Morto Não Fala

Morto Não Fala Marco de Castro


Compartilhe


Morto Não Fala


E Outros Segredos De Necrotério




Jornalista e cronista policial, Marco de Castro tem uma longa experiência cobrindo crimes para jornais e portais na maior cidade do país. Ele conhece a noite cruel de uma metrópole como poucos e mantém um trânsito constante entre os becos da cidade, onde histórias começam e são resolvidas em silêncio, e o IML. Esta mesma visceralidade transparece em sua ficção. Cronista disfarçado de contista, Castro transpõe para a literatura as mazelas e questionamentos da cidade, onde a crueza, a maldade, o racismo e as demais manifestações do grotesco ganham o olhar deste atento observador. Para entrar em seu universo, é preciso estar preparado — ou ter um impulso irrefreável pela dor e pelo sofrimento.

Nossa viagem pelo tenebroso universo construído pelo autor começa em companhia de Jucélia, mulher negra, estudante de medicina. Acima de tudo, uma batalhadora. Como muitos estudantes selecionados por um programa de cotas, Jucélia não é unanimidade afetiva em sua turma, sobretudo para os integrantes mais privilegiados — e brancos — da faculdade, que fazem questão de demonstrar o quanto a desprezam. Não bastasse a necessidade de confrontar essa animosidade gratuita durante as aulas, Jucélia enfrenta dilemas parecidos ao atravessar os portões da faculdade, nas ruas, muitas vezes em seu próprio círculo mais íntimo. Sobrevivente de uma história de racismo que grande parte do Brasil ainda nega existir, Jucélia se fortalece com o que tem de melhor: a esperança de dias melhores.

Em uma noite de estudos práticos na sala de necrópsia, ela acaba tendo um encontro solitário com um velho conhecido dos estudantes. Val é um cadáver, tem a cor de um pedaço de carne que saiu do forno e está morto há muitos anos. Mas com Jucélia, ele se sente seguro para contar tudo.

Morto Não Fala E Outros Segredos de Necrotério é um mergulho abissal nas histórias mais perturbadoras da capital paulista. Com olhar de câmera de vigilância, Castro capta as cenas mais atrozes, violentas e imorais, que surgem em seus contos como espelho e personificação de uma realidade documentada pelo seu olhar atento e urgente.

Parceiro do cineasta Dennison Ramalho, Castro colaborou com a transposição de dois contos seus para as telonas. Além do brutal Ninjas (2010), a dupla trabalhou junto na obra que redefiniu o cinema nacional de gênero, Morto Não Fala (2019), adaptado a partir do conto de mesmo nome, e que está presente em uma das histórias de Val. Mas esta é apenas uma das criações impactantes do livro. Com um desfecho fulminante, os segredos que Marco de Castro decidiu contar vão virar o leitor pelo avesso, e lhes fazer companhia por um bom tempo, mesmo que tente esquecê-los.

Ao longo de seus nove anos, a DarkSide® Books cultivou muitos talentos brasileiros e agora se prepara para uma nova safra neste Halloween: Marco de Castro chega junto a mais sangue nacional na casa. Neste Dia das Bruxas tão especial, os leitores vão conhecer também novas obras de Bruno Ribeiro, Verena Cavalcante e Paula Febbe. O sangue corre quente na literatura nacional.

Ficção / Suspense e Mistério / Terror

Edições (1)

ver mais
Morto Não Fala

Similares


Estatísticas

Desejam37
Trocam
Informações não disponíveis
Avaliações 4.8 / 2
5
ranking 100
100%
4
ranking 0
0%
3
ranking 0
0%
2
ranking 0
0%
1
ranking 0
0%

14%

86%

Bia Bulgarelli
cadastrou em:
07/10/2021 10:35:28
Valak
editou em:
07/10/2021 15:09:28

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com a Política de Privacidade. ACEITAR