O segredo do kelpie

O segredo do kelpie Aya Imaeda




Resenhas - O segredo do kelpie


6 encontrados | exibindo 1 a 6


Duda - @dudagabooks 14/04/2020

1 palavra que define esse título: FOFURA!
O Segredo do Kelpie conta a história de uma criatura mágica (da mitologia celta) que vive nos rios e pode se transformar tanto em cavalo quanto em ser humano para atrair pessoas à margem e comê-las - deixando apenas o fígado boiando nas águas. Ele é um dos últimos da sua espécie e pretende encontrar uma esposa para levar à Tir nan Og, um tipo de paraíso para humanos e kelpies.

Um dia, caminhando perto do rio, encontra a humana mais bela que já viu. Empolgado, a encurrala e dá a notícia: ?você foi escolhida como minha esposa e vou levá-la comigo!?. A humana, chocada e amedrontada, ?aceita? porém pede para que ele aguarde um instante pois ela estava tricotando uma manta, então ele senta ao lado dela para aguardá-la e acaba cochilando. E, assim que acorda, descobre que jamais deveria ter subestimado a inteligência daquela Humana Esperta.

O que houve: enquanto ele dormia, ela trocou as suas rédeas de prata (que se transformavam em uma linda corrente quando ele tomava a forma humana) por uma de couro, o que, de acordo com as lendas, prendia o Kelpie à pessoa por um contrato de trabalho. E assim a Aileen, a Humana Esperta, conseguiu se livrar de um sequestro e arranjar um cavalo para trabalhar na sua fazenda.

A história é muito bonitinha, a escrita da Aya Imaeda é fofíssima e as coisas vão acontecendo numa naturalidade que quando a gente vê, já chegou ao fim das 230 páginas!

E o romance, gente! Delícia de ler! O Kelpie, apesar de perigoso e devorador de humanos, é um querido e se empenha para entender a vida daquela humana tão bela e inteligente. Ao longo do livro vamos notando mudanças peculiares do seu modo de pensar e encarar o mundo...

Eu adorei e recomendo demais!
comentários(0)comente



Suh 06/12/2018

PUTARIAAAAA!!!! ?
Eu sei que você veio por causa do título, sua safadenea hi hi hi hi.....


(Spoilerzinho de leve, tão de leve que se nem vai sentir)


Eu vi que muitas amigas e seguidoras do meu blog estão deixando de ler essa belezinha de livro pq estão achando que é romance água com açúcar e que vai terminar com beijinho... Grande engano e por isso estou aqui para saciar a maior curiosidade das "taradinhas" de plantão!!

Tem sexo sim meu povo! NÃO é romance água com açúcar não, temos aqui uma personagem feminina muito da empoderada e independente, cheia de ideias e uma personalidade arretada.

Claro que o vuco-vuco não vai ser detalhado, a Aya (autora) é uma fofa então a coisa toda é bem natural. Temos que lembrar que é um romance fantasia e não um Hot de mafiosos italianos... ? ADOROOOOOOOO kkkk

A história é ótima e tudo acontece naturalmente, nada é forçado ou apressado. Agora pare de preconceito literário e vá ler!!!
Ianara Caleffi 06/12/2018minha estante
Kkkkkkkk
Fala sério! Eu amo suas resenhas.
Kkkkkkkk sinceridade nota mil.


Suh 08/12/2018minha estante
Obrigada, gatinhaaaa! Eu resolvi fazer umas resenhas com informações q eu sempre procuro sobre os livros mas nunca acho kkkkkkkkkkk


Ianara Caleffi 11/12/2018minha estante
Mais sincero impossível.
Vou esperar pelas próximas hahahahha




Mystik 11/05/2018

Adorável!
Esse livro foi a primeira coisa na vida que ganhei em um sorteio. :P

A história se passa na antiga Irlanda/Escócia (talvez por volta dos anos 1700), quando ainda se vive da terra e se acredita no inacreditável.

No começo logo encontrei uma dificuldade. A história é contada em primeira pessoa. Quem me conhece sabe que detesto esse tipo de narrativa. Apesar de ter encontrado exemplos ao longo da vida que me fizeram confiar que uma boa história possa ser contada assim, esse não é um estilo que me agrada. Mas segui em frente.

A história para mim demorou um pouco para engatilhar. No começo os personagens não me agradavam de jeito nenhum, até mesmo o principal, que narrava a história. Foi depois de um terço do livro que a história realmente me conquistou e me fez devorar o livro. Mesmo com o começo lento, a escrita é fluída, fácil de acompanhar e deliciosa de ler. Você sente o clima de época e magia, e poucos livros que se dispõem a contar uma história de fantasia conseguem fazê-lo.

Conforme os personagens são aprofundados, você vai realmente se envolvendo mais com eles, pois suas motivações se tornam menos rasas. Você começa a escolher lados, começa a se assustar com certos acontecimentos e até torcer por alguns. E isso é o que eu espero de um bom livro de fantasia: aventura, encantamento e emoção. O final foi meio óbvio (é um romance, eu esperava aquilo), mas isso não tirou nem um pouco o mérito da jornada pelo livro.

