Os Guardiões da Ordem

Os Guardiões da Ordem Carlos H. R. Santos




Resenhas - Os Guardiões da Ordem


1 encontrados | exibindo 1 a 1


zoni 23/05/2019

É um clichê que funciona, mas a formatação, diagramação e revisão deixam muito a desejar.
O livro já começa com ação, e é quando conhecemos os guardiões, que ao meu ver, são completos idiotas, eles são aquele tipo de herói aposentado, que acha que nada de ruim vai acontecer só porque derrotaram a força maligna no passado. Então vem a reviravolta, eles são pegos numa emboscada e mortos, sobrando então seus filhos que ficaram com amigos próximos. E é aqui que começa aquela coisa de história desenhadinha demais, onde tudo existe pra alguma coisa, os amigos que não têm importância nenhuma, ficando com os filhos para que esses não morram, todos os guardiões tendo filhos ao mesmo tempo para seus filhos continuarem o legado e blá blá blá.

Essas crianças são estudantes do ensino médio, que pareciam normais até a adolescência, que é quando recebem a visita de um estranho cavaleiro que lhes explica suas verdadeiras origens e revela que eles possuem poderes especiais, e que precisam aprender a controlar esse poder para enfrentar ameaças nunca vista antes. Então os garotos passam a viver aventuras malucas, enquanto treinam suas habilidades para se tornarem os novos guardiões.

É um enrendo inspirado no folclore brasileiro e segue o mesma fórmula que Rick Riordan usa em suas histórias, nós vamos acompanhando heróis vivendo as lendas nos dias atuais, então logo me chamou a atenção, eu adoro essas fantasias infanto juvenil. Mas em Os Guardiões da Ordem, nós temos alguns probleminhas que me impediram de realmente gostar do livro.

Eu acho essa capa incrível, de verdade, pra mim fica claro que a Editora Ella se preocupou com isso, quis chamar a atenção dos leitores com algo bonito, mas dentro do livro a história é outra... a diagramação do ebook é totalmente porca, horrível mesmo. Quis abandonar a leitura por várias vezes, ficava vendo aqueles parágrafos bagunçados, os hifens no lugar onde deveria existir travessões, não há ajuste de recuo e espaçamentos, a quebra de página é bugada, e nossa, é um verdadeiro horror. A revisão também deixa muito a desejar, o que dificulta muito a leitura, ninguém consegue se concentrar com tantos erros incomodando assim.

É uma história que pode brilhar muito algum dia, principalmente se tiver uma nova edição, com revisão decente, uma diagramação bonita e uma boa divulgação.

site: www.instagram.com/nomeiodatravessia
comentários(0)comente



1 encontrados | exibindo 1 a 1