Sonata em Auschwitz

Sonata em Auschwitz Luize Valente




Resenhas - Sonata em Auschwitz


37 encontrados | exibindo 1 a 15
1 | 2 | 3


Daniela.Alvelos 28/05/2020

Apesar de já ter lido vários livros sobre o Holocausto, esse com certeza foi um dos mais pesados e que me tirou o sono, de pensar em quão desumanas as pessoas são e foram capazes de ser.
E o mais estranho é que por mais emoções horrorosas que ele tenha me trazido, eu não queria largar o livro, de tão fluida a história.
Me fez, com certeza, dar valor às pequenas coisas que muitas vezes nem vemos.
Super indicado.
comentários(0)comente



Tamires.Xavier 22/05/2020

Livro que me prendeu do início ao fim.
Sonatas em Auschwitz nos trás um pouco da história dos Judeus na segunda guerra mundial, esse é um dos temas de romance que mais gosto de ler, por mais que seja uma história fictícia, retrata como histórias de uma vida toda foi extinta por causa da maldade de pessoas sem coração.
Pessoas perdendo suas casas, suas conquistas de uma vida e que eram passadas por gerações, esposas separadas bruscramente de seus maridos, mães perdiam seus filhos e filhas, sere humanos sendo tratados como animais.
Um livro que trás reflexões para uma vida toda, momentos que fazem parte da história real de muitas vidas.
Será que as pessoas que sobreviveram a tudo aquilo, realmente deixou o passado de lado e conseguiu viver uma vida tranquila ou será que as sombras do passado voltavam para os perturbar?
Uma coisa é certa ninguém nunca vai conseguir esquecer o que se passou em auschwitz.
comentários(0)comente



Alessandra.Rocha 05/05/2020

esse livro me ensinou a dar importancia as pequenas coisas, sobre a nossa liberdade e pensamento... simplesmente amei e super indico.
comentários(0)comente



Deise.Maria 27/04/2020

Apesar de ser um livro fictcio, como tantos outros livros que traz essa temática sobre o holocausto e sobre um dos campos onde ocorreu o maior genocídio ja ocorrido em todo mundo, emociona e nos faz repensar sobre ate onde vai a crueldade humana, este livro ele fala do encontro de Amália, uma jovem descendente de uma familia de um oficial nazista que salvou um bebe judeu da morte e que vai em busca do passado de sua familia e da verdadeira história por trás desse salvamento.
comentários(0)comente



Jaine Franco 19/04/2020

Esse romance histórico da Luize Valente é incrível! .


Ler sobre o Holocausto nunca é fácil. Então já vai se preparando.


Essa foi uma leitura que eu precisei em muitos momentos dar uma pausa, fechar o livro, respirar.
Todo o sofrimento gratuito realizado pelos nazistas é indigesto. A todo momento dá aquele nó na garganta.
Lembrar a crueldade que o ser humano foi (e ainda é, convenhamos) capaz de fazer a outos seres humanos é muito doloroso, e revoltante. "Aquele lugar era uma máquina de morte operada por sádicos. " .

Livros como esse são muito necessários, recomendo a todos. "Aqueles que não conseguem lembrar o passado estão condenados a repeti-lo."
comentários(0)comente



Mah Mac Dowell 02/04/2020

Bom
Sempre gostei de histórias no contexto da segunda guerra mundial. Contudo confesso que esperava um pouco mais desse, mas não deixa de ser uma boa leitura.


saraiva 02/04/2020

bem bom
não é meu estilo preferido de livro mas gostei bastante. acredito que é um livro mais adulto, mas adorei o final. muito triste (como todo livro sobre esse período) e bonito.
comentários(0)comente



Renato Kenji 18/02/2020

Sonata em Auschwitz
Livro muito bom! Como todo livro de segunda guerra, bastante intrigante e bem interessante pelo fato de detalhar bastante os momentos em Auschwitz. Literatura que prende bastante o leitor do início ao final do livro! Super recomendo!!!
comentários(0)comente



Fernanda 11/02/2020

Um livro que merece ser lido e sentido
Com certeza Sonata em Auschwitz é um dos livros mais profundos e comoventes sobre a Segunda Guerra Mundial, prendendo você do início ao fim. Os segredos das famílias vão sendo revelados no decorrer das páginas, porém há sempre mais a ser contado.
A autora foi incrivelmente detalhista tanto nos fatos históricos quanto nas emoções. Você consegue sentir as dores, a força, a indignação e a coragem de cada personagem.
Faz-nos questionar se não estamos cometendo os mesmos erros do passado ao fechar os olhos e não agir diante de tanta atrocidade no mundo. Faz-nos questionar que nível de humanidade temos/somos.
comentários(0)comente



Pablo.Ravel 29/12/2019

Todo ser humano precisa sentir as sensações desse livro.
"Aqueles que não conseguem lembrar o passado estão condenados a repeti-lo"

