O ser e o tempo da poesia

O ser e o tempo da poesia Alfredo Bosi


Compartilhe


O ser e o tempo da poesia





As palavras "ser" e "tempo", no título deste volume, definem as tônicas dos seis ensaios que o constituem. São ensaios no sentido mais nobre do gênero: jogo criativo da inteligência a mover-se, alerta e sensível, no espaço que vai do geral ao particular; dos parâmetros da essência às formas de sua atualização histórica; do ser ao tempo da poesia. O ser da poesia - a imagem que "busca aprisionar a alteridade estranha das coisas e dos homens"; o som no signo, "a figura do mundo e a música dos sentimentos" recuperadas via linguagem; o ritmo da frase do discurso poético, "imagem das coisas e movimento do espírito". O tempo da poesia - a resposta dos poetas ao estilo capitalista e burguês de viver, desde 'o autismo altivo' do "símbolo fechado" à paródia negativista que "brinca com o fogo da inteligência"; os valores religiosos, éticos e políticos da ideologia a fundarem a unidade de perspectiva na Divina Comédia; Giambattista Vico, "mente poética em tempos analíticos" que investigou "o ser da Poesia, em termos de linguagem", numa abordagem antecipadoramente estrutural.

Alfredo Bosi é professor de Literatura Brasileira da Universidade de São Paulo, autor de ensaios, antologias e obras de historiografia literária, entre as quais a História Concisa da Literatura Brasileira.

Ensaios

Edições (2)

ver mais
O ser e o tempo da poesia
O ser e o tempo da poesia

Similares

(11) ver mais
O Arco e a Lira
Signos em Rotação
O arco e a lira
Mimesis

Estatísticas

Desejam36
Trocam1
Avaliações 4.3 / 85
5
ranking 56
56%
4
ranking 25
25%
3
ranking 16
16%
2
ranking 1
1%
1
ranking 1
1%

35%

65%

Paulo
cadastrou em:
03/12/2009 01:20:48