Carcaça, ou o primeiro cadáver que eu vi na vida

Carcaça, ou o primeiro cadáver que eu vi na vida Alexandre Sarian




Resenhas - Carcaça, ou o primeiro cadáver que eu vi na vida


1 encontrados | exibindo 1 a 1


Sthef 30/05/2019

Surpreendente!
"Agora é a hora de encarar o verdadeiro problema em minhas mãos e devidir que assassino eu gostaria de ser: um arrependido em busca de redenção e aberto as punições legais; ou aquele que constrói uma vida dupla, finge sanidade, mas é devorado por segredos e punido diariamente pela própria culpa."
?????????
Primeiro livro do autor e publicado no comecinho de 2019, essa obra veio para ir direto pro meu coração. Além do design e acabamento impecável, a história por si só é maravilhosa, com personagem principal extremamente bem construído.
?????????
Lucas é um cara de pouco mais de 30 anos que acabou de cometer seu primeiro assassinato. Simples assim. Porém, não pra ele. A obra é narrada em primeira pessoa, então vamos a fundo em toda sua confusão, e vamos junto com ele tentando entender as razões que o levaram a ter um cadáver em sua casa.
?????????
Ao matar seu colega de quarto, Lucas se vê num tremendo beco sem saída. Simplesmente sem saber como lidar com a situação, se devia se entregar ou sumir com o corpo. Mais do que uma história sobre um assassinato, o enredo vai encaminhando o leitor para o passado, tanto da vítima quanto de Lucas. Vai sendo exposto que, TALVEZ, o assassino não seja tão cruel e a vítima não seja tão boazinha.
?????????
O leitor é, com toda certeza, induzido a escolher um lado. Particularmente, eu odeiei o Lucas, ele é sem dúvidas um cara egoísta, arrogante e egocêntrico, que só pensava em si mesmo e no seu próprio bem estar. Passei boa parte do livro torcendo contra ele, pois achava suas motivações fúteis e cada vez mais idiotas.
?????????
Contudo, é inegável que durante o desenrolar do livro, vamos entendendo mais o todo. Não apenas as razões do Lucas, mas quem realmente era sua vítima por trás da máscara de bom moço. Sarian conseguiu criar um tremendo Thriller Psicológico, pois sua capacidade de bagunçar a mente do leitor é fenomenal.
?????????
Apesar do tema forte, a obra é bem leve e fácil de ler. Além de curta é bem cômica, impossível não rir com as trapalhadas do Lucas. Um livro que indico de olhos fechados!
comentários(0)comente



1 encontrados | exibindo 1 a 1