Marília de Dirceu

Marília de Dirceu Tomás Antônio Gonzaga


Compartilhe


Marília de Dirceu (Clássicos Melhoramentos)


Texto Integral




Sob o pseudômio de Dirceu, Tomás Antônio Gonzaga declara em suas liras o amor pela adolescente Maria Joaquina Doroteia de Seixas, chamada, nos poemas, de Marília. De caráter autobiográfico, Marília de Dirceu carrega um tom de confissão amorosa no qual a musa convive com a presença marcante da exaltação da natureza e da vida pastoril. Escrita, em sua maior parte, durante o exílio do autor, por seu envolvimento na Inconfidência Mineira, a obra apresenta também traços pré-românticos, como o pessimismo, a solidão, a saudade e a amargura.

Poemas, poesias / Literatura Brasileira

Edições (32)

ver mais
Marília de Dirceu
Marília de Dirceu
Marília de  Dirceu
Marília de Dirceu

Similares

(13) ver mais
Um Poema Para Bárbara
Poemas Escolhidos de Gregório de Matos
Apologia de Sócrates
O Príncipe

Resenhas para Marília de Dirceu (21)

ver mais
Meia-boca.

Com suas liras, propostas árcades e bucolismos, Tomaz Antônio Gonzaga cria um clássico da literatura brasileira. Indubitavelmente. O fato é que achei uma proposta tão ilusória, chata e fantasmagórica, que não me tocou. Fora que, Gonzaga não foi, nem de longe, um Dirceu à procura de sua Marília. ... leia mais

Estatísticas

Desejam79
Trocam111
Avaliações 3.1 / 1.519
5
ranking 14
14%
4
ranking 18
18%
3
ranking 36
36%
2
ranking 21
21%
1
ranking 10
10%

24%

76%

sarinha
cadastrou em:
30/09/2015 21:54:18