Cretino Irresistível

Christina Lauren



Resenhas - Cretino Irresistível


97 encontrados | exibindo 16 a 31
1 | 2 | 3 | 4 | 5 | 6 | 7


Nathy 05/09/2013

Mais dinamico que qqer outro...
Simplesmente adorei a dinamica entre as personagens de Cretino Irresistivel.
Por mais que seja um livro Adulto, com várias cenas de sexo, ele consegue uma leveza com a dinamica das personagens em seu convivio, em suas brigas e até na hora do sexo em sí.
É o tipo de livro que consegue arrancar risadas de voce em todos os aspectos, desde as discussões que terminam em sexo (as cenas de infantilidade das personagens são sensacionais) até mesmo quando a coisa fica mais séria...
Gosto muito desse tipo de livro New Adult mas esse, com certeza, está na lista dos melhores que li.
comentários(0)comente



Camila 10/08/2013

Irresistível
Chloe Mills trabalha como estagiária do executivo mais perfeccionista e irresistível que já existiu: Bennet Ryan. Sendo ele seu chefe e herdeiro da empresa Ryan Media Group, Chloe tem que suportar suas exigências absurdas e reclamações descabidas desde o dia em que começou a ser sua secretária há 8 meses. Uma vez que para completar sua MBA, o que se dará em breve, ela deve apresentar um projeto de experiência real, e seu projeto envolve uma das contas milionárias do sr. Ryan, ela suporta calada todo o desprezo e as frescuras que vêm de seu chefe, aquele Cretino Irresistível.

Ambos compartilham um ódio sem medidas um pelo outro, e é por isso que nenhum dos dois sabe explicar como aconteceu aquilo. Em um minuto ela está enlouquecida tentando terminar um trabalho de última hora passado pelo sr. Ryan, e no outro estão se agarrando enlouquecidamente em cima da mesa de madeira da sala de conferências após o expediente. O motivo é óbvio: Bennet é um cretino, implacável como chefe, mas incrível como amante. Enquanto Chloe, ou srta. Mills, como ele gosta de chamá-la, pode ser bastante irritante e bipolar, mas também é eficiente e extremamente sexy. E nem mesmo o ódio reciproco é capaz de fazê-los negar a atração que sentem um pelo outro.

Quando Chloe dá por si, já está dormindo com seu chefe no elevador, nas escadas, no carro e em qualquer lugar em que eles fiquem a sós por mais de 1 minuto. Bem, na verdade, dormir não exatamente o que eles fazem. Esse caso de sexo sem compromisso entre ambos, embora quente e divertido, também é perigoso e fatal. Se alguém souber que Chloe está dormindo com seu chefe, todo seu prestígio e carreira que ela trabalhou tanto para conquistar serão destruídos. Ela será taxada como a secretária que está dormindo com o patrão para subir na empresa, enquanto Bennet será apenas o herdeiro belo, rico e cretino que ela não conseguiu resistir.

As autoras Christina Hobbs e Lauren Billings, que assinam o livro como Christina Lauren, desenvolveram uma narrativa tão envolvente, que o leitor só larga o livro quando chega ao final. Cretino Irresistível não é mais um livro erótico, ele é o livro erótico. Não existe no livro nada que envolva algemas, chicotes ou algo proibido pela Lei Maria da Penha*, os fetiches em CI são sexies e longe das cenas pavorosas de BDSM (nada contra quem gosta, maaaas...).

O enredo criado pelas autoras é muito bem construídos, a passagem de “apenas sexo” para “loucamente apaixonados” ocorre sutilmente, fazendo o romance ser real e a situação se provar possível aos olhos do leitor. Chloe é o tipo de mulher independente, decidida e determinada que vemos com bastante frequência hoje em dia. Além disso, ela também é capaz de separar as coisas: sexo, amor e trabalho (embora, muitas vezes, ocorra sexo no trabalho). Agora, pra falar de Bennet, antes de mais nada, devo dizer que encontrei o homem perfeito. Bennet Ryan é tudo o que uma mulher poderia desejar: belo, sexy, sedutor, um amante com categoria e apaixonante. Mesmo que ele realmente seja um cretino em várias partes do livro, muitas cenas mostram que ele também tem um lado romântico, doce, e genuinamente carinhoso. Um verdadeiro espetáculo.

