Além das 95 teses

Além das 95 teses Stephen J. Nichols




Resenhas - Além das 95 teses


1 encontrados | exibindo 1 a 1


Lucas 02/07/2018

Lutero vai além das 95 teses
Muitas vezes pensamos no reformador Lutero como apenas um monge que escreveu 95 teses e as publicou e assim nasceu a reforma protestante. Contudo, Lutero vai muito mais além em sua teologia e obras. Nesse livro, Stephen Nichols apresenta um monge agostiniano, Martinho Lutero, que passava por uma crise de fé e tinha até raiva de Deus, pois não entendia a justificação pela fé, tanto que ao compreender o tema da justificação ele declara: "Atravessei os portões do paraíso". Lutero agora compreendia que a justiça requerida pelo Senhor provém do próprio Deus na pessoa e obra de Cristo. Por fim, o livro apresenta um Lutero esposo, pastor, pai e até mesmo músico, pois Martinho compôs praticamente 40 hinos, sendo um deles o famoso: Castelo Forte!. Recomendo muito a leitura desse livro, pois nos apresenta um Lutero que teve falhas, sucessos, mas um homem que marcou a era cristã.

Segue alguns trechos do livro:

"Depois de haver examinado cada um dos mandamentos, Lutero conclui a primeira parte do catecismo com uma declaração resumida que bem traduz essa conexão entre lei e graça: "Deus ameaça punir todos aqueles que transgridem esses mandamentos. Devemos, portanto, temer a sua ira e não desobedecer aos mandamentos. Por outro lado, ele promete graça e toda bênção àqueles que os guardam. Portanto, devemos amá-lo, confiar nele e, com alegria, fazer aquilo que ele mandou."

"Lutero revela a conexão entre ética cristã e doutrina. Quando Moisés apresenta os Dez Mandamentos em Êxodo 20, aponta, inicialmente, para o acontecimento do êxodo e a libertação de Israel da escravidão no Egito. Poderíamos interpretar isso no sentido de que, em virtude do que Deus fez por nós, devemos obediência a ele. Como Cristo nos redimiu, devemos viver por ele e servir a ele. A doutrina conduz à ética. Richard Gaffin, professor do Seminário Teológico de Westminster, expressa essa questão do seguinte modo: os imperativos se baseiam nos indicativos. Explica que os “imperativos” dos Dez Mandamentos ou os “imperativos” de se viver uma vida cristã baseiam-se nos “indicativos”, ou seja, o que Deus fez ao redimir Israel do Egito e o que ele faz ao nos redimir do pecado."
comentários(0)comente



1 encontrados | exibindo 1 a 1