Chão de Vento

Chão de Vento Flora Figueiredo




Resenhas - Chão de Vento


15 encontrados | exibindo 1 a 15


Celia 17/01/2012

Chão de Vento
Eu não conhecia a Flora Figueiredo, mas achei esse livro lindo! Ela tem um jeito gostoso de fazer poesia, uma delicadeza de sentimentos e uma escolha sensível das palavras. Este é mesmo um livro muito bom.

"Não deixe portas entreabertas.
Escancare-as ou as bata de uma vez.
Porque por meias entradas entram meias felicidades."
(Flora Figueiredo)
comentários(0)comente



Mariane 11/03/2012

Cada palavra tem uma forma
Uma amostra da obra:

"A Lembrança é um barbante.
Uma ponta amarrada no começo da história,
outra, em nosso tornozelo.
Se o fio estica muito, mal dá para continuar.
É a linha da Memória que vai ficando puída,
a da Lembrança, não.
Feita de fibra grossa,
não afrouxa até que um anjo venha desatá-la
e a transforme numa corredeira de estrelas.
E quanto mais a corredeira foi comprida,
tanto mais rica há de ter sido a vida." -Amarras (página 43)

Flora é um nome bonito para uma poetisa e serve de ilustração para seus poemas.

À primeira folheada de páginas, não gostei do seu jeito de escrever. Mais uma prova de que a primeira impressão não é a que fica.
Outra hora, distraída e um tanto mais atenta, lendo delicadamente seus poemas, me deixei levar pelas sensações e tons soprados pelas palavras.

Me encantei com a maneira que a autora consegue tocar o leitor. A simplicidade sólida e fina presente em sua obra faz pensar que, ao mesmo tempo que ela inventa, também conta seus momentos e transcreve aflições, sabedoria e observações.
comentários(0)comente



Candiani 24/06/2013

Além da poesia
Surpreendente. Toda poesia esconde um segredo, um mistério. Flora Figueiredo ilustra bem isso, quando não dedica a poesia a alguém - e quando isso acontece é apenas ao primeiro nome da pessoa - deixa a cargo do leitor fazer as interpretações e descobrir o que a inspirava naquele momento. Tem poesia sobre ser mãe, sobre ver os filhos crescerem, sobre amar e não ser amada, sobre política, sobre a própria construção do livro, sobre as artimanhas do tempo, enfim, sobre um milhão de coisas.

Tudo isso, escrito com uma notável simplicidade, sem se importar muito com a teoria da poesia. É a escrita pela escrita, descompromissada, escrevendo sobre tudo e qualquer tema. Com isso ela consegue fazer você refletir entre uma página e outra, parar para pensar mesmo e traçar um paralelo com a maneira que você vive pra saber se está vivendo da maneira certa, de uma forma simples, mas rica.

Minha edição é uma disponibilizada pelas escolas, pelo projeto apoio ao saber, e devido a isso, imagino que esse livro anda empoeirado em muitas estantes São Paulo afora, o que é triste, porque é magnífico. Tenho que confessar que não gosto de ler poesia. Mas... é porque as escrevo e tenho uma ideia mal-formada de que lendo-as, prejudico a minha forma de escrever. Mesmo assim, me entreguei a chão de vento e um dia foi o suficiente para lê-lo e ao fim vem aquela sensação de vazio e um sentimento de... nossa!
comentários(0)comente



Lari 12/06/2015

Poesias
Os poemas da Flora Figueiredo neste livro são incríveis, pois elas passam uma leveza que é digna de seu título, pois você se sente flutuando nesta leitura, cada poema traz uma sensação diferente, recomendo muitíssimo.
comentários(0)comente



Theus 15/01/2015

Chão de vento
Andar em chão de vento é se deparar com tamanha leveza, que numa fugaz suavidade, nos faz repensar o sentido do íntimo de cada situação.
comentários(0)comente



Prosasuzana 02/03/2012

São poemas gostosos de se ler, ainda mais que são escritos por uma (talentosa) mulher. Refletem muito mais as paixões, desejos e modo de ver a vida. São pensamentos (fofos) que até as mulheres mais frias se identificarão.
comentários(0)comente



Deborah Nunes 02/11/2013

Chão de Vento
Amei o jeito que a Flora escreve, poesias simples que tocam o coração que mexe com a sua estrutura, livro ótimo e a cada poesia um rumo novo que não perde o encanto.
Te inspira, te apaixona, te deixa suspense para adivinhar a história das poesias.
Gostei muito e recomendo com certeza !
comentários(0)comente