Como o livro é divido em capítulos narrados uma hora por Chloe, outra hora por Bennet, os capítulos acabaram adquirindo fontes diferentes, assim você consegue diferenciar quem está narrando só pela letra da página. Além disso, Cretino Irresistível é um livro que te ganha somente pela capa, que é maravilhosa ao meu ver. O único porém é que achei que o livro pudesse ganhar uma diagramação e encadernação melhor, já que o material da capa é bem fraquinho e a diagramação interna do livro é simples. Talvez só o meu exemplar, que é de divulgação, tenha vindo desse jeito, mas ainda sim, vale ressaltar.

Para concluir, LEIA Cretino Irresistível, é espetacular! E pra quem já leu, uma notícia maravilhosa: o filme já está sendo produzido!

(*) Pra quem não sabe, Lei Maria da Penha é a lei de proteção às mulheres, que prevê punições a violência doméstica. Minha menção a ela foi pra dizer que não há no livro cenas de espancamentos, por exemplo, mas apenas tapas de amor completamente inocentes.

site: http://nolimitedaleitura.blogspot.com.br/2013/08/cretino-irresistivel.html
comentários(0)comente



Karolayne 28/10/2013

Cretino Irresistível
A principio de conversa, Cretino Irresistível foi um livro que me fisgou desde a capa. Quando eu vi, ele lá todo bonitinho, parecia que estava esperando por mim, e fiquei impaciente ate ter ele nas minhas mãozinhas. E pode ter certeza que valeu a pena.

Cretino Irresistível, conta a história de um Cretino (Alôô, que novidade, rsrs) que se chama Bennetty Ryan (popular, Sr. Ryan) Serio gente, até hoje lamento ele ter que se chamar Bennetty, sei lá, é tão brochante, sem contar que a mocinha da história (Chloes Mills) fica chamando ele o tempo todo de Sr. Ryan, então eu meio que acabei me acostumando, e estranhando um pouco quando lá pro fim da história ela passa a chamar ele de Bennetty, mas enfim, de volta a história... Bennetty Ryan é daqueles chefes bem cafajestes..
A Chloes não é nem de longe essa santinha como tem em vários outros livros. Ela é esforçada, decidida e sabe muito bem o que quer da vida ou melhor dizendo, o que quer em sua cama.
O relacionamento dos dois é pior do que cão e gato, e isso vai faz história ficar ainda melhor, sem aquela baboseira toda de o homem mandar e a mulher fazer como se fosse um cachorrinho.

Enfim, Cretino Irresistível é um livro que vai te fisgar de jeito, que vai te deixar louca de amores pelo Sr. Ryan com seus "olhos famintos" e pelo seu "cabelo de quem acabou de transar", palavras da própria Chloes. Esse livro vai te deixar ansiosa pra saber qual vai ser a próxima cena de sexo, sem ter aquilo muito repetitivo, que faz a gente ter vontade de pular as paginas, você não vai querer parar até chegar ao fim.


site: http://umboomlugarpralerumlivro.blogspot.com.br/2013/10/resenha-cretino-irresistivel.html
comentários(0)comente



