Faça seu login para ter acesso a todo conteúdo, participe também do sorteio de cortesias diárias. É rápido e gratuito! :) Entrar
Login
Livros | Autores | Editoras | Grupos | Trocas | Cortesias

A Cor Púrpura

Alice Walker
Resenhas
Recentes
39 encontrados | exibindo 1 a 5
1 | 2 | 3 | 4 | 5 | 6 | 7 | 8


Hukston Stage 20/08/2014

Uma saga em busca da felicidade...
Simples de ler, dramático com pitadas de humor e inocência alheia, essas são algumas das características que definem o romance de Alice Walker, que ganhou o prêmio Prêmio Pulitzer em 1983.
O livro é narrado totalmente em primeira pessoa, por Celie a protagonista, uma negra semi-analfabeta, o que torna a leitura do livro, uma leitura que se deve dar a devida atenção, já que as dificuldades da protagonista ao se comunicar impedem que ela escreva de modo coerente.
O que me chamou a atenção no livro foram as questões que ele aborda, discussões simples porém com um grande profundidade elas são:

* Machismo; Celie vive sob uma sociedade machista, onde é explorada pelo pai, pelo marido, e as vezes pelo enteado pelo simples fato de ser mulher, sob o fundamento de que o homem "é quem reina".

* Religião; é tratada poucas vezes, mas existem discussões (calmas) que falam sobre a aparência, a origem e as vontades e crenças de Deus e Jesus.

* Cultura Africana; alguém do livro que não vou citar para não revelar spoilers, acabou indo parar na Africa como ajudante de missionários, através dessa personagem é possível conhecer algumas tribos da região.

* Apartheid Americano; a protagonista e todos os outros negros, vivem sob as ignorantes Leis de Jim Crow, leis estaduais dos Estados Unidos que separavam os negros, asiáticos, dentre outros grupos dos considerados brancos, e esmagava essa parte da população e os privatizava de sua liberdade e direitos em alguns estados.

Celie passa por tantos problemas que é impossível se colocar no lugar dela e tentar resolver seus problemas diante de tantas poucas opções e é claro, de medo e submissão. Alguns trechos do livro são lindos, e Celie consegue descrever de uma forma tão simplória mas o mesmo tempo o simploísmo de Celie torna tudo tão profundo e verdadeiro.
É um romance para se fazer pensar e varias pessoas deveriam ler, especialmente aquelas que não conseguem entender as diferenças entre as pessoas e precisa abrir sua cabeça para respeita-las e tolera-las.
comentários(0)comente



Raquel 13/02/2014

Um livro que celebra a vida
Maravilhoso! Belíssimas lições de amor, perdão, religião...tudo que tem haver com a vida!
Aprendi lendo este livro o quanto uma adaptação para o cinema pode mudar uma história, não para pior, nem para melhor; apenas mudar. O filme acaba sendo muito mais forte que o livro, pelo modo que os acontecimentos são ordenados, diferente do livro.
Ambos são obras belíssimas, mas o livro, mostra uma lição que o filme não mostra, o Perdão.
Como sempre vale muito a pena ler o livro que inspirou o filme. Não vou cair no clichê em falar que o livro é sempre melhor, pois não é o caso. O livro sempre acrescenta ao filme, e o filme acrescenta também ao livro.
comentários(0)comente



Gláucia 03/12/2013

A Cor Púrpura - Alice Walker
Narrado em primeira pessoa por Célie através de cartas que ela escreve, principalmente para Deus e, posteriormente, para sua querida irmã Nettie da qual foi separada por mais de 30 anos. Ambientado nos EUA a partir de 1909. Essa correspondência é uma espécie de desabafo, onde ela fala não apenas do preconceito de cor mas da violência física e moral com que é tratada pela própria família nas figuras do pai e do marido. Acaba encontrando alento na amizade de Shug, espécie de amante do marido. Destaco a personagem Sofia, mulher forte e orgulhosa que é obrigada a passar por uma mudança de comportamento. Essa parte foi a que mais me impressionou.
Gostei da leitura mas não me impactou tanto quanto imaginava. Estou para ler esse livro desde o lançamento do filme que ainda não vi. Agora poderei fazê-lo.

site: https://www.youtube.com/watch?v=y1g6p1cnhfE
comentários(0)comente



Paty ;D 18/11/2013

Escrever errado também é uma arte! Magnífico este livro!
comentários(0)comente



Si Puyo 25/10/2013

Muito bom!
Diferente, simples e ao mesmo tempo realista. Repleto de refexões, situações complicadas, sentimentos variados e personagens únicos. Um livro muito bom mesmo.
comentários(0)comente



39 encontrados | exibindo 1 a 5
1 | 2 | 3 | 4 | 5 | 6 | 7 | 8



Publicidade


logo skoob beta
"Uma ferramenta como essa pode certamente ser usada por professores para incentivar a leitura"

Jornal do Brasil