Totem e Tabu

Totem e Tabu Sigmund Freud


Compartilhe


Totem e Tabu





Escrita em 1913, a obra seminal de Freud é uma tentativa de universalizar a psicanálise, utilizando dados da antropologia para mostrar o Complexo de Édipo como fundamental à existência da civilização e da cultura. Freud procura explicar questões da psicologia social, relacionando o totemismo, uma das formas religiosas mais arcaicas, aos vestígios da psicologia infantil no sujeito neurótico.

Criticada por antropólogos, mas indubitavelmente bem escrita, é uma obra que sintetiza as idéias e a ambição de Freud em relação à psicanálise e sua ligação com o homem e a sociedade.

Edições (4)

ver mais
Totem e Tabu
Totem e Tabu
Totem e Tabu
Totem e Tabu

Similares

(19) ver mais
O Mal-Estar na Civilização, Novas Conferências Introdutórias e Outros Textos (1930-1936)
O homem cordial
Psicologia das Massas e a Análise do Eu
A ordem do discurso

Resenhas para Totem e Tabu (6)

ver mais
on 17/5/14


Obra na qual Freud vai além da dedicação estrita à psicanálise, abrangendo nesta o seu campo de estudo, discorrendo em conjunto sobre a área de humanidades, mais especificamente a etnopsicologia e antropologia. Observando o fenômeno do totemismo e do tabu como sua consequência (ou não), Freud remonta às sociedades primitivas (denominando-as como povos selvagens) para buscar constatações sobre a origem de determinados preceitos e "regras não escritas" destes povos, das quais muitas p... leia mais

Estatísticas

Desejam114
Trocam2
Avaliações 4.1 / 363
5
ranking 39
39%
4
ranking 38
38%
3
ranking 18
18%
2
ranking 3
3%
1
ranking 1
1%

42%

58%

Eduardo S
cadastrou em:
07/04/2009 23:22:46