Se você gosta de um romance de época divertido, e com um toque de magia, esse é o livro pra você. ;)

site: https://aficcionados.wordpress.com/
comentários(0)comente



Kira 15/03/2018

Superou minhas expectativas
Amei esse livro! Estava procurando um livro que tivesse Kelpies já fazia um bom tempo vi na página da Editora Draco que teria esse, fiquei logo curiosa para ler e torci MUITO para ser um livro que atenda as minhas expectativas, fui comprar o livro na bienal e ainda pude conhecer a Aya, conversar com ela me deixou ainda mais ansiosa para ler, vou explicar em resumo o que achei...

Esse livro se passa mostrando o ponto de vista do Kelpie, o que pensa sobre os humanos, como enfrenta a situação depois de encontrar uma humana muito mais esperta do que ele esperava e como ele evolui aos poucos conforme se passam os dias e além disso outras criaturas passam pelo caminho dele e saber mais sobre elas da um charme a mais no livro, que tem um clima realmente muito divertido.

Ah! o kelpie também tem um senso de humor que traz ainda mais graça ao livro, é um charme especial MESMO que me surpreendeu bastante com a forma que a Aya colocou no livro, é como se ela tivesse criado o Kelpie que é perfeito na minha visão e ainda colocasse umas notas extras de humor que deixaram ele ainda melhor!

Em resumo, claro que recomendo,esse livro superou minhas expectativas e me encantou por completo!


site: http://www.dicasdakira.com.br/2017/10/resenha-o-segredo-do-kelpie.html
comentários(0)comente



Karen Andrade 05/02/2018

Uma ótima fantasia nacional, excelente para quem gosta de mitologia celta e criaturas mágicas.
Mesmo eu preferindo obras com narradores em 3ª pessoa, no caso desse livro, a narração do kelpie em 1ª pessoa acabou sendo um diferencial positivo. Pois, assim como os humanos dentro do livro, somos atraídos pelo kelpie, mesmo que nós humanos sejamos inevitavelmente suas vítimas. [...]
Posso dizer que “O Segredo de Kelpie” de Aya Imaeda possui uma leitura agradável e fácil, o que me lembra a leitura de Harry Potter – uma leitura que rende muitas páginas por hora –, apesar disso, o vocabulário é rico e impecável [...]
Para saber mais sobre esse livro (e mais sobre a literatura fantástica nacional), acesse o blog "Capítulo 1 ou o Canal Taverna das Terras Pardas


site: https://capitulo1web.wordpress.com/2017/11/01/capitulo-1-o-segredo-de-kelpie-de-aya-imaeda/
comentários(0)comente



Camz 23/12/2017

Não se preocupe com o título, nem com a resenha: vá atrás do livro.
Sinceramente, não sei como começar essa resenha, então vou partir do ponto de partida mais fácil que consigo pensar:
"O Segredo do Kelpie" tem uma capa bonita que remete sonhos de infância, uma premissa simples que se transforma em algo muito maior do que o esperado e uma narrativa cativante, do tipo que não te obriga a nada, apenas te pede, gentilmente, que você não vá embora enquanto o fim não tiver chegado.
Talvez esse tenha sido o ponto que mais me tocou na obra de Aya Imaeda: a gentileza e cuidado com o qual narra a história, descreve os personagens, modelando-os com as palavras certas para torná-los importantes. Figuras que poderiam ser estereótipos planos, como os que povoam inúmeros livros de fantasia afora, nas mãos de Imaeda se tornam pessoas das quais não se pode deixar de gostar ou ao menos se importar - por mais que as "pessoas" em questão não sejam humanas.
Me surpreendi (e muito positivamente) com o livro, já que pela sinopse acreditei se tratar de algo mais sombrio. O que encontrei foi um conto de fadas com um pé na realidade, com seus kelpies, brownies e selkies - mesmo com toda a magia ao redor, os sofrimentos, alegrias e motivações dos personagens não deixavam de ser verossímeis e conquistar minha simpatia.
No geral prefiro livros mais sombrios, sobre pessoas sofridas e com finais tristes, porém "O Segredo do Kelpie" conquistou um lugar no meu coração com seu senso de humor suave e o desenvolvimento sem pressa, preocupado em dar voz não apenas ao protagonista kelpie, mas também à protagonista humana, mesmo quando não era a voz ativa narrando o capítulo.
A elaboração do conceito de se conhecer vários pontos de vista, o questionamento do que é bondade e maldade, a evolução visível de um protagonista não-humano que culmina em seu fim - tudo isso é algo emocionante de se ver, e em alguns momentos me vi chorando, o coração apertando pelo quão bem conhecia a sensação do kelpie de se sentir deslocado na realidade em que vivia, questionando a si próprio e sua natureza.
No mais, congratulo a autora pela sensibilidade com a qual tratou a questão do papel feminino dentro dos contos de fada, se importando em ir além do óbvio e criando uma das personagens mais fortes e carismáticas que tive a chance de conhecer num livro nacional.
E como a parte mais pessoal de toda essa resenha: dentre os mais de 30 livros que li esse ano, "O Segredo do Kelpie" foi aquele cuja companhia mais aqueceu meu coração gelado. =)
comentários(0)comente



6 encontrados | exibindo 1 a 6