Posso dizer para todos vocês que o gênero Segunda Guerra Mundial é um dos meus preferidos, não pelas histórias tristes, cruéis e cheias de maldade. Mas pela veracidade e riqueza de fatos nas narrativas, e com "Sonata em Auschwitz" não é diferente.
Embarcamos com Amália para o passado, passado esse que ficou por muito tempo apagado e omitido o máximo na vida dessa jovem, mas, a partir de uma ligação a história começa a ganhar forma e o leitor começa a ser envolvido por uma narrativa que mescla muito bem passado e presente que trabalham juntos para concretizar essa narrativa.
Seu passado genecológico a tanto tempo escondido começa a ser lhe apresentado durante uma conversa com sua bisavó Frida, ela tem uma grande mágoa do passado por negar uma séria ajuda de abrigar uma bebê judia ao seu filho Friedrich que até então era soldado alemão e depois desse pedido negado ele nunca mais foi visto ou encontrado. A senhora agora queria saber quem era aquela criança e o que teria acontecido com seu filho se estava vivo, morto, preso, ela busca por respostas. Amália sem medo algum vai fundo na busca por pistas para aproxima-la do passado para achar a tal menina e seu avô que acabará de ouvir falar.
Adele foi a chave encontrada para se descobrir algo sobre o que tinha se passado e é assim que Amália viaja para o Rio de Janeiro e Adele pela primeira vez conta um pouco da sua vivencia naquela sangrenta guerra que deixou duras marcas em sua vida.
Entre encontros e reencontros descobertas e desfechos Sonata em Auschwitz é uma história que merece ser lida por todos para que cada um possa sentir um pouco de tudo que foi passado por milhões de seres humanos, seres humanos que eram tratados da forma mais cruel desumana e sem necessidade possível. Você se envolve ao ler e começa a ter as mesmas sensações de Amália a cada descoberta, é o tipo de livro que se pede sempre por mais um capítulo.


site: https://www.instagram.com/quer_que_eu_resenhe/
comentários(0)comente



Stephanie - Estante da Ste 13/12/2019

Sonata em Auschwitz
Livros que retratam a segunda guerra mundial sempre trazem uma tristeza e angústia muito forte não é, e com Sonata em Auschwitz não foi diferente
????????????????
Aqui nós vamos conhecer a história de Friedrich, um soldado alemão que serviu no exercito de Hitler durante a guerra e de como ele salvou Adele, uma jovem judia e seu bebê
????????????????
Muitos anos depois, Amália, escuta uma ligação misteriosa de seu pai com uma senhora que talvez possa ser sua parente e decide investigar o passado de sua família na Alemanha, uma vez que esse assunto é proibido de se conversar em sua casa
????????????????
Nós embarcamos junto com a Amália nessa viagem e junto com ela vamos descobrindo o que aconteceu depois que a guerra acabou e juntando os pedaços que ficaram espalhados no decorrer dos anos e como todos os personagens estão interligados
????????????????
A história retratada no livro é triste, emocionante e revoltante também, nós nem imaginamos como alguém pode ser tão cruel com outras pessoas e o que aqueles milhares de judeus sofreram com a guerra
????????????????
Aqui a gente acompanha uma mulher que grávida estava num campo de concentração, coisa que sabemos que aconteceu na vida real e que muitas não tiverem sorte de escaparem com vida
????????????????
O livro é intenso, emocionante mas muito lindo tambem, os relatos dos personagens contando o que passaram lá no campo é surreal e tive que parar de ler em alguns momentos pra conseguir respirar
????????????????
A escrita da autora é maravilhosa, me deu muita vontade de ler os outros livros dela, inclusive já adicionei todos na lista pra um dia ler
????????????????
Eu indico muito essa leitura pra todo mundo, mesmo que você não goste de romance..vale a pena dar uma chance a ele!
comentários(0)comente



Kadja 23/11/2019

Um livro surpreendente, impactante, real...
Auschwitz é uma vergonha para nossa espécie! Um capítulo extremamente doloroso, cruel, infeliz, triste.
É impossível saber dessa história e não sentir profunda dor e vergonha, por fazer parte de uma humanidade capaz de fazer o que fizeram com iguais. Pessoas inocentes que foram tratadas como criaturas, como seres inferiores simplesmente por sua opção religiosa. Tanto sofrimento, tanta dor sem um motivo real, sem nenhum sentido.
Hitler não é algo que podemos chamar de humano, jamais!
comentários(0)comente



Alê 19/11/2019

Sonata em Auschwitz
Somente sensacional!
comentários(0)comente



Jefferson Vianna 27/06/2019

Aqueles que não conseguem lembrar o passado estão condenados a repeti-lo...
Emocionado, é como eu me sinto após a leitura de "Sonata em Auschwitz", da autora Luize Valente. Este foi o meu primeiro contato com a autora e fico feliz por ter tido uma impressão positiva logo no início. É incrível como um livro é capaz de nos modificar, me sinto diferente após a leitura deste romance tão impressionante, que por sinal foi muito bem escrito e fundamentado. A leitura é fluída, as cenas são bem descritas e apesar do tema ser delicado e por vezes difícil de ser abordado, Luize soube usar as palavras, a fim de conciliar as idéias para descrever de forma clara e objetiva os episódios marcantes do Holocausto e também da Segunda Guerra Mundial. "Sonata em Auschwitz" é um livro incrível, capaz de nos fazer refletir sobre a vida, a luta pela sobrevivência e a importância do perdão. Um livro que fala do amor como cura e da necessidade de conhecermos o passado para que não venhamos a repetir os mesmos erros. Leitura recomendada.

Quotes do livro: "A gente sempre acaba achando que a nossa dor e mais dolorida que a do outro.", "A riqueza de um homem se mede pela quantidade de lágrimas que ele extrai de outros homens em seu funeral" e "Aqueles que não conseguem lembrar o passado estão condenados a repeti-lo."
comentários(0)comente



luzmarinafg 06/04/2019

" Na dor ou no amor, ou em qualquer sentimento, mas me fixo agora na dor, o ser humano é a sua própria medida. Não há grau de comparação.
E gente sempre acaba achando que nossa dor é mais dolorida que a do outro."
comentários(0)comente



37 encontrados | exibindo 1 a 15
1 | 2 | 3