Estrela Vermelha Sobre o Terceiro Mundo

Estrela Vermelha Sobre o Terceiro Mundo Vijay Prashad




Resenhas - ESTRELA VERMELHA SOBRE O TERCEIRO MUNDO


6 encontrados | exibindo 1 a 6


Joao 25/12/2021

Explosão de informação porém exige senso crítico
A proposta desse livro me interessou muito. É falar da revolução russa mas por meio de um prisma que eu nunca tinha visto. Não detalha tanto sobre a mesma mas foca na influência que ela teve na conjuntura política, social e até artística nos países de terceiro mundo.

Então vemos a influência da revolução soviética em países da Ásia central (Uzbequistão, Turcomenistão, Mongólia, Indonésia, Índia), Oriente Médio (principalmente no Iraque) e América Latina (com focos em Cuba, México e Peru). O mais interessante é que essa influência transcende a política e atinge também as artes, com nomes como Diego Rivera, Orozco, Mariategui e de muitos outros. Outro ponto bem bacana é a questão feminina dentro da ebulição da revolução e a luta pelos direitos femininos sendo encaixada nas questões políticas. Nomes como Alexandra Kollontai e Naciye Hanim são lembrados e trabalhados de maneira sublime com trechos de obras e dos discursos das mesmas.

Porém, apesar de reconhecer a qualidade e embasamento das análises de Vijay Prashad, alguns pontos me incomodaram. Senti que o autor "passou muito pano" para alguns erros grotescos ocorridos nesse período. As que mais me incomodaram foram: a questão do Mar de Aral, A luta antifascista espanhola (que a URSS Stalinista praticamente quebrou a resistência das milícias comunistas locais, fato mostrado de maneira bem bacana no filme Terra e Liberdade, do Ken Loach) e o pacto Molotov - Ribbentrop. Todos esses são encarados como um tipo de "mal necessário" e eu não sei até que ponto isso poderia ser utilizado como uma argumentação relevante.

De qualquer modo, para eleitores com um senso crítico razoável, eu recomendo muito a obra, justamente por focar nesse aspecto menos explorado desse período histórico e desse modo, o livro funciona como uma maravilhosa exposição de informações interessantes.
Porém é uma leitura que só indico para quem se interessa sobre o assunto. É um livro carregado de informações políticas e históricas e que pode ser enfadonho para quem não goste muito desse tipo de temática.
comentários(0)comente



vivi 21/08/2021

perfeito
Não é porque a URSS desapareceu que significa que não teve méritos. Ela nos forneceu a garantia de que um Estado operário e camponês pode existir, que pode criar políticas para beneficiar as massas populares, em vez de apenas os ricos, que pode curar e educar em vez de simplesmente fazer morrer de fome e matar.
comentários(0)comente



Pacaterra 16/08/2021

Livro fundamental
Estrela Vermelha sobre o Terceiro Mundo aparece como um livro fundamental para discutir a dimensão que a Revolução Russa teve durante todo o Século XX. Para aqueles que já possuem algum conhecimento sobre a historia do Século XX e do movimento comunista, o livro não apresenta uma tese inovadora, e nem é "um estudo abrangente", como ressalta o autor. O livro se destaca justamente por possuir, segundo Prashad, "uma grande esperança": lembrar o papel fundamental que a revolução social iniciada na Rússia desempenhou nas lutas de todos os trabalhadores e povos oprimidos pelo mundo, lutando em cada canto contra o colonialismo, o fascismo e o imperialismo.

Prashad consegue em poucas páginas sintetizar como a Revolução de Outubro elevou a moral dos povos que lutavam por independência, mostrando que era possível a construção de uma nova sociedade, dando concretude ao sonho de uma sociedade que não estava assentada na exploração do homem pelo homem. Camponeses pelo mundo vislumbraram a possibilidade de libertarem-se de laços feudais e da exploração cruel vivenciada em diversos países. Povos que conviviam há décadas ou séculos sob brutal domínio colonial, como a Índia e a China, puderam se inspirar na luta dos bolcheviques em busca de libertação. Em resumo, a URSS demonstrava que "não havia espaço no marxismo para a ideia de que certas pessoas precisavam ser governadas porque eram inferiores racial ou socialmente" (p. 99).

O marxismo-leninismo se transformou assim na mais poderosa arma na luta contra o imperialismo, pois golpeava as bases da ideologia colonialista. Foi, por isso, determinante nas diversas lutas por libertação nacional nos países africanos, como Moçambique, Angola, Burkina Faso, Argélia etc., na luta contra o fascismo antes, durante e depois da Segunda Guerra Mundial, desde a Espanha franquista, passando pela derrota do nazismo, e sendo crucial para a vitória de outras revoluções sociais, como China, Vietnã e Cuba.

Assim como Domenico Losurdo, Prashad faz um balanço crítico do Século XX fugindo da leitura dominante que predominou desde a derrota do campo socialista na década de 90: sem negligenciar a importância de um olhar crítico sobre o socialismo real, consegue demonstrar como a vitória de 1917 abriu o caminho para que trabalhadores de todo o mundo pudessem encontrar naquela experiência lições para levar adiante suas lutas por emancipação.
Ricardo Santos 17/08/2021minha estante
Ótima resenha. Estou lendo Balas de Washington. Estrela Vermelha tá na minha lista de próximas leituras.




Lari 25/05/2021

Maravilhoso estudo sobre a URSS
Dutt apontou que a ?revolta contra a ciência?prepara o terreno para ?todas as mentiras e charlatanices, chauvinismo, teorias raciais, antissemitismo, avós arianas, suásticas místicas, missões divinas, homens fortes e salvadores, e todos os absurdos através do qual o capitalismo hoje pode tentar manter seu domínio por mais tempo?. O racismo, a raiz do colonialismo e do fascismo, não era ?insano?, escreveu Dutt, mas ?completamente racional e calculado?.
comentários(0)comente



Victor.Albuquerque 19/03/2021

Curto e incrível
Prashad tem a incrível capacidade de abordar temas complexos em poucas páginas. Seus livros são ricos em histórias bem amarradas.
Esse livro é surpreendente, desmistifica muitos mitos e abre nossa mente para os movimentos e revoluções do terceiro mundo e dos povos oprimidos pela sua emancipação
comentários(0)comente



Ramon 21/07/2020

Excelente!
Prashad faz uma excelente abordagem sobre a influência da revolução da URSS sobre os países do terceiro mundo. O livro pode ser encarado como uma ótima porta de entrada para o entendimento dos processos revolucionários.

A ótica analisada por Vijay expõe a nocividade das politicas fascistas e colonialistas e releva a importância da análise política regional.

Ainda expõe em sua conclusão alguns pontos cruciais que levaram a URSS ao colapso.
comentários(0)comente



6 encontrados | exibindo 1 a 6


Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com a Política de Privacidade. ACEITAR