Crepúsculo

Crepúsculo Stephenie Meyer




Resenhas - Crepúsculo


1656 encontrados | exibindo 1 a 15
1 | 2 | 3 | 4 | 5 | 6 | 7 |


cíntia.félix 27/06/2017

Crepúsculo
Quando Isabella Swan se muda para a melancólica cidade de forks e conhece o misterioso e atraente Edward Cullen, Sua vida dá uma guinada emocionante e apavorante. Com a pele de porcelana, os olhos dourados, uma voz hipnótica e dons sobrenaturais, Edward é ao mesmo tempo enigmático e irresistível.
O que Bella não percebe é qu, a medida que se aproxima dele, maior é o perigo para ela e para os que a cercam; e pode ser muito tarde para voltar atrás...
comentários(0)comente



Amanda 24/06/2017

Não se deve esperar de crepúsculo mais do que ele é, leitura fácil, fluida, e empolgante, na época li sem parar, ia trabalhar querendo chegar em casa logo pra ler mais um pouco. Você consegue fazer parte da história e se colocar no lugar da protagonista principalmente se tiver entre 13 e 17 anos.
comentários(0)comente



Vi 09/06/2017

Melhor que o filme, surpreendentemente bom
Comecei a ler "Crepúsculo" com um preconceito enorme, pois simplesmente detestei os filmes. A ideia do vampiro brilhar e boa parte do drama eu ainda não gosto; mas admito que muitas coisas me impressionaram e melhoraram demais minha visão sobre a história - pelo menos a do primeiro livro.

A maioria das pessoas conhece a história do livro, mas resumirei mesmo assim. O livro se passa boa parte com Bella, uma garota relativamente tímida, se apaixonando por Edward, um rapaz da mesma escola que ela e um vampiro. Ela está numa cidade nova que não gosta, mas começa a sentir a atração por Edward motivá-la em seus dias. Vemos a insegurança dela e dá pra sentir o interesse crescendo. O livro progride conforme Bella junta as peças até entender/descobrir quem, ou o que, é Edward. E quando ela o conta é uma das melhores cenas - E NADA A VER COM A DO FILME, deixemos bem claro, pois é um dos pontos positivíssimos.

Desde o início, ela tenta entender o que faz Edward agir de forma tão estranha e aleatória como faz e chegam a brincar de Bella inventar teorias - como ele ser uma versão de Peter Parker - rsrs. Edward a incentiva a continuar pensando e criando novas teorias. E é assim que ela diz para ele que sabe. Vai apresentando os fatos que ela reuniu como uma das tantas teorias que ela imagina sobre ele. É uma conversa muito descontraída dentro do carro dele - porque, afinal, você não vai pra FLORESTA, SOZINHA, com um VAMPIRO, que você sabe que quer CHUPAR SEU SANGUE. A Bella no livro é menos retardada.

Também no livro, explica porque ela tem poucas reações ao descobrir tudo sobre ele. Bella é mostada cmo uma pessoa que não entra em choque ou surta facilmente. Ela se adapta muito bem às situações que vão aparecendo. É uma pessoa que consegue se controlar em situações estressantes. Conhecem a cena em que caras a encurralam, no filme, e Edward a salva? Logo depois, ele a leva ao restaurante para ela jantar esperando que a qualquer momento ela entrará em choque e desmaiar. Mas ela não faz isso e ainda assegura pra ele com muita tranquilidade que não vai acontecer. Gostei desse esclarecimento.

É interessante ver a narrativa, pois é em primeira pessoa no passado, o que dá um tom de história acabada. A Bella que narra, não é a Bella que age na história, é alguém que já sabe de tudo que aconteceu. Embora eu tenha odiado o jeito dramático e quase sempre autodepreciativo com que ela fala - que dá nos nervos de verdade - gostei de como a Bella se expressa e narra. Me cativou mais do que eu esperava. Terminei o livro em pouquíssimos dias.

