A Herdeira do Título

A Herdeira do Título Lis Wey




Resenhas - A Herdeira do Título


16 encontrados | exibindo 1 a 16
1 | 2


Sandra.almeida 14/06/2021

Adorei conhecer mais uma das lindas histórias contadas pela Lis com muita maestria que nos faz suspirar e desejar ter vivido nesta época e claro causar vários escândalos kkk.

Jonas o irmão gêmeo de Simon, filhos do banqueiro Marshall, sempre notou a Srta. Christine, filha do marquês de Chasterbrok, ou seja, inalcançável para ele que não possuía nenhum título.
Com a morte da mãe de Christine, o marquês se afundou em dividas e adoeceu, deixando a filha em uma situação financeira insustentável. Ela perderia a fazenda para o banco, e não havia nada que pudesse fazer. Sua única opção seria um casamento com algum nobre abastado, mas como ela faria isso sem um dote e estando afastada de Londres já a a alguns anos, desde que foi expulsa pela rainha dos salões em sua primeira temporada.
Christine não se importava com títulos, queria casar-se por amor, mas como ela poderia fazer isso diante de sua triste situação.

Fiquei com raiva em alguns momentos do Jonas por sua patetice, entretanto por outro lado me apaixonei por sua sensibilidade e gentileza.

A Londres da Lis Wey é sempre encantadora.
comentários(0)comente



Dri 16/02/2020

A herdeira do título
Adorei. A mocinha é uma querida e não se deixa levar por títulos, para ela o importante é o amor.
comentários(0)comente



Rosinha.Correia 15/04/2020

Esse livro é muito gostoso de ler, a autora consegue nos prender em cada página, vc fica com vontade de ler mais e mais
comentários(0)comente



Janise Martins 30/12/2020

A Herdeira do Título
Uma doce de história, onde o filho de um banqueiro se apaixona pela filha de um marquês. O desenvolvimento da história é meio truncado, momentos flui e outros não. Não entendi como a autora conseguiu isso. Mas é envolvente, de alguma forma cativa.

Foi um fiasco a estreia de Christine na sociedade, para piorar sua mãe morre, seu pai adoece e a falência bate as portas, e ela está desesperada sem saber o que fazer, pois o banco está cobrando as dívidas.

Jonas sempre foi apaixonado por Christine, mas sempre teve a consciência de que ela nunca poderia ser sua, por ela era filha de um marquês e ele de um banqueiro. Apesar de rico ele não era nobre.

Mas o destino quis que Jonas tivesse sua oportunidade com ela e ele bestão se nega a aproveitar, e olha que tem um duque rondando ela. E ela já descobriu que prefere Jonas ao duque almofadinha.

Uma história rápida demais, não me conformo hehehehe…

E foi assim.
Bjoo.



site: https://janiselendo.blogspot.com/2020/12/tres-livros-de-lis-wey-romance-de-epoca.html
comentários(0)comente



Livros em Retalhos 08/10/2017

Encantador
Com uma narração cativante, diálogos divertidos, e autora conta essa história de forma ímpar...Christine é uma garota que vê seu mundo desabar com uma falência eminentemente e seu pai doente, tenta de todos os modos garantir um futuro a eles mesmo que tenha que aceitar um casamento por interesse. Jonas é filho do banqueiro que pagou a dívida do pai de Christine e agora veio para cobrar a dívida. Como uma filha de Marques poderia se envolver com o filho do banqueiro? Mas quem disse que o amor segue regras? Com uma escrita gostosa e divertida a Lis nos conduz a uma história quase mágica com drama e sensualidade. Com personagens bem construídos, com pureza e bom caráter que deixa o nosso coração leve, nos faz suspirar e sonhar...E com um final lindo que nos deixa ansiosos pela a próxima história.

site: www.livrosemretalhos.com.br
comentários(0)comente



Taci.Souza 02/04/2018

🌂 Christine é a única filha do Marquês de Chasterbrok, que perdeu todo o patrimônio da família em dívidas de jogo, e entrou em um estado catatônico após a morte da esposa. Agora o banco do senhor Marshall quer cobrar a dívida do Marquês, e o casamento com o nobre mais rico de Londres parece ser a única saída para a herdeira do título.

🌂 Flaubert é um dos filhos do dono do banco. Um jovem gentil e inteligente, que nutre uma paixão antiga por Christine. Embora tenha consciência da barreira que o título que ela herdará do pai representa um forte obstáculo para o relacionamento dos dois, ele está disposto a evitar o casamento da moça com o odioso Duque de Augusburg.

🌂 Por se tratar de um romance de época, um dos meus gêneros favoritos, e ser de uma autora nacional resolvi me aventurar pelas páginas desse e-book. Mesmo seguindo uma fórmula clichê em muitos romances, onde a protagonista encontra-se forçada a um casamento sem amor - sendo outro o dono do seus sentimentos, a história tinha todos os elementos para surpreender. Infelizmente não foi o que aconteceu.

