A Redenção do Rebelde

A Redenção do Rebelde Lexi C. Foss




Resenhas - A Redenção do Rebelde


2 encontrados | exibindo 1 a 2


dayukie 31/12/2019

Resenha completa no blog
"[...]
Desconfiança, decepções, mentiras, segredos, amor, redenção e amadurecimento.
Um livro fofo, com um toque de erotismo, muito amor e aprendizado. Foi isso que a autora nos fornece nesse livro e eu adorei.
Os personagens me conquistaram, principalmente o pequeno Jamie. Sua inteligência e preocupação com a tia me cativaram totalmente.
A forma como Avery luta por seu sobrinho foi outro ponto forte na história. O amor dela por uma criança que é de sua irmã, a forma como ela abriria a mão de tudo por ele e o defende com unhas e dentes foi um bom exemplo do “ser mãe”.
Além disso, também temos a sensibilidade de Wyatt. Apesar da desconfiança inicial (justificável por conta de toda a história que cerca a irmã de Avery e ele) dele em relação a tudo, a cada dia que ele passava com essa família, mais ele os conhecia e também mudava, ia amadurecendo e desejando ser alguém melhor, e eu amei acompanhar isso nele.
É um bom livro. A capa não é algo atrativa e com certeza precisa de uma revisão final, apesar da diagramação estar boa. A leitura é bem fluída, tivemos um vislumbre do futuro dos casais dos livros anteriores, a escrita é gostosa e adorei o fato de a autora ter escrito em primeira pessoa e intercalando os pontos de vista. Queria um ponto de vista do Jamie? Claro que sim, mas tudo bem, o que tivemos dele foi bom o bastante para mim.
Não digo que entrou para os favoritos do ano, mas com certeza amei demais essa história e mal posso esperar pelo próximo livro."

Resenha completa no blog

site: http://bit.ly/ARedencaoDoRebelde
comentários(0)comente



Bya/ @thebook_andthegirl 25/05/2020

Alguns rebeldes são muito mais do que mostram.
"A verdade pode ser cruel, mas não é maldosa de propósito."
?
?
Quando Avery Perry recebeu a notícia de que sua irmã tinha sido encontrada morta em um banheiro de uma boate por conta de overdose, não contava que sua vida mudaria drasticamente. Mesmo que nunca tenham tido uma relação estável, Jean tinha lhe presentado com o que para ela, é a melhor coisa de sua vida: o pequeno e apaixonante Jamie.
?
Quatro anos... Esse é o tempo que ela dedicou cuidando do filho de sua irmã. Abriu mão de seus por ele, se esforça dia após dia por ele - afinal Jamie merece o melhor dela, do mundo. O que ela mais quer é adotá-lo, ter a guarda definitiva dele para si; porém quando o pai do garoto aparece, tudo pode ser perdido. Estaria Avery disposta a abrir mão da única pessoa que mais amou em sua vida?
?
?
Wyatt Mershano durante quatro anos pagou pelo silêncio de Jean Perry, achava que isso evitaria ter o pequeno Jamie exposto a mídia. Mas ao descobrir a morte da mãe de seu filho, ele decidi ir atrás de seus direitos. Jamie é seu filho, e agora mais que nunca ele quer o garoto. Mas quando conhece Avery Perry e vê toda a dedicação, devoção e amor que ela tem pelo garoto, tudo parece mudar.
?
Deveria ser simples. Dois meses era tudo o que ele precisava para provar que Avery era tão mentirosa quanto sua irmã. Mas quanto mais os dias passam, mais Wyatt tem certeza de que tanto ele quanto Avery foram enganados pela mesma pessoa. E quem diria que o rebelde Mershano iria descobrir que nada é mais importante que família e amor?
?
?
Pensem em um livro que eu estava desesperada para ler, queria entender e desvendar quem era Wyatt Mershano... Mas não estava preparada para ser tão surpreendida assim. Lexi C. Foss mais uma vez conquistou meu coração, me fez devorar o livro em um par de horas e quando finalizei só sabia suspirar e ansiar por mais.
?
?
Narrado tanto por Wyatt quanto por Avery, eu me apaixonei rapidamente por ambos, torci por eles e fui conquistada pelo pequeno Jamie. Marcado por um passado que ainda dói, Wyatt foi aquele personagem que precisa somente de uma chance para mostrar quem é de verdade: sincero, debochado, um pai dedicado e apaixonado pelo filho - muito mais do que o mero rebelde que a mídia pintava. Já Avery é uma força da natureza: forte, determinada, honesta e sincera; não pensou duas vezes em abrir mão de seus sonhos para se dedicar ao filho de sua irmã.
?
?
A química entre o casal é palpável, são intensos mas não querem se entregar facilmente - sem confiança, sem envolvimento e eu amei isso. A base que eles construíram no decorrer da história foi simplesmente perfeita - afinal tudo aconteceu no momento certo, naturalmente e sem que percebessem, acabaram de tornando uma família.
?
?
Mas em contrapartida devo ressaltar que a dramatização por parte de Avery me deixou um tanto desconfortável - afinal ela se diminuía, menosprezava tudo o que fez por Jamie, se colocando somente como somente a "Tia A"; sendo que na verdade ela era a "Mãe" dele: criou, amou, cuidou, se dedicou, o colocou a frente de tudo em sua vida. Entendo como ela se sentia, mas não concordo e essa dramatização acabou sendo desnecessária, dado que percebemos que sim, ela é muito mais que uma tia, Wyatt sabia que ela era mãe. Mas tirando essa ressalva, foi uma leitura deliciosa, envolvente, viciante e bem... Clichê. Agora me resta esperar a história de Garret (o advogado mais arrogante, insuportável e intrigante) e a caçula Mershano - que pelo pouco que podemos ver, serão um casal gato e rato, com mágoas de um passado.
comentários(0)comente



2 encontrados | exibindo 1 a 2