Memória por correspondência

Memória por correspondência Emma Reyes


Compartilhe


Memória por correspondência





Em 23 cartas enviadas entre 1969 e 1997 a seu amigo e confidente Germán Arciniegas, a artista plástica Emma Reyes relata as adversidades que viveu durante sua infância na Colômbia. Emma era filha ilegítima e, nesta autobiografia epistolar, conta desde suas lembranças mais antigas até o momento em que deixou o convento onde passou sua juventude, sem ao menos saber ler. Estes textos não só expõem um belíssimo relato pessoal, mas também descrevem o contexto da sociedade colombiana na década de 1930. Emma Reyes foi vítima de uma sociedade hipócrita e do mundo sombrio das comunidades religiosas, mas isso não impediu que ela construísse uma reconhecida carreira artística na França quando adulta.

Biografia, Autobiografia, Memórias

Edições (1)

ver mais
Memória por correspondência

Similares


Resenhas para Memória por correspondência (2)

ver mais
Impressionante Emma, que jornada!
on 15/4/18


Emma conta sua infância com enriquecidoa fatoa, detalhea de tirar o chapéu Não recai no piegas, nem sentimentalismo, muito menos a nostalgia. Aqui recordar é despertar as pessoas, as lembranças positivas e negativas (muitas!). É sentir compaixão com surpresa de tudo lge passou. É voltar a ser criança com suas inocência. É crescer e ir conhecer o mundo "lá fora". De brilhante surpresa no final temos o cunho investigado e detalhado doa fatoa de vida dela pós cartas e muitas perguntas r... leia mais

Vídeos Memória por correspondência (1)

ver mais
Literatorios #067 - Memória Por Correspondência

Literatorios #067 - Memória Por Correspondênc


Estatísticas

Desejam39
Trocam1
Avaliações 4.2 / 24
5
ranking 33
33%
4
ranking 63
63%
3
ranking 0
0%
2
ranking 4
4%
1
ranking 0
0%

20%

80%

aidastockler
cadastrou em:
17/02/2016 14:34:43
Pri Paiva
aprovou em:
17/02/2016 15:37:20