Os Quatro Amores

Os Quatro Amores C. S. Lewis


Compartilhe


Os Quatro Amores


Edição Especial




Como expressar de maneira profunda um sentimento comumente tratado de forma tão rasa? Para o célebre escritor C.S. Lewis, o amor pode ser comunicado de quatro maneiras: Afeição, a forma mais básica de amar; Amizade, considerada a mais rara; Eros, o amor apaixonado; e Caridade, o maior e menos egoísta deles.

Em Os quatro amores, um de seus livros mais influentes, agora enriquecido por nova tradução, Lewis contempla a essência do amor e avalia como cada tipo se ajusta aos demais. Com a maestria que o tornou um dos autores mais importantes do século XX, ele desafia e incorpora definições clássicas do amor de uma forma que continua atual e relevante. Como lembra o autor, foi por amor que Deus fez existir criaturas inteiramente supérfluas, somente a fim de poder amá-las e aperfeiçoá-las.

Filosofia / Religião e Espiritualidade

Edições (5)

ver mais
Os Quatro Amores
Os Quatro Amores
Os Quatro Amores
Os Quatro Amores

Similares

(33) ver mais
O Peso da Glória
Além do Planeta Silencioso
Cartas latinas
Cartas de um diabo a seu aprendiz

Resenhas para Os Quatro Amores (81)

ver mais
Resenha de Os Quatro Amores

“Amor é fogo que arde sem se ver”. Essa frase é a primeira e carrega o nome de um dos sonetos de Luís Vaz de Camões, talvez o maior escritor da língua portuguesa. No poema, o autor aborda esse sentimento tão enigmático o qual, assim como o fogo, não tem meio termo nem é facilmente controlado. Há todo um diálogo sobre a dualidade a qual nos convida a refletir e tentar entender mais a respeito das profundezas do verbo amar. Nesse contexto, de um gigante da literatura para outro, C. S Lew... leia mais

Estatísticas

Desejam615
Trocam4
Avaliações 4.4 / 1.363
5
ranking 60
60%
4
ranking 30
30%
3
ranking 9
9%
2
ranking 1
1%
1
ranking 0
0%

35%

65%

Srta. Oliver
cadastrou em:
25/07/2017 15:29:11
Júlia
editou em:
27/12/2018 19:10:42