Pelo Ralo

Pelo Ralo Italo Anderson




Pelo Ralo


Poesias que se foram




Um livro de poemas, de histórias escondidas em seus versos, um livro de amor entre a escrita e a leitura, o autor e leitor, a vida e a alegria. Em tom jocoso, Ítalo Anderson convida-nos a um passeio por nós mesmos, para explorarmos nossos amores antigos e recentes, viagens, dúvidas, receios, o vir-a-ser. Metalinguisticamente, propõe a palavra à palvra, jogando, brincando, questionando, refletindo, atualizando conceitos. Jovem, de espírito livre e centrado, o autor repassa seu universo literário, artístico, como um espelho, a refletir o que pensa e sente. Tudo isso provoca no leitor sorrisos, vontade de ir e vir, ficar, amar e estar solitário. Dá uma coisa de ir com o livro Pelo Ralo passear por aí, caminhar numa bela tarde, curtir boa companhia e, sobretudo, boa leitura.

Poemas, poesias

Edições (1)

ver mais
Pelo Ralo

Similares

(15) ver mais
Um cartão
Ilustre Poesia
Gaveta Aberta
Pó de Lua

Resenhas para Pelo Ralo (5)

ver mais
Livro Pelo Ralo (as poesias se foram mesmo... li em um dia).
on 15/9/16


De toda a poesia que já li, percebo que a poesia do livro Pelo Ralo é um pouco difícil de desccrever, é de uma forma delicada, mas também forte quando precisa ser. É gentil, mas às vezes é demasiadamente sincera, de uma forma que pode te fazer chorar. Entre paradoxos e coincidências, está a poesia do Ítalo. Gostei muito!... leia mais

Vídeos Pelo Ralo (2)

ver mais
Pelo ralo - Poesias que se foram | Escritor Ítalo Anderson  #leiapoesia

Pelo ralo - Poesias que se foram | Escritor Í

Pelo Ralo: poesias que se foram

Pelo Ralo: poesias que se foram


Estatísticas

Desejam2
Trocam1
Avaliações 4.9 / 7
5
ranking 86
86%
4
ranking 14
14%
3
ranking 0
0%
2
ranking 0
0%
1
ranking 0
0%

18%

82%

Renato.Ribeiro
editou em:
15/09/2016 21:49:56