🌂 A trama segue dando voltas em torno de uma problemática que deveria ser relevante, mas que ficou devendo em profundidade. A protagonista muitas vezes mostrava-se contraditória, representando uma mulher forte e determinada em um momento, e no momento seguinte parecendo boba e imatura. O relacionamento arrastado e por vezes apelativo do casal não me encantou, nem me fez suspirar.

🌂 O ponto forte do livro, é sem dúvida a narrativa cativante da autora, que nos presenteia com alguns diálogos e acontecimentos bastante divertidos, acrescentando à trama, uma merecida dose de bom humor.
comentários(0)comente



Silvana Barbosa 12/11/2018

A herdeira e o banqueiro
Lady Christine está numa situação difícil... Seu pai, encontra-se gravemente enfermo, e apesar de ser um marquês, está falido. As propriedades da família estão perdidas, e o lar onde vivem está para ser tomado pelo banco. A única solução para a moça parece se resumir em conseguir fazer um bom casamento, e isto significa casar com algum nobre abastado.
E também significa que ela precisará abrir mão do sonho de casar por amor.
Jonas Flaubert, filho do dono do banco que detém o poder de colocar Christine e o marquês na rua, está disposto a ajudar a mocinha nesse momento difícil.
Mas ela não sabe que o nosso herói é apaixonado por ela... E ele não quer que ela saiba, já que se julga inadequado, apesar de podre de rico, para a filha de um membro da alta nobreza.
A autora Lis Wey nos faz acompanhar a história de Christine e Jonas, torcer para que o mocinho se declare, e que a dama o aceite sem titubear. Enquanto a trama desenrola conhecemos vários personagens, incluindo aí o duque que rivaliza com Flaubert pelas atenções de Christine e também os protagonistas dos outros livros que compõem a série da qual o romance faz parte.
Se você busca uma leitura de época leve, e com o toque de uma sensualidade suave, “A herdeira do título” é exatamente o que você está procurando!
comentários(0)comente



Aisha Andris @AishandoBooks 17/11/2018

Envolvente e encantador
Acho que este é o romance mais encantador da autora. Eu achei muito lindo ver como o Jonas se apaixonou pela Christine desde o primeiro olhar, mas, por achar-se inferior devido a não ser um aristocrata, manteve distância dela, mesmo quando se descobriu dono da dívida que poderia levá-la à ruína. Ele é mesmo um homem apaixonante, que faz de tudo pela amada. Conseguiu conquistar um lugar especial no meu coração, assim como o Amin, outro mocinho maravilhoso criado pela Lis Wey.
A Christine também é maravilhosa, forte e que se manteve firme mesmo em uma situação desesperadora. Inclusive, existe uma cena muito divertida que mostra bem do que estou falando. Gostei muito dela, achei a mulher perfeita para um homem perfeito.
Amei demais este livro, simplesmente incrível. Uma história de amor que me fez suspirar bastante.

site: https://aishando.home.blog/
comentários(0)comente



Isa @isabellagraton 03/08/2020

A herdeira do título
Como todos os outros livros de Lis Wey, esse foi como sempre, um prazer em ler.

A linguagem fácil, leve, apaixonando e divertida me fez entrar dentro da história e sentir o que os personagens estavam sentindo. Esse é o melhor livro da autora que eu já li e Christine e Jonas Flaubert são meu casal favorito, simplesmente amei a forma como desde o início ele se apaixonou por ela e sempre quis o melhor para ela, mesmo sabendo que ele não era o melhor.

E acho que o amor é sobre isso, é sobre uma pessoa que te ama tanto, que apenas quer que você fique feliz e tenha tudo o que deseja na vida, mesmo que na sua vida ela não esteja presente. Amar é cuidar e se importar, e é isso que Jonas faz por Cristine.

E se vou falar de personagens fortes, não posso deixar essa resenha sem falar de Cristine, uma jovem decidida, corajosa e que mesmo enfrentando a situação mais desesperadora da sua vida, não se deixou abater e seguiu em frente
comentários(0)comente



Mari 31/12/2020

Uma leitura leve com toques de humor
Neste livro a Liz Wey, nos trás uma estória leve e fluida entre a doce, mas determinada Cristhine e o lindo banqueiro com olhos de anjo... Jonas apaixonado desde a apresentação de Cristine à sociedade temia aproximar se por ser burguês e ela filha de um nobre...e por amor ele faz tudo o que está ao seu alcance para ajudar a jovem quando o seu pai doente e falido deixa a sem recursos nem para as necessidades básicas de manutenção da fazenda.
Entre situações hilárias é possível se divertir e torcer pra tudo dar certo.
comentários(0)comente



