Luxúria: Como Ela Mudou a História do Mundo

Luxúria: Como Ela Mudou a História do Mundo Mauricio Horta


Compartilhe


Luxúria: Como Ela Mudou a História do Mundo (Os Sete Pecados #1)





"Quem nunca pecou que atire a primeira pedra”, já disse Jesus lá na Bíblia. Mas, dependendo da intenção de quem jogasse, também seria considerado um pecador. Se lançasse a pedra com raiva, com certeza teria agido com Ira. Se sentisse prazer com o ato, cairia na Luxúria. Se a pedrada fosse por causa de uma dívida, seria um gesto de Cobiça. Se a razão fosse ficar com os bens da vítima, seria Inveja. Se o motivo fosse aparecer perante os outros, olha aí a Vaidade. Se precisasse beber para tomar coragem, cometeria a Gula. E até quem não conseguisse atirar, por ter se atrasado ao apedrejamento, mesmo assim pecaria por ter cedido à Preguiça.

Evitar os sete pecados capitais não é uma tarefa das mais fáceis. É por isso que a nossa trajetória está
repleta deles. Saber como moldaram a história do mundo, como foram criados e modificados ao longo
do tempo é entender onde estamos e aonde queremos chegar.

Dos liberais templos pagãos da Grécia aos falsos pudores medievais. Dos encantos dos portugueses
pelas índias às revoluções sexuais dos tempos modernos, deixemos os pudores de lado para
mergulhar com gosto na Luxúria, que talvez seja o mais tentador de todos os pecados.

História do Brasil / História Geral / Não-ficção / Sociologia

Edições (1)

ver mais
Luxúria: Como Ela Mudou a História do Mundo

Similares

(12) ver mais
Inveja: Como Ela Mudou a História do Mundo
As Escolhas de Warren Buffet
Vida e época de Kid Trovão

Resenhas para Luxúria: Como Ela Mudou a História do Mundo (1)

ver mais
on 25/7/16


O livro faz uma incursão basicamente descritiva na histórica do comportamento sexual humano desde o período pré-histórico aos tempo atuais. Tal como ocorre no livro Sexo e Religião, o autor não deixa de associar luxúria às sucessivas barreiras ético-religiosas que se ergueram desde sempre, ora enfatizando determinados comportamentos, ora coibindo outros. Essa inevitabilidade da relação muitas vezes antagônica entre sexo e preceitos religiosos de vários matizes não é muito bem analisada... leia mais

Estatísticas

Desejam16
Trocam8
Avaliações 3.7 / 38
5
ranking 24
24%
4
ranking 42
42%
3
ranking 29
29%
2
ranking 5
5%
1
ranking 0
0%

37%

63%

Dea Jocys
cadastrou em:
30/03/2015 15:10:22
Jim
editou em:
10/09/2019 20:32:08

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com a Política de Privacidade. ACEITAR