Schelling

Schelling Schelling


Compartilhe


Schelling (Os Pensadores #14)





O período filosófico denominado Idealismo Alemão tem sua matriz teórica na filosofia crítica de Kant, principalmente na Crítica do Juízo, publicada em 1790. A vasta e profunda obra de Schelling inscreve-se nas tentativas de dar solução às dicotomias herdadas de Kant, entre as quais se encontrava a oposição entre o domínio teórico e a esfera prática da subjetividade. Na busca da união entre os termos que Kant havia tão drásticamente separado, a filosofia de Schelling propõe o ideal do conhecimento absoluto, que corresponderia à unidade fundamental que permanece na origem da natureza. A perspectiva integradora e a valorização da intuição intelectual como instrumento privilegiado de conhecimento fazem de Schelling um dos expoentes do pensamento romântico alemão, ao lado de Schlegel e Novalis, com os quais conviveu e colaborou, tendo em vista a profunda identificação de sua filosofia com a Arte.

Filosofia

Edições (2)

ver mais
Schelling
Schelling

Similares


Estatísticas

Desejam3
Trocam1
Avaliações 3.6 / 7
5
ranking 29
29%
4
ranking 29
29%
3
ranking 14
14%
2
ranking 29
29%
1
ranking 0
0%

67%

33%

Fotossíntese
cadastrou em:
11/04/2010 12:20:21
Biblioteca.Lindaura
editou em:
22/08/2018 19:58:29