Mih 03/04/2013

conheça o lado poético que há em você.
"Como definir os poemas deste livro? Flora Figueiredo, elogiada por Caio Fernando Abreu, Ferreira Gullar e Antonio Alçada Baptista, entre outros, é mais que apenas uma voz feminina em nossa poesia. Apaixonada, irreverente picante, sedutora, e cúmplice, ela nos leva pelo mundo das palavras como se fizesse música."
comentários(0)comente



Nena 31/08/2018

Um livro para a alma. Sutil, delicado como um livro de poesias pode ser. Para quem não tem o hábito da leitura de poesias, é uma ótima oportunidade para começar a aquirí-lo. Gostei muito de Gangorra, Condenação, Indomável, Motim, Consenso. Adquiri o livro no "Porto do Saber", li em 2 hrs e já estou repassando para que outros possam ter o prazer de trazer alimento para a alma com esse livro encantador.
comentários(0)comente



Sara.Meira 21/11/2017

Poesia leve!
Um livro delicado e sutil, com poemas leves e de leitura fácil. Super recomendo, até mesmo quem não é fã de poesia acredito que se identifique com algum poema.
comentários(0)comente



Felipe.Oliveira 26/03/2017

A leveza que sustenta
Em "Chão de Vento" a nossa poeta, traz temas simples, só que tratados com elegância e versos muitas vezes deliciosos de se ler, nostálgicos e simbólicos. A ideia de um chão, traz consigo uma paradoxilidade, muito bem traduzida no texto em verso, onde consigo determina uma ideia de uma base leve, mas com autossuficiência e firmeza, capaz de nos envolver completamente.
comentários(0)comente



danilosoares 13/04/2014

Chãos de Vento
Gostei do livro da Flora Figueiredo, traz a reflexão em suas poesias com um toque de sensualidade, puxado um pouco mais para o lado feminino. Imposta pela autora de uma forma boa.

site: www.florafigueiredo.com/
comentários(0)comente



Mi 21/06/2016

Simplicidade maravilhosa
Quem ganhou esse livro da escola e ainda não leu, só digo uma coisa: leiam! Esse livro é maravilhoso e eu ouso dizer que é o melhor livro de poemas que eu li nos últimos tempos. Nunca tinha ouvido falar dessa autora e achei esse livro junto com outros livros jogados na rua e o li em poucas horas. Os poemas são de uma paz e leveza surpreendentes e sempre tratam de temas cotidianos de uma maneira simples, mas maravilhosa, fazendo-nos enxergar a beleza que sempre existe por trás de pequenos acontecimentos da vida! Recomendo!
comentários(0)comente



Tuddy 14/05/2014

Encantador.
Titulo: Chão de Vento Autora: Flora Figueiredo. Editora: Geração Editorial. Ano: 2011. Páginas: 91.
Nota: ♥♥♥♥♥.
Sinopse: Como definir os poemas deste livro? Flora Figueiredo, elogiada por Caio Fernando Abreu, Ferreira Gullar e Antonio Alçada Baptista, entre outros, é mais que apenas uma voz feminina em nossa poesia. Apaixonada, irreverente, picante, sedutora e cúmplice, ela nos leva pelo mundo das palavras como se fizesse música.
Encontrar a poesia que há em si, é o que resume cada frase desse belo livro. Flora Figueiredo conseguiu transformar as poesias que nesse livro se encontram, em mistério, em desejo, em amor e até mesmo em felicidade. Poesia só é boa quando bem escrita e é devido a isso que ela foi até elogiada por tantos nomes consagrados de nossa literatura.

Flora faz poesias sobre diversos encantos, como amar e não ser amada, sobre livros e até mesmo de ser mãe e sobre mãe. É um livro que te faz refletir, pensar bem, nas escolhas e nos momentos da vida, no futuro, no presente e até mesmo no passado.

Recebi essa edição do governo e acredito que assim como várias pessoas, recebem os livros e nem os olham, porém por gostar tanto de poesia, acabei me arriscando a ler e me apaixonei. O que tenho a dizer? Esse é um daqueles livros que te deixam com uma sensação de que falta algo e que está presente nos encantos de cada poesia escrita.

A cada livro, um universo diferente. E a cada universo, uma poesia que renasce nos seus poemas, versos que calam profundamente. (Pg. 13)

Esta resenha pertence ao blog Marca Provisória e encontra-se aqui:
http://marcaprovisoria.blogspot.com.br/2014/01/resenha-chao-de-vento-flora-figueiredo.html
comentários(0)comente



Yago 24/05/2012

Um livro de poemas bem interessantes
Um livro bem legal... Com poemas de Flora Figueiredo, onde ela expressa sentimentos aleatórios da vida cotidiana dela. Vale a pena ler quem gosta de poesias
comentários(0)comente



15 encontrados | exibindo 1 a 15