O livro possui um romance em que a paixão é rápida, mas a relação em si, não. Eles demoram a conhecer um ao outro e, quando o fazem, vem o segundo clímax da história: um vampiro caçador que decide fazer de Bella sua próxima vítima só pelo esporte. Isso é bem no final, lá pelo 1/4 final e é muito bem elaborado. A família de Edward tem que protegê-la e vemos um real conflito entre vampiros e humanos; e vampiros e vampiros, pois há divergências na "dieta" também. E é tudo tão melhor que no filme, que estou muito satisfeita.

Outra coisa que gostei muito no livro foi saber que o Jasper aparece muito mais e também conhecer seus poderes influenciadores. Eu não tinha ideia. E é muito legal, esse personagem é sensacional e tem algo nele que te faz ficar particularmente curioso sobre ele. Amei o fato, também, da história da Alice aparecer - mais para o final do livro mesmo. É algo muito inesperado e interessante.

Bom, recomendo para quem gosta de um romance com um "quê" de fantasia, e para quem - obviamente - não liga para o fato do vampiro nessa história brilhar no sol (rsrs) ou que seja capaz de abstrair esse fato como eu e aproveitar o resto da história. Tenho que admitir que a cena que ele sai no sol é muito boa no livro e não fica tão banal e fadinha. Acho que isso me ajudou a aturar.


site: https://souldoslivros.blogspot.com.br
comentários(0)comente



Érika 08/06/2017

Nostálgico.
Eu me lembro da primeira vez que li esse livro.
Estudava ainda no Colégio Militar, e todas as minhas melhores amigas já haviam lido. Em sua maioria, estavam embriagadas pelo fabuloso Edward e, pra eu não ficar de fora, resolvi ler também.
Em um primeiro momento, a série me encantou e me permitiu viajar para muitos mundos diferentes. Dessa vez, foi mais nostálgico e menos imaginativa a leitura, mas valeu.
Apesar de hoje ver muitas falhas na escrita, muitos "furos" na história, muitos momentos que poderiam ser melhor explorados, muitas atitudes que discordo dos personagens, - enfim, muitos defeitos - a escrita da autora continuou cativante e a leitura manteve-se cativante.
Adorei retornar à minha adolescência, adorei o fato de continuar não gostando da Rosalie, de achar a Bella uma sonsa e de ser perdidamente apaixonada pela Alice e pelo Emmett (ok, por esse último é novidade - no primeiro livro).
A viagem desse livro foi incrível, pelas lembranças que ele traz. Adorei.
comentários(0)comente



- 19/05/2017

Resenha no blog Os Delírios de Consumo de uma leitora!
Isabela Swan é uma menina comum, que sai de sua cidade ensolarada, Phoenix, para ir morar com o pai em Forks, onde na maioria das vezes há chuva, neblina e frio.
No começo Bella não gosta muito do lugar nem do clima, e na escola há um menino que aparenta ,sem motivo algum, odiá-la, ele é Edward Cullen.

"Isso não podia ter nada a ver comigo. Até hoje ele ne me conhecia.
Eu o espiei mais uma vez e me arrependi disso. Ele agora me encarava de cima, os olhos pretod cheios de repugnância. Enquanto eu me afastava, encolhendo-me na cadeira, de repente passou por minha cabeça a expressão como se pudesse me matar."
(Pág. 26)

Bella acaba ficando cada vez mais frustrada por não entender a raiva de Edward, ela percebe que na escola ele só fica com o resto de sua família e que parece intimidar os outros colegas. Após algum tempo Edward admiti estar sendo rude com ela e se desculpa, mas para Bella ele continua sendo muito misterioso.
Em um dia, ao estacionar sua picape na escola Bella para para olhar as rodas do carro, quando uma van desenfreada vem em sua direção, a velocidade do carro não permitiria que ela escapasse já que estava presa entre duas traseiras de outros carros estacionados.

"Edward Cullen estava parado a quatro carros de mim, olhando-me apavorado. Sua face se destacava do mar de rostos, todos paralisados na mesma máscara de choque. Mas de importância mais imediata foi a van azul-escura que tinha derrapado, travado os pneus e guinchado com os freios, rodando como louca pelo gelo do estacionamento. Ia bater na traseira da minha picape e eu estava parada entre os dois carros. Não tinha tempo nem de fechar os olhos."
(Pág. 49)

Edward Cullen a salva, de um jeito extraordinário e ao mesmo tempo misterioso, deixando Bella mais confusa ainda, Por que ele a tratava com indelicadeza mas ao mesmo tempo se arriscou tanto para salvá-la? Como ele chegou perto dela tão rápido?
Edward não queria responder, é claro.