Suzane 04/09/2014

Quente!
Quem não gosta de livros que contenham cenas de sexo, não comece a leitura, mas afinal se você está pensando em ler um livro cujo título é “Cretino irresistível” não vai se importar com tais cenas (rsrs). Confesso que o título não me atraiu muito, não sei o que me levou a compra do livro. Mas não me arrependo da aquisição, o livro é excitante desde o início.
É o primeiro livro da série Beautiful Bastard, conta a história de Chloe uma eficiente, estagiária em busca de sua especialização (MBA) e de Bennet Ryan, o chefe (e um dos donos da empresa da família) perfeccionista, eficiente, antipático, cretino e irresistivelmente lindo. Antipatia mútua que desencadeia uma relação sensual e quente, afinal a linha entre o amor e o ódio é tênue! História clichê? Talvez, mas diferente das maiorias dos livros não há um traumas, grandes indecisões ou sofrimentos para justificar as ações dos personagens. Eu os descreveria como personagens reais, com desejos reais e perspectivas reais de vida. Ela não se enquadra no tipo “mocinha inocente e dócil”, é atrevida, sabe o que quer e tem respostas para tudo, e seus pensamentos acerca do chefe me fizeram rir! "Se pelo menos ficasse de boca fechada, ele poderia ser perfeito. Um pedaço de fita adesiva resolveria o problema. Eu tinha um rolo no meu armário que às vezes eu pegava e acariciava, pensando que um dia eu poderia fazer bom uso dele."
Um dos pontos que eu mais gostei nesse livro é o fato de ser narrado pelos dois personagens, em capítulos alternados, assim não precisamos ficar imaginando o que o outro pensa/faz ou esperando que saia um livro numa outra perspectiva. Outro ponto positivo é a objetividade da escrita, a autora descreve bem, mas não nos cansa, nos faz detestar e torcer por um cretino e nos explica as coisas sem grandes mistérios. O livro é escrito por duas autoras, amigas Christina Hoobs e Lauren Biggs sob o pseudônimo da união de seus nomes Christina Lauren. Eu recomendo a leitura, flui sem grandes aflições.
comentários(0)comente



Sarah 18/08/2013

A história é bem interessante, não tem frescurinhas e os personagens Chloe e Bennet realmente se entregam ao desejo incontrolável que os domina. Diferente dos demais, não tem sadismo. Mas a história é quente. Trata-se de amor e ódio, personalidades fortes e consequentemente uma quebra de egos, o que torna a história realmente interessante e envolvente.
comentários(0)comente



ni 22/08/2013

Sinopse: Uma estagiária ambiciosa. Um executivo perfeccionista. E um relacionamento ardente e totalmente perigoso! Esperta, dedicada, prestes a cursar um MBA, Chloe Mills tem apenas um único problema: seu chefe, Bennet Ryan. Ele é exigente, insensível, sem consideração – e completamente irresistível. Um belo cretino. Bennet acaba de retornar da França para assumir um cargo importante na empresa de comunicações de sua família. Mas o que ele não poderia imaginar era que a pessoa que o ajudava enquanto ele estava no exterior era essa criatura linda, sensual e totalmente irritante que agora ele tem de ver todos os dias. Ele nunca foi do tipo que se envolve em relacionamentos no ambiente de trabalho, mas Chloe é tão tentadora que ele está disposto a flexibilizar essa regra – ou quebrá-la de uma vez – para tê-la. Por todo o escritório! Mas o desejo que um sente pelo outro cresce tanto que Bennet e Chloe terão de decidir o que estão dispostos a perder para ganhar um ao outro.

Minha opinião: O livro é muito bom! São 254 páginas que parecem 50, pois o livro é bem prazeroso e engraçado. Ryan é um tremendo chefe chato, arrogante, que acha que o mundo gira em torno dele, no começo do livro tive vontade de entrar na história e matá-lo da pior forma possível, mas Chloe é uma mulher de atitude e responde a altura. Nem sei se existem pessoas iguais a ela, mas, enfim, tomara que exista.


“Nas duas horas seguintes, eu vivi um inferno pessoal. Sempre que eu olhava, ela estava fazendo algo para me deixar louco: olhares insinuantes, mordida nos lábios, cruzar e descruzar de pernas, mechas de cabelo enroladas nos dedos. Em certo momento, ela deixou cair a caneta e casualmente pousou a mão na minha coxa quando se abaixou para pegá-la debaixo da mesa.”


O livro é bem light, os personagens não tem uma desculpa argumentando que o sexo é feito loucamente e problematicamente por causa de assuntos do passado, como outros livros neste estilo.

“-... mal está prestando atenção. Meu Deus, Srta. Mills, eu preciso anotar isso pra você?- Podemos pular essa parte hoje? – eu pedi, cansada de tudo.- O... o quê?- Esse showzinho de chefe cretino.”

Chloe é sem frescura nenhuma e isso me cativou e realmente me deixou com vontade de ler o próximo. Ela é muito inteligente, o que me agradou mais ainda.

“Mas quando a luz matinal começou a invadir o quarto, tive uma sensação estranha, ao perceber que o amanhã já tinha chegado.”

“...Meu Deus do céu. Se existisse no planeta um homem melhor que este, eu pagaria para vê-lo.”


