O Falcão de Esparta

O Falcão de Esparta Conn Iggulden


Compartilhe


O Falcão de Esparta





Na Idade Antiga, um exército era mais temido que todos os outros. Esta é a história deles. 401 a.C. O rei persa Artaxerxes governa um império que se estende do mar Egeu até o norte da Índia. Seus súditos chegam a quase cinquenta milhões de pessoas. Ele reina absoluto.Os filhos de Esparta, aqueles cujos pais e avôs pereceram nas Termópilas e na Guerra do Peloponeso, trabalham como mercenários para príncipes persas ávidos em se engajar em guerras de tronos. Quando o príncipe Ciro, o Jovem, irmão do Grande Rei, resolve reivindicar a coroa, parte nessa empreitada com um exército de dez mil desses mercenários.A questão é que uma guerra inteira pode ser perdida com um único golpe: como o que acabou com a vida do príncipe. Assim que a poeira da guerra civil baixa, os mercenários se veem encurralados no coração do império inimigo, sem apoio, sem comida e sem água. Longe de casa, rodeados de adversários, cabe ao jovem ateniense Xenofonte liderar os sobreviventes numa guerra contra os lendários guerreiros persas de Artaxerxes.Baseado numa das aventuras mais épicas da história, O Falcão de Esparta retrata com maestria a ferocidade, o heroísmo e a selvageria que caracterizaram o Mundo Antigo. “O ritmo é de roer as unhas.” – The Times“Seu melhor livro até hoje. As cenas de batalha são eletrizantes.” – Sunday Express"Uma história de heroísmo e sofrimento, honra e traição, na qual a vida de qualquer um pode se extinguir pela ponta de uma flecha ou com um golpe de cópis." – Kirkus Reviews

Ficção / História

Edições (1)

ver mais
O Falcão de Esparta

Similares

(56) ver mais
Portões de Fogo
O Escudo de Talos
Lo scudo di Talos
Talos De Esparta/Thallus of Sparta

Resenhas para O Falcão de Esparta (5)

ver mais
Decepcionante
on 24/11/21


Resenha do livro O Falcão de Esparta, de.Conn Iggulden, publicado pela @editorarecord . Terminei o livro, se eu achava q seria uma duologia ou trilogia me enganei. Iggulden, em que pede ser um ótimo escritor, na minha opinião fez um livro raso e sem profundidade, mesmo com todo material disponível para pesquisa (o relato de Xenofonte dos fatos, seu relato posterior da situação política da Grécia e Pérsia, os relatos de Plutarco, etc). Ele se ateve a um mero resumo, omitindo e alterando... leia mais

Estatísticas

Desejam12
Trocam
Informações não disponíveis
Avaliações 3.5 / 22
5
ranking 23
23%
4
ranking 41
41%
3
ranking 14
14%
2
ranking 23
23%
1
ranking 0
0%

66%

34%

Eduardo
cadastrou em:
08/09/2021 23:50:45
Eduardo
editou em:
08/09/2021 23:55:42

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com a Política de Privacidade. ACEITAR