A Luz do Túnel

A Luz do Túnel Jorge Amado


Compartilhe


A Luz do Túnel


A Luz no Túnel




O romance A luz no túnel é o último volume da trilogia Os subterrâneos da liberdade, da qual fazem parte também Os ásperos tempos e Agonia da noite. Como os demais livros, retrata episódios ocorridos durante o Estado Novo (1937-45) e a resistência do Partido Comunista Brasileiro durante o período. As perseguições aos comunistas intensificaram-se em 1938, com as greves nas fábricas de Santo André, e vários membros do partido estão detidos. A história segue até 1940, quando ocorre o julgamento do líder revolucionário Luís Carlos Prestes, preso desde 1936. O autor faz um retrato minucioso das atrocidades cometidas pela polícia do Departamento de Ordem Política e Social de São Paulo, comandada pelo delegado Barros, para obter informações sobre as atividades clandestinas. Entre os presos, está o camarada Zé Pedro, que passa por tortura e é obrigado a assistir aos abusos cometidos também contra sua mulher, Josefa. Os donos do poder econômico são personificados no banqueiro Costa Vale e no empresário americano John B. Carlton. Em oposição a eles, estão os operários e os trabalhadores da zona rural, estes liderados por Zé Gonçalo, que lutam pela terra no Mato Grosso. Uma empresa americana busca instalar-se na região para explorar manganês, com mão-de-obra japonesa. Em A luz no túnel, o cenário é ainda mais negativo para o Partido Comunista do que nos outros livros da trilogia, pois o contexto é o do auge da Segunda Guerra Mundial, com a ocupação da França pelos nazistas e a hesitação de Vargas, que tende a apoiar os alemães e acaba sucumbindo aos americanos. Mas os companheiros não perdem o otimismo. Novos militantes enxergam uma “luz no túnel”: em massa, eles acompanham o julgamento de Prestes, herói maior e estímulo para continuarem na luta.

Literatura Brasileira

Edições (7)

ver mais
A Luz no Túnel
Subterrâneos da Liberdade (Vol. 3)
A Luz no Túnel
Subterrâneos da Liberdade (Vol. 3)

Similares

(10) ver mais
Subterrâneos da Liberdade (Vol.2)
Subterrâneos da Liberdade (Vol. 1)
O Sumiço da Santa
Tenda dos Milagres

Resenhas para A Luz do Túnel (2)

ver mais
Amado Jorge
on 4/2/14


Excelente trilogia, mais uma vez sensacional a maneira como Jorge Amado cria seus romances em torno de tão real contexto social. Assim não foi diferente em Subterrâneos da Liberdade, que retratou a luta dos comunistas durante o Estado Novo, mas com uma ampla visão de diversos setores da sociedade na época tão bem descrita e detalhada, que eu me senti vivendo na década de 30/40. Mesmo sabendo que Jorge era comunista e que o livro poderia ser tendencioso, ou seja, mesmo tentando não ... leia mais

Estatísticas

Desejam47
Trocam8
Avaliações 4.0 / 106
5
ranking 39
39%
4
ranking 30
30%
3
ranking 25
25%
2
ranking 6
6%
1
ranking 1
1%

38%

62%

Leila Carvalho
cadastrou em:
17/03/2009 08:44:44