"Mais tarde, pensei em uma desculpa perfeita para eu ter agido naquele momento... Porque se eu não tivesse salvado você, se seu sangue fosse derramado na minha frente, não acho que poderia deixar de expor o que nós somos. Mas eu só pensei nessa desculpa depois, Na hora, só no que eu pensavara era: "Ela não"."
(Pág. 200)

Os mistérios entorno dos Cullen deixavam Bella cada vez mais fascinada por Edward, e sua presença a deixava segura. Aos poucos ele falava mais com ela, era gentil, engraçado, interessado em suas hisórias. Mas até onde ia isso? Por que ele falava que era perigoso ela ficar com ele? Por que as vezes ele dava a impressão que ela não voltaria a vê-lo?
E principalmente por que Bella ansiava tanto para estar com ele?

" - E então o leão se apaixonou pelo cordeiro... - murmurou ele.
Virei a cara, escondendo os olhos enquanto me arrepiava com a palavra.
- Que cordeiro imbecil - suspirei.
- Que leão masoquista e doentio. - Ele olhou a floresta sombreada por um longo momento e eu me perguntei aonde seus pensamentos o levavam."
(Pág. 201)

O livro me surpreendeu em quanto os personagens eram diferentes do que eu pensava, eu tinha apenas aquela visão do filme e agora vejo o quanto eu perdi por não ter lido antes.
Vale super a pena a leitura!

site: https://osdeliriosdeconsumodeumaleitora.blogspot.com.br/2017/04/16-resenha-crepusculo-de-stephenie-meyer.html
comentários(0)comente



Dani - @leituraazul 11/05/2017

「resenha: CREPÚSCULO | TWILIGHT
É um livro bom! Nos mostra uma forma diferenciada de "amor" proibido, desejo e tentação. Mesmo sendo um livro infanto-juvenil, podemos usar as referências em várias coisas e histórias que já vimos por aí. Fazia anos que tinha o lido, e resolvi vivenciar novamente esse mundo vampiresco de Bella e Edward. Um clichê que sempre será lembrado por todos. Quem não gosta, né?

site: https://www.instagram.com/leituraazul/
comentários(0)comente



Lari 07/05/2017

Um romance com um toque sobrenatural
Crepúsculo é essencialmente uma história de amor e romance, e você não vai encontrar uma trama secundária aqui, é um livro diferente e mais leve, mais fácil de ser lido e puro entretenimento pra quem gosta de romance e vampiros.
É claro que, como muita gente, eu também era super preconceituosa com a história antes de ler, minhas expectativas estavam super baixas e eu posso dizer com certeza que o que eu encontrei por aqui me surpreendeu de uma forma boa. Gostei da Bella, mais do que isso, me identifiquei com ela, principalmente por causa dos problemas psicológicos e da forma real com que a gente pode se enxergar na personagem; Edward também me agradou e assim como ela, eu gostei muito de ler sobre ele e sobre o romance dos dois.
É essencial você gostar desse casal pra gostar do livro, porque a história é sobre eles e o romance deles, e sobre as coisas que eles passam enquanto estão juntos e mais pro final, alguns desafios que têm que enfrentar, mas tudo em função da relação dos dois, então não espere muito mais (apesar de vermos a história de outros personagens da família de Edward ao longo do livro, e encontrarmos personagens muito interessantes por ali também).
É um livro bem clichê, não vou negar, estaria mentindo se dissesse o contrário, mas eu como uma boa apreciadora de clichês, não deixei de gostar por isso, devo frizar que o livro é bem escrito e a Stephanie me surpreendeu com isso, esperava menos por todo aquele preconceito que eu tinha anteriormente.
Para concluir, Crepúsculo pode não ser um dos melhores livros que você vai ler na vida, ou uma história super profunda e complexa, mas é bom à seu modo e divertido de ler, esqueça o filme e dê uma chance!
comentários(0)comente