Não tenho mais o que falar, e recomendo essa leitura agradável para quem gosta de passar o tempo, de se divertir, e claro de cenas bem quentes e de palavrões, pois Chloe consegue ser mais boca suja do que qualquer homem que já conheci.


“Você é um filho da puta tão estúpido – disse meu irmão quando terminei de falar. Eu só pude concordar.”

E agora me resta aguardar o segundo volume, bem curiosa para saber o que vai acontecer!

"Je ne regrette rien"

site: http://amordelivros.blogspot.com.br/
comentários(0)comente



Laura Brand 10/01/2014

Eu sou apaixonada pelo gênero New Adult e estou sempre de olho em novos livros, sagas, trilogias desse gênero. Um livro que me conquistou foi o Cretino Irresistível. É a história de Bennett Ryan e Chloe Mills. Bennett é o chefe arrogante, exigente e insensível de Chloe, estagiária. O livro é – claro – sobre o romance que começa após uma irresistível atração de ambas as partes. Gostei bastante da Chloe, ela não é tonta e submissa como a maioria das mulheres que fazem parte desses livros. Ela é independente, luta para se reafirmar constantemente e não deixa as grosserias de Bennett passarem impune. Não preciso dizer muita coisa sobre ele, apenas que é impossível não se sentir tentada mesmo ele sendo um completo idiota às vezes. As cenas de sexo são picantes, mas nada demais para quem já conhece o gênero. É o primeiro livro da trilogia “Irresistível” (em inglês é Beautiful), mas a série conta com livros avulsos como Cretina Irresistível, um livro de pouco mais de 100 páginas com cenas extras sobre o casal. Vale muito a pena ler a coleção, possui uma leitura fácil e você nem vai perceber o tempo passando.

site: http://nostalgiacinza.blogspot.com.br/2013/12/resenha-cretino-irresistivel.html
comentários(0)comente



Raquel 10/11/2013

Um cretino irresistível
Eu não sei porque ainda não tinha lido esse livro, felizmente resolvi ler e adorei. O casal protagonista Chloe e Bennet vivem uma história de gato e rato, brigando constantemente. Só que essas brigas sempre acabam na cama, ou melhor, no provador, no corredor, na janela do edifício... É um romance bem hot.
Achei bem objetivo, pra quem gosta de flores e corações, esse não é o livro.

comentários(0)comente



Auriane Brito 03/08/2014

1 estrela pq eu sou boazinha
O livro é péssimo! A Chloe é o tipo de mulher q não tem respeito sobre si mesma. O livro é estilo filme pornô mesmo, pois enfatiza o sexo e não a história. Não recomendo!
comentários(0)comente



Vivi Martins 30/07/2013

Bennet Ryan é o chefe de Chloe Mills, que está terminando o seu MBA, mas ele é simplesmente insuportável, mal humorado, insensível e muito exigente, apesar de ser um homem lindo de morrer. Ele é um cretino irresistível e a srta. Mills é a jovem mais irritante e provocadora que ele já conheceu. Então quando ele solicita que Chloe faça uma apresentação e as coisas fogem ao controle de ambos e sua relação muda de chefe/estagiária para transas intensas e muito perigosas, tudo se transforma entre eles. Afinal, ele quebrou sua regra de ouro ao se envolver com Chloe e ela jamais imaginou transar com seu chefe, mas o desejo desenfreado que um sente pelo outro não pode ser ignorado e eles terão que decidir para onde caminhará este relacionamento e em que bases!
comentários(0)comente



Daniele 21/05/2014

apaixonante
Definitivamente, Christina Hobbs, é a minha autora preferida quando o assunto é romance contemporâneo. Eu jurava que iria achar que esse era só mais um livro bobinho envolvendo sexo e amor a primeira vista e uma personagem principal babando de amores pelo cara rico e que ainda é chefe dela.

