O Gato Malhado e a Andorinha Sinhá

O Gato Malhado e a Andorinha Sinhá Jorge Amado


Compartilhe


O Gato Malhado e a Andorinha Sinhá





O temperamento do gato malhado não era dos melhores. Sua fama de encrenqueiro era tanta que, quando ele aparecia no parque, todos fugiam: a galinha carijó, o reverendo papagaio, o pato negro, a pata branca, mamãe sabiá, os pombos, os cães. Até as flores se fechavam à sua passagem. Ao descobrir que todos os bichos tinham medo dele, o gato fica arrasado. Mas logo retoma sua indiferença habitual, pois não se importa com os outros.

O que ele não sabia é que havia alguém que não tinha nem um pouco de medo dele: a andorinha Sinhá. Num dia de primavera, o gato percebe que ela foi a única que não fugiu quando ele apareceu. A andorinha justifica sua coragem: ela voa, ele não. Desde aquele dia a amizade entre os dois se aprofunda, e no outono os bichos já vêem o gato com outros olhos, achando que talvez ele não seja tão ruim e perigoso, uma vez que passara toda a primavera e o verão sem aprontar.

Durante esse tempo, até soneto o gato escreveu. E confessou à andorinha: “Se eu não fosse um gato, te pediria para casares comigo…”. Mas o amor entre os dois é proibido, não só porque o gato é visto com desconfiança, mas também porque a andorinha está prometida ao rouxinol.

Com grande lirismo, a história do amor de um gato mau por uma adorável andorinha assume aqui o tom fabular dos contos infanto-juvenis. Além de se transformar em um improvável caso de paixão, a narrativa mostra como duas criaturas bem diferentes podem não apenas conviver em paz como mudar a maneira de ver o mundo.

Edições (7)

ver mais
O Gato Malhado e a Andorinha Sinhá
O Gato Malhado e a Andorinha Sinhá
O Gato Malhado e a Andorinha Sinhá
O Gato Malhado e a Andorinha Sinhá

Similares

(9) ver mais
Era uma vez Dom Quixote
Bullying
Dez bons conselhos de meu pai
Gol!

Resenhas para O Gato Malhado e a Andorinha Sinhá (38)

ver mais
on 13/7/10


Não há palavras pra explicar a minha paixão por esse livro. Eu acho tudo muito lindo; desde o enredo até a forma que foi escrito. Não houve nenhuma vez que eu tenha lido esse livro sem desabar em lágrimas. É o meu lado romântico, bobo e apaixonado. Eu me odeio por ter perdido a minha cópia pela casa.... leia mais

Estatísticas

Desejam95
Trocam23
Avaliações 4.0 / 1.182
5
ranking 45
45%
4
ranking 26
26%
3
ranking 20
20%
2
ranking 7
7%
1
ranking 2
2%

21%

79%

Tito
cadastrou em:
06/01/2009 18:22:39