A filha do pântano

A filha do pântano Karen Dionne


Compartilhe


A filha do pântano





Finalmente, Helena tem a vida que merece. Um marido dedicado, duas filhas lindas, um negócio que preenche os seus dias. Mas, quando um presidiário se evade violentamente de uma prisão vizinha, apercebe-se de que foi ingénua ao pensar que poderia deixar para trás os seus piores momentos. Helena tem um segredo: é o resultado de um rapto. O seu pai sequestrou a sua mãe quando esta era adolescente e manteve-a em cativeiro numa cabana remota nos pântanos da Península Superior do Michigan. Sem eletricidade, sem aquecimento, sem água canalizada, Helena, nascida dois anos depois do rapto, adorava a sua infância. E, apesar do comportamento por vezes brutal do pai, amava-o... até descobrir exatamente até que ponto uma pessoa podia ser selvagem.
Vinte anos depois, enterrou o passado tão profundamente que nem sequer o marido sabe a verdade. Mas, agora, o seu pai matou dois guardas prisionais e desapareceu num pântano que conhece melhor do que ninguém. A polícia começa a caça ao homem, mas Helena sabe que os agentes não têm qualquer hipótese de o apanhar. Sabe que há apenas uma pessoa que conta com as estratégias necessárias para encontrar alguém preparado para sobreviver a uma catástrofe e a quem o mundo chama «o rei do pântano»... porque há apenas uma pessoa que ele próprio treinou: a sua filha.

Literatura Estrangeira / Romance policial / Suspense e Mistério

Edições (1)

ver mais
A filha do pântano

Similares

(2) ver mais
O Pântano dos Sacrifícios
A Filha do Rei do Pântano

Resenhas para A filha do pântano (5)

ver mais
Se você tivesse nascido e crescido em isolamento total ... Será que saberia distingui

Uma menina que nasceu em cativeiro, e nunca pensou que fosse resultado do rapto de sua mãe. Helena aprendeu tudo com seu pai. Também sofreu muito ao longo dos anos, com os castigos brutais e cruéis que seu pai lhe dava. Mas isso a tornou mais forte. Quando Helena fugiu do pântano com sua mãe, pensava em fazer parte do mundo, que um dia sua mãe pertenceu. Mas ao conseguir isso, se decepcionou. As pessoas que conheceu após finalmente estar em sociedade, não à aceitaram. E Helena já não a... leia mais

Estatísticas

Desejam30
Trocam1
Avaliações 3.9 / 35
5
ranking 29
29%
4
ranking 43
43%
3
ranking 26
26%
2
ranking 0
0%
1
ranking 3
3%

11%

89%

Crica
cadastrou em:
12/05/2018 10:39:51
Crica
editou em:
12/05/2018 10:41:29