Ben, junto com seu irmão Henry, toca a empresa da família e Chole é a sua assistente a algum tempo. Ben é o tipico chefe grosso, arrogante, que não vê nada além do próprio umbigo e que assustou todos os seus assistentes pessoais até seu pai contratar Chole para ajuda-lo.
Chole não é nada boba, odeia Ben, o seu jeito arrogante de ser, até acha sexy o jeito mandão as vezes, porém se irrita com ele pela maneira que ele acha que tem direito de trata-la. E Chole não é NADA inocente e nem boba.
Ele começa a ficar meio obcecado por ela, porém esconde isso muito bem e somente em uma "reunião" de apresentação de uma das contas que a empresa tem como negocio é que Chole percebe que Ben quer algo mais com ela. A partir dai começa a saga entre amor e ódio dos dois. A pesar de Ben ser o deus do sexo e fazer questão de deixar claro que ele quer mandar na hora H, Chole não se intimida e pouco faz o que ele manda. Nada de submissão, nada de ser uma garotinha inocente, se precisar mandar o homem pra onde quer que seja, ela faz.
Eles se envolvem, um cutuca o outro algumas vezes, ela deixa claro que não é pau mandado, ele se sente atraído por ela e quando vê pode estar se perdendo de vez nessa atração. Mas vale lembrar que a empresa tem uma política que proíbe relacionamento entre os funcionários e Chole não está nem um pouco afim de estragar sua carreira, porém, se vê sem saída já que a atração pode acabar ficando mais forte entre eles.

Adorei os três livros sobre o Ben e a Chole. Ela não é previsível, é boca suja, só faz o que bem entender e também gosta de ficar no controle da situação. Nenhum homem a faz de sapato e por isso, por sua personalidade forte e decisiva, Ben acaba caindo por encantos pela assistente, coisa que nem ele e nem ela acharam que um dia iria ser possível.
comentários(0)comente



ELB 16/05/2014

Antes de falar sobre a história que esse livro nos traz, eu vou apresentar para vocês os nossos dois protagonistas:

Chloe é uma mulher linda e super inteligente. É estagiaria de uma dos chefões de uma grandes empresa de marketing, mas aí o filho desse chefão volta da frança para assumir a empresa, e Chloe passa a ser a estagiaria/assistente do filho. Chloe é dessas mulheres decididas e extremamente competentes, bem sucedida financeiramente, e tem um vicio: lingerie sexy! A Chloe sempre está usando um conjunto super sensual, isso faz com que ela se sinta poderosa!

Do outro lado nós temos o Bennet Ryan, o tal filho do chefe que agora é o chefe. Ele é literalmente um cretino muito gato e irresistível. Se acha o todo poderoso, sempre tem o que quer e quem quer, isso pode deixar o cara se achando né? Mas o Bennet não é apenas lindo. Ele é também super inteligente e competente comandando a empresa do pai.

(...) Leia mais no blog!

Resenha feita pela Lala, postada no ELB!

site: http://www.everylittlebook.com.br/2013/10/resenha-cretino-irresistivel.html
comentários(0)comente



Vitor Emmanuell 07/04/2014

“Com a ponta do sapato, ela continuou esfregando gentilmente no meu pau e eu tentei manter a respiração controlada e a expressão neutra.”
Preparem suas almofadas! Esse New Adult que me pegou de jeito pela capa! Confesso, só comprei por conta disso! Essa capa não é incrível? Uma ilustração que mostra perfeitamente que teremos um Cretino Irresistível contando uma história arrebatadora. Cuidado com as citações! Elas estão quentíssimas!

“Meu chefe, o Sr. Bennet Ryan. Um Cretino irresistível.”

Chloe Mills tem todas as qualidades que um homem pode querer numa mulher: delicada, sensível, inteligente, bonita e muito esperta. Ela está prestes a cursar MBA e está terminando seu estágio. Tem apenas um problema. Seu chefe-gostosão-insensível: Bennet Ryan. Um cretino irresistível de primeira classe. O livro é narrado com as duas visões Chloe/Bennet. Então podemos perceber (e como perceber!) o que cada personagem sente no decorrer da história.

“Vou fazer você gozar tão forte que vai até se esquecer que é o maior filho da puta do planeta – grunhi, abaixando pelo vidro.”

O que parecia implicância de ambas as partes, torna-se uma perigosa atração, eles começam a... vocês sabem... a ter uma relação profundamente carnal... Eles começam a fazer sexo descontroladamente! Pronto, falei! No elevador, no carro, nas paredes! Aposto que se eles fossem criaturas sobrenaturais, já teriam destruído tudo ao redor!

