser definido a partir da leitura e contemplação da obra, assim como suas outras escritas.
Uma recomendação maravilhosa para todos.
comentários(0)comente



Taisa 21/04/2020

Acredito que um dos livros que me deu um misto de sensações. Angústia, tristeza, reflexão sobre os mais frágeis, mas também muitos sorrisos, gratidão e um grande abraço em meu coração. Se vc quer viver isso junto com uma aventura e tanto. Leia!
comentários(0)comente



Bruna 02/04/2020

Um livro com uma riqueza de detalhes e uma história extraordinária! Vale muito a pena (apesar de bem extenso!)
comentários(0)comente



Nanda 25/02/2020

Excelente
Aquele livro que fiquei pensando pq demorei tanto p ler.
Quando comecei a leitura não conseguia mais parar de ler.
Recomendo muito. Adorei conhecer a história de Tutu rsrs
comentários(0)comente



Biblioteca Álvaro Guerra 21/02/2020

. É pela voz desse adolescente insolente e sagaz, mas ao mesmo tempo frágil e ingênuo, que o leitor acompanhará uma viagem repleta de intrigas, tempestades intransponíveis, cenários exóticos e lições de lealdade, paixão e sobrevivência.

Empreste esse livro na biblioteca pública.

Livro disponível para empréstimo nas Bibliotecas Municipais de São Paulo. Basta reservar! De graça!

site: http://bibliotecacircula.prefeitura.sp.gov.br/pesquisa/isbn/9788535925616
comentários(0)comente



spoiler visualizar
comentários(0)comente



Ogando 21/02/2020

O Garoto do Convés
Acompanhando a vida de um jovem ladrãozinho embarcamos em um navio rumo ao Otaite, aventura onde ele ia se descobrir e se conhecer como nunca.
comentários(0)comente



Matheus 02/02/2020

Maravilhoso
Fazia tempo que não lia um romance com personagens tão ricos e um enredo tão envolvente.
À bordo do Bounty, o autor nos insere em uma aventura cheia de nuances e idas e vindas. Momentos tensos, momentos engraçados e momentos comoventes.
Me fez rir, me fez não querer parar de ler em alguns momentos, e me comoveu no final.
Excelente.
comentários(0)comente



Bano 31/01/2019

Leitura obrigatória para quem ama ação e aventura
Incluí este livro nos meus favoritos. Sim, amei o livro, mesmo já conhecendo a história, pois já tinha visto (mais de uma vez) todas as versões feitas para cinema sobre o motim no navio Bounty. Também já tinha lido de Charles Nordhoff e James Norman Hall que serviu de inspiração para os roteiros dos filmes. A novidade deste livro de John Boyne é que toda a história é narrada por um adolescente fictício. Não encontrei uma página que tenha me deixado entediado, nem mesmo na metade final, quando o autor narra os vários dias em que o capitão e outros 18 homens, dentro de um pequeno barco, tentam sobreviver após o motim. Leitura deliciosa, recheado de humor, diálogos criativos e inteligentes. O único ponto negativo é o infeliz título brasileiro. Este foi o quinto romance escrito (lançado no ano 2008) por John Boyne. Recomendo a leitura, vale a pena.
comentários(0)comente



Ely 28/12/2018

Que grande aventura, John Jacob Turnstile!
Estou pensando agora em dois momentos distintos: quando ele era um menino pedinte, estendendo a mão para o sr. Lewis, e o final, tudo que ele conseguiu (merecidamente). Uma vida de grande inspiração. Bate aquela tristeza pelo fim da história (escrita), mas ao mesmo tempo é regozijante saber que ele conseguiu chegar onde chegou, é emocionante. Como eu queria conhecê-lo e chamar por Tutu, só pra ver a cara emburrada dele por causa do apelido. Em todos os momentos em que estava fraco, "um rapazinho de dezesseis anos que não tinha para onde ir", só dava vontade de entrar na história e oferecer todo o apoio possível; mas tinha alguém lá que também se preocupava com isso: o Capitão Bligh, outro com uma coragem incrível cujo relato também serve de inspiração e um exemplo de Capitão diferente do que costumamos ouvir. Não posso esquecer também do sr. Zéla, que teve a ideia para o início de toda essa história; e do sr. Fryer, sua lealdade não será esquecida. Depois de tanta tristeza, decepção, conhecimento, aprendizado e tragédia, é gratificante ver o crescimento do personagem diante dessas situações extremas e o laço que foi criado entre alguns. Umas reflexões sobre escravidão aqui, de guerra por terra ali, e no meio disso tudo a aventura que eles viveram. Posso afirmar: foi um grande prazer ter lido.
Já me recomendaram vários livro de John Boyne, esse foi o primeiro que li. Quanto a escrita, não tenho reclamações. O autor sabe lhe envolver na história e na vida de cada um presente, desde os principais até os secundários com seus pequenos comentários. Vi que foi uma história real, e isso sempre me deixa com um sentimento que não consigo decifrar, além da vontade de ler cada relato a mais do ocorrido para saber os detalhes; não que o relato do Capitão Turnstile (CAPITÃO TURNSTILE! ♥) deixe a desejar, é claro, apenas curiosidade mesmo. Aliás, se ele tivesse renovado seu estoque de tinta e escrito suas milhares de páginas com as outras vivências, no mar e em terra, já estaria em busca de todas para uma boa leitura.
Que grande aventura, Tutu. Que o destino tenha lhe oferecido muito mais oportunidades até o fim e além.
comentários(0)comente



Eduardo.Ribeiro 14/09/2018

A história do tutu é umas das melhores que já li, tanto que repeti a leitura algumas vezes.
comentários(0)comente



Leticia.Zloccowick 10/07/2018

Grande história , ótima leitura !!
Muito interessante a mistura de fatos reais sobre a história do Bounty e a ficção criada pelo autor. A narrativa prende a atenção e surpreende mesmo quem já conhece a história real. Com riqueza de detalhes me fez sentir dentro do navio durante vários momentos. Gostei muito, não conseguia parar de ler !!
comentários(0)comente



149 encontrados | exibindo 1 a 15
1 | 2 | 3 | 4 | 5 | 6 | 7 |