Tempos Extremos

Tempos Extremos Miriam Leitão


Compartilhe


Tempos Extremos





Quantos mistérios uma antiga fazenda perdida entre as serras das Minas Gerais pode guardar? Mistérios que chegam de forma inesperada, revelando passados diversos a uma família dividida por conflitos afetivos e políticos e ali sitiada por causa das chuvas. É o que Larissa, jovem deslocada entre os seus, descobrirá, em uma estranha jornada na qual perseguirá sombras e segredos para encontrar desejos autênticos e entender os próprios sonhos.

No primeiro romance da consagrada jornalista Míriam Leitão, o leitor não encontra espaço para respirar. É uma história de paixões extremas, sobre tempos extremos, urdida com sutileza e convicção. Uma viagem às vezes em quase delírio pelos flagelos da escravidão, no século XIX, e os subterrâneos do regime militar, no século XX.

A narrativa se passa no século XXI, mas as linhas temporais são rompidas. Assim, as paredes centenárias da fazenda, o cemitério onde eram lançados os negros que chegavam ao cais do porto do Rio de Janeiro à beira da morte, após a travessia do Atlântico, e as celas das prisões arbitrárias promovidas pela ditadura dialogam entre si quase como personagens, na busca por verdades escondidas.

No entremeio, as relações tormentosas entre pais e filhos e entre irmãos tecem uma trama densa e ousada que revisita passados que o Brasil tem preferido deixar acobertados pelo silêncio.

Como ficcionista, Míriam Leitão mantém a mesma postura que marcou sua trajetória de jornalista: não faz perguntas fáceis. Nem abre caminhos para zonas de conforto.

Tempos extremos é a audaciosa estreia de Míriam Leitão como romancista.

Relato envolvente que mescla acontecimentos do presente, do século XIX e da ditadura militar.

Literatura Brasileira

Edições (2)

ver mais
Tempos Extremos
Tempos Extremos

Similares

(16) ver mais
Vidas Provisórias
Boa Noite a Todos
Conversas Políticas
O Torreão

Resenhas para Tempos Extremos (78)

ver mais
Qual o elo que une a casa-grande e o DOI-CODI? Essa é a pergunta que, de maneira pers
on 17/5/20


O autor é apresentado no início da narrativa a uma cena que se aparenta ingênua: a reunião de uma família em meio a uma fazenda isolada no interior das Minas Gerais, motivada pelo aniversário de 88 anos da avó Maria José que sempre é retratada como uma senhora equilibrada e conciliadora, como quem já viveu o suficiente e quer passar seus últimos anos em paz. É o contraste que geralmente se observa entre a calma dos mais idosos e a ansiedade dos mais jovens. Como fio-condutor que... leia mais

Estatísticas

Desejam105
Trocam38
Avaliações 3.9 / 581
5
ranking 34
34%
4
ranking 40
40%
3
ranking 21
21%
2
ranking 4
4%
1
ranking 2
2%

29%

71%

Yasmin
cadastrou em:
17/04/2014 16:33:58
Vivi
editou em:
24/02/2016 11:11:10
Vivi
aprovou em:
24/02/2016 11:11:33

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com a Política de Privacidade. ACEITAR