“Ah, merda... se ela estava usando aqueles sapatos, então havia uma boa chance de... Não, não aquele vestido. Por favor, pelo amor de Deus, não aquele vestido. Eu sabia muito bem que não teria força de vontade para resistir a isso naquele dia.”

Bennet é um cara de sorte por ter uma mulher como Chloe estagiando! Mas vou contar uma coisa para vocês! Experiência própria (grandes coisa)! Quando um casal começa a ter uma relação assim, existe algo chamado sentimento que, involuntariamente é criado pelo nosso cérebro. Isso mesmo, começa então a existir um desejo de posse. E com BenChloe não é diferente...

“Assisti enquanto ela desaparecia escada abaixo, e então voltei para minha sala. Joguei meu corpo na cadeira, passei as mãos no cabelo e tirei sua calcinha rasgada do bolso do meu casaco.”

Contei que ele é um tarado por calcinhas? Não? Pois então! Ben pega todas as calcinhas de Chloe após se encontrarem, ele rasga e as coloca em seu bolso... Como se isso fosse a coisa mais normal do mundo! Ainda quero descobrir onde ele guarda estas calcinhas!

“— E ainda bem que estou tomando pílula. Obrigado por perguntar, filho da puta.”

Ao longo da história, eu torcia descontroladamente para que ambos ficassem juntos. Vocês sabem aquela velha compulsividade de um leitor envolvido numa história. Foi uma leitura muito, muito, muito rápida!

“Nossos corpos estavam tão sincronizados que eu reagia a cada olhar, cada toque e cada som dele. Eu ao mesmo tempo amava e odiava o que ele me fazia sentir. Eu nunca tinha sido alguém que perde o controle facilmente, mas quando ele me tocava daquele jeito eu simplesmente jogava tudo pela janela, tudo o que eu fora.”

Ao contrário de 50 Tons de Safadezas Cinzas, ele livro não enrolou o leitor. Em menos de 250 páginas é um livro que vai direto ao ponto. Se você quer uma leitura rápida, um new adult para rir, se apaixonar, sentir aquele troço louco que nós homens usamos almofadas para cobrir... Cretino Irresistível é a leitura perfeita!

“Oh, Deus – ela disse. Sua respiração ficou pesada quando encostou a cabeça no meu ombro, e eu não estava certo se era por causa do meu pau entrando nela ou por causa da imagem no espelho. Ou as duas coisas.”

Como eu comentei anteriormente... Será que eles conseguirão ter toda essa química, essa relação carnal sem envolver sentimentos? Ah... Isso vocês terão que ler para descobrir! ;)

“Eu sabia. Sabia exatamente o que ele queria dizer, e eu queria encontrar uma maneira de fazer esse momento durar mais, ali mesmo, até a eternidade.”
comentários(0)comente



spoiler visualizar
comentários(0)comente



Três Leitoras 22/07/2014

Resenha: Cretino Irresistível
Quando li este livro em agosto de 2013, devo confessar, foi muito na onda da pós-leitura da trilogia 50 tons. No entanto, logo me apaixonei pela dupla narrativa apresentada pelas autoras, pois assim via a história da perspectiva de ambos os personagens.
O outro elemento que me fez ler avidamente foi a consistência na construção de Bennett e Chloe, esse casal é ardente, rude, sex e cativante. São pessoas muito inteligentes e nada submissas, têm noção da própria inteligência e são capazes de conciliar razão e emoção... até que seja necessário dar prioridade a um desses modos de pensar.


Chloe na verdade não é uma simples secretária, está em busca de sucesso profissional e tem méritos que lhe garantem esse caminho. Bennett é super perfeccionista e encontrou uma mulher boca suja e ousada a sua altura. E como ele é o chefe e de alguma forma já está apaixonado, a provoca de todas as formas sendo o pior chefe, mas também o mais bonito e sedutor.

Continue lendo no link

site: http://tresleitoras.blogspot.com.br/2014/07/resenha-cretino-irresistivel.html
comentários(0)comente



97 encontrados | exibindo 16 a 31
1 | 2 | 3 | 4 | 5 | 6 | 7



logo skoob
"É sem dúvida um sinal de liberdade, uma mostra de que é a própria leitura que está pedindo seu espaço, independentemente de campanhas de incentivo."

JB Online