Comenta Livros 18/10/2021

Um casal que me conquistou
Esse cala me conquistou e os gêmeos Marshall são incríveis, cada um com sua característica. Christine será destemida e lutará para salvar a fazenda e ainda ganhará um amor.
Vale a pena ler.

site: https://comentalivros.com/a-herdeira-do-titulo-lis-wey/
comentários(0)comente



Fabi 01/01/2022

Lindo e emocionante.
Primeiro quero dizer que escrita da autora foi muito boa,não encontrei erros.
Agora o que me surpreendeu foi o desenrolar da história, foi bem direta,sem voltas,foi tudo bem claro. Gostei do Jonas,um rapaz no seu estilo,feroz mais tranquilo ao mesmo tempo.
Dei boas risadas de algumas atitudes da Christine,ela é bem autêntica a sua maneira.
No mais foi uma leitura que me envolveu, da pra ler rapidinho e você não quer largar. Parabéns a autora.
Partiu próxima leitura Lis...
comentários(0)comente



Sthéfani.Lamoglia 15/05/2019

Lindo!
Depois de ser banida pela rainha em sua primeira temporada, Christine Sodré com a doença do pai após a morte da mãe, e ainda tem q ligar com td as dívidas com o banco e as despesas da única propriedade que ainda resta. Aos 20 anos e solteira, ela tenta de tds as formas n perder a propriedade que viveu por td sua vida.
Jonas já amava Christine desde a primeira vez q a viu. Depois de ficar afastado por um tempo trabalhando nossa negócios do pai, ele retorna e ao vê-la novamente percebe que ainda a ama. Após descobrir a dívida que o pai dela tem com o seu banco ele decide ajudá-la.
Juntos na tentativa de encontrar uma solução para a dívida, eles confirmam esse amor.
Pra ela um título n é nada, pra ele n ter um título significa que n é digno dela.

A Autora trabalhou mt bem os fatos, e me encantou com sua delicadeza. Agora preciso ler os demais livros da sequência.
Amei e Super indico!!!
comentários(0)comente



Nathenes 02/11/2019

Linda história de amor
Esse livro foi o meu primeiro contato com a escrita da Lis Wey... amei! Tanto que assim que finalizei essa leitura, iniciei a sequência de tão curiosa que fiquei. Somos presenteadas com a história de Christine e Jonas... um romance que parecia impossivel para a época pois ela era a filha de um marquês e ele, apenas um banqueiro. Só que o pai dela fica falido e doente... e ela tendo que arcar com as inconsequências deixadas pelo pai. Ele é filho de um banqueiro e é bem sucedido... me apaixonei pelo Jonas desde o inicio... Ele é daqueles mocinhos que queremos guardar num potinho para sempre... se apaixonou num baile pela Christine, mas nunca teve esperanças pela diferença de classes entre eles. O amor entre os dois nasceu lindamente... Vale dizer que tb me apaixonei pelo irmão gêmeo dele! hahaha
comentários(0)comente



Juh Menezes 04/11/2019

Extremamente fofo!
Lis Wey trás uma história cativante com uma escrita leve e divertida em seu primeiro romance de época.
.
Christine é filha de um Marquês falido. Apesar de possuir o título, ela se encontra desesperada quando, após a mãe morrer, o pai entra em um estado crítico de melancolia e a deixa sozinha para lidar com a casa caída aos pedaços e o acúmulo de dívidas. Além disso, anos atrás, Christine arruinou sua primeira temporada ao dizer coisas que não deveria na frente da Rainha. A jovem garota não sabia que as opiniões que expressara eram extremamente inadequadas e, depois de sua humilhação, ela resolve não voltar a participar de nenhuma temporada mais.
.
Jonas, mais conhecido como Flaubert, sempre foi apaixonado por Christine, por mais que a dama nunca tivesse falado com ele. No entanto, ele nunca teria uma chance com ela: apesar de ser filho de um banqueiro e ter muito dinheiro, Jonas não possui títulos. Por isso, ele sabe que Christine se casará com um nobre capaz de dar-lhe a vida que ela merece. Assim, ele vai à América com o irmão gêmeo pensando que, quando voltar, já verá a mulher que ama casada com outro homem.
.
Porém, quando a vida põe eles juntos e os dois começam a sentir algo novo e profundo, tudo começa a mudar.
.
Eu simplesmente adorei essa história! Sempre ouvi falar bem da Lis, mas nunca havia lido nada dela. A leitura conjunta do grupo Viagens Literárias me proporcionou essa descoberta adorável! A escrita é muito leve e, quando percebi, já estava nos capítulos finais. É um livro perfeito para quando queremos ler algo menos pesado e nos distrair. Além dos momentos fofos e amorosos, temos doses de comédia e aquele toque hot que amamos. Agora com certeza irei ler as sequências! ??
comentários(0)comente



16 encontrados | exibindo 1 a 16
1 | 2


Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com a Política de Privacidade. ACEITAR