Ritos de Passagem

Ritos de Passagem Octavia E. Butler


Compartilhe


Ritos de Passagem (Xenogênese #2)





Indicado ao Prêmio Locus de Melhor Romance de Ficção Científica

Nessa sequência de Despertar, Lilith Iyapo deu à luz ao que parece um menino saudável de nome Akin. Porém, Akin tem na verdade cinco pais: um homem e uma mulher, um Oankali macho e um fêmea, e um Ooloi agênero. Os Oankali e os Ooloi são parte de uma raça alienígena que resgatou a humanidade de uma devastadora guerra nuclear, mas o preço a ser pago a eles é alto, uma vez que os alienígenas são obrigados a unir seu material genético com o de outras raças, alterando drasticamente ambos no processo.

Nesse planeta Terra em reabilitação, essa “nova” raça está emergindo através da mistura de humano/Oankali/Ooloi, mas há também humanos “puros” que escolhem resistir aos alienígenas e a salvação que oferecem. Esses resistentes são esterilizados pelos Ooloi para que não possam passar para frente o defeito genético que os faz destruírem a si mesmos, mas, fora isso, são deixados em paz (a menos que se tornem violentos).

Quando humanos resistentes sequestram o jovem Akin, os Oankali escolhem deixar a criança com seus captores para que ele, a mais “humana” das crianças Oankali, decida se os humanos resistentes devem ter sua fertilidade e liberdade devolvidas, mesmo que isso signifique apenas a volta da sua autodestruição.

Esse é o segundo volume da série Xenogênese, uma poderosa história de existência alienígena.

Ficção / Ficção científica / Literatura Estrangeira

Edições (1)

ver mais
Ritos de Passagem

Similares

(11) ver mais
Despertar
Sons da Fala
Filhos de Sangue e Outras Histórias
Adulthood Rites

Resenhas para Ritos de Passagem (41)

ver mais
Gostei mais do que o primeiro!
on 4/5/21


A continuação não segue a Lilith diretamente, apesar dela aparecer bastante, mas foca em um dos seus filhos híbridos de nome Akin, já na Terra. Gostei mais deste livro por mostrar um pouco mais da "colonização" do planeta, e de que a humanidade, com defeitos ou não, tentou continuar, mesmo fadada a extinção, já que foram "castrados" (como mostrado no primeiro livro). E gostei de Akin, das escolhas que ele fez e como ele fez. Minha raiva quanto aos Oankalis só aumentou. Eles são ... leia mais

Estatísticas

Desejam342
Trocam1
Avaliações 4.3 / 318
5
ranking 50
50%
4
ranking 42
42%
3
ranking 7
7%
2
ranking 1
1%
1
ranking 0
0%

23%

77%

Jully @juliannevituri
cadastrou em:
31/07/2019 15:58:04
juliadelfs
editou em:
31/12/2019 18:19:16

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com a Política de Privacidade. ACEITAR