Marco Jr. 05/05/2017

Bom, mas...
Bom livro. Escrita leve e história que agrada a maioria das adolescentes. Apenas não é meu tipo favorito de leitura.
comentários(0)comente



Danilo.Almeida 29/04/2017

Estava na moda...
O ponto fraco do livro é que ele gira em torno de uma personagem não muito interessante. Faz muito tempo que eu li, era na época que todo mundo estava lendo, e confesso que as partes mais legais eras as paginas que continha um pouco de ação e suspense. Enfim, é um bom livro para garotas entre 10 a 13 anos que estão no ensino fundamental.
comentários(0)comente



Nanda 14/04/2017

Crepúsculo
A história é focada na personagem Bella Swan, estudante do ensino médio. Ela tem pais separados e nas primeiras linhas da história, ela mora com a mãe numa ensolarada cidade chamada Phoenix. Sua mãe porém, quer acompanhar seu atual marido nas viagens que ele faz, mas também não quer deixar sua filha sozinha em casa. Bella então decide mudar-se para a casa de seu pai que fica na chuvosa e bemmmm menor cidade de Forks.

Lá ela conhece no colégio várias pessoas, entre elas uma família um tanto estranha: família dos Cullen. Ela, já no primeiro dia de aula na nova escola se encanta com eles…mas se encanta de uma forma curiosa. Os Cullen não se misturam com o restante dos alunos, e os outros alunos não fazem questão de aproximação com eles, pois os acham estranhos. Todos são muitosss brancos e de uma beleza incomparável. Mas é de um integrante desta família que Bella tem mais curiosidade: Edward.

Os motivos desta curiosidade vai das características de beleza, cor de pele, distanciamento do resto dos alunos (características comuns à todos da família dos Cullen), mas também pelo fato de na aula de biologia Edward ter tido uma atitude extramente estranha ao lado de Bella (que não encontra outro parceiro de aula a não ser ele..era o único aluno que não tinha dupla para as aulas). Nessa aula, ele a olha com uma mistura de raiva, desprezo, desespero. Bella não entende e fica perdida com a atitude dele, afinal…ela mal tinha chegado a Forks…e uma recém nova moradora provocar tantas atitides desagradáveis de um colega antes mesmo de se falarem..é uma bocado estranho.

Por uma semana ele some de vista e quando retorna, pede desculpas a ela e eles começam a conversar. No meio de tentativas de aproximação e distanciamento dele com ela, ela descobre que ele é um vampiro…ou seja, os Cullen são vampiros. Mas quando faz essa descoberta é tarde demais: ela está perdidamente apaixonada por ele e ele por ela.

Os dois não conseguem ficar longe um do outro e resolvem assumir o namoro e a família Cullen a recebe muito bem. O pai de Bella, claro, nem imagina o que são os Cullen. Mas não existem só vampiros bonzinhos na história…uns outros aparecem e querem caçar Bella, a família dos Cullen faz de tudo para protege-la. No fim, Bella é salva deste perigo…por enquanto...afinal, só de estar com os Cullen faz sua vida estar em constante ameaça.

site: http://trilhas-culturais.blogspot.com.br/2016/03/resenha-crepusculo.html
comentários(0)comente



Rafa 11/04/2017

Sem vergonha de dizer que gosto!
Sim! É isso mesmo, eu gosto da saga Crepúsculo. É puro entretenimento.

Vampiros brilhantes = adoro
Lobisomens sarados = adoro

Não podemos negar que todo mundo conhece ou já ouvir falar dessa história e fico grata a Meyer por trazer um sonho para nossa "realidade", pois depois desse bum chamado Crepúsculo, quantas outras histórias maravilhosas fomos agraciados?!

Tem elementos que não gosto do livro, principalmente a possessão de Edward com cuidados à Bella.

