Estética

Estética Michel Foucault




Resenhas - Estética: Literatura e Pintura, Música e Cinema


1 encontrados | exibindo 1 a 1


Joachin 01/12/2012

Sobre "O que é um autor?"
Qual a importância do autor? Essa pergunta significa pensar que a escrita basta a si mesma e se desdobra infinitamente até levar ao desaparecimento do sujeito. Se na Grécia Clássica, a escrita imortalizava os heróis; nas sociedades modernas, o autor faz o papel de morto no jogo da escrita. Por exemplo, para o filósofo, autores como Flaubert, Proust e Kafka são exemplos de como “(...) O sujeito que escreve despista todos os signos de sua individualidade particular” (FOUCAULT, 2011, p. 269).
O texto “O que é um autor?” foi apresentado, inicialmente, por Foucault em 1969 em uma conferência na Sociedade Francesa de Filosofia. Foucault irá iniciar sua apresentação rebatendo as críticas que sofreu quando publicou As palavras e as coisas. O filósofo foi acusado de não explorar devidamente o pensamento de Marx e colocar lado a lado autores de contextos completamente diferentes.
O autor não seria um gênio, mas um instaurador de discursividades. O autor pode se fragmentar em vários ao longo de suas guinadas intelectuais. Portanto, diante do público e de debatedores como Jacques Lacan, assim Foucault finaliza sua conferência: que importa quem fala?
comentários(0)comente



1 encontrados | exibindo 1 a 1