Mas me diverti muito lendo, torci, fiquei apreensiva, encantada e fascinada pelos personagens. Até escolhi um "timeedward" S2

Recomendo para aqueles que gostam de leitura, leiam e tenham a mente aberta. Aproveitem a história!
comentários(0)comente



Luísa 07/04/2017

Dê uma chance!
Confesso que sempre fui muito preconceituosa em relação à Saga Crepúsculo, desde que vi o primeiro filme achei totalmente clichê: Uma garota novata na escola que se apaixona por um vampiro sem nenhum motivo aparente, e ele também se apaixona por ela.
Sempre achei isso uma absurdo, e também aquele detalhe do que acontece quando os vampiros da saga entram em contato com o sol, para mim aquilo era o fim. Até que, certo dia, resolvi ler a saga para poder falar mais afundo sobre ela, e foi quando me impressionei! O livro é bom!
Bella Swan é uma adolescente de dezessete anos que claramente sofre de problemas psicológicos, Edward por sua vez sente-se atraído por ela exatamente por esse motivo, ela não ficava dando em cima dele na cara dura como as outras faziam, ela sentiu algo por ele da mesma forma que ele sentiu por ela, é sentimento e não pode ser explicado. Às vezes a narração se tornava monótona quando o Edward mudava de expressão o tempo todo e a Bella citava isso, ou quando eles diziam que se amavam, cenas assim se tornavam monótonas de tanto que apareciam ao longo do livro mas isso não fez com que a essência se perdesse. Por fim, Crepúsculo fala sim sobre como alguém pode ajudar outra pessoa com problemas psicológicos, mas também fala do amor entre duas pessoas distintas.
Dê ao menos uma chance ao livro, Stephenie pode te surpreender!
comentários(0)comente



Mai 04/04/2017

Chato
Esse livro é entediante. Li porque era modinha, e todos falavam "Esse livro é tãooo legal! Edward Cullen é perfeitooo!".
Minhas expectativas estavam além da Torre Eiffel, mas o que eu li, foi uma decepção. Abandonei o livro pela metade, não aguentei. O romance é chatinho, e a tal Bella age como se fosse normal conversar com um vampiro. Quando me falaram que ele brilhava no sol, foi patético! Onde já se viu, vampiros brilharem no sol?! Entendo que os personagens são dela, e ela tem o direito de modificá-los a seu gosto, mas isso passou dos limites.
Espero que o filme seja melhor, porque o livro foi uma merda.
comentários(0)comente



Juliana 11/03/2017

Esqueça tudo que você viu no filme, porque esse livro é viciante!
Bem, acho que (quase) todo mundo já leu este livro... Eu comecei de maneira inversa, primeiro assisti os filmes e só agora fui conhecer a história profundamente.

Me apaixonei pelo livro desde as primeiras linhas! Tanto pela escrita de Stephenie Meyer quanto por Forks (não entendo como Bella Swan não consegue gostar do clima da cidade! Eu acho perfeito! A cada descrição da autora, eu me imaginava no lugar da Bella...) haha.

No início, foi um pouco difícil não assosciar as personagens do livro com as do filme. Depois das cem primeiras págs foi mais "fácil", me apaixonei completamente por Edward Cullen!

Se eu pudesse fazer um pedido aos autores seria de nunca vender os direitos de um livro pra virar filme, porque não se compara...

Não posso deixar de agradecer a minha amiga Eli por este presente maravilhos! Sou Team Edward... ;)
Juline 11/03/2017minha estante
Uau!!!!!!


Luísa 23/03/2017minha estante
Comecei da mesma forma que você! Primeiro vi o filme e depois resolvi ler o livro (nesse espaço de tempo odiei a saga pelo que vi nos filmes) hoje estou completamente apaixonada, realmente o que citou sobre os direitos autorais é verdade, Kristen e Robert não tem nada a ver com Bella e Edward


Juliana 12/04/2017minha estante
Luísa, num "mundo ideal" nenhum livro deveria virar filme, né!? Dificilmente irão atender as nossas expecttativas, a nossa imaginação é sempre melhor! ;)




Ingrid.Rodrigues 09/03/2017

crepúsculo
achei que o livro foi interessante ,pq a bela e uma garota que tem seus pai sepado e a mae dela começa namorar outra pessoa que chama phil,depois de algum tempo a mae dela se casou com o phil e a bela já estva morando em fork.
o livro pode ter alguns capítulos chatos mais a hitoria do livro não e totalmente patético
comentários(0)comente



1656 encontrados | exibindo 1 a 15
1 | 2 | 3 | 4 | 5 | 6 | 7 |