As mil noites

As mil noites E.K. Johnston


Compartilhe


As mil noites





Clássico da literatura universal, as histórias de As mil e uma noites estão no imaginário de todos — do Oriente ao Ocidente. É impossível que alguém nunca tenha ouvido falar sobre Ali Babá e seus quarenta ladrões, ou sobre Aladim e o gênio da lâmpada. Ou sobre Sherazade, a mulher sagaz e inteligente que se casou com um homem cruel, e, por mil e uma noites, driblou a morte narrando contos de amor e ódio, medo e paixão, capazes de dobrar até mesmo um rei. Em As mil noites, a história se repete, mas com algumas diferenças…
Quando Lo-Melkhiin chega àquela aldeia — após ter matado trezentas noivas —, a garota sabe que o rei desejará desposar a menina mais bela: sua irmã. Desesperada para salvar a irmã da morte certa, ela faz de tudo para ser levada para o palácio em seu lugar. A corte de Lo-Melkhiin é um local perigoso e cheio de beleza: intricadas estátuas com olhos assombrados habitam os jardins e fios da mais fina seda são usados para tecer vestidos elegantes. Mas a morte está à espreita, e ela olha para tudo como se fosse a última vez. Porém, uma estranha magia parece fluir entre a garota e o rei, e noite após noite Lo-Melkhiin vai até seu quarto para ouvir suas histórias; e dia após dia, ela continua viva.
Encontrando poder nas histórias que conta todas as noites, suas palavras parecem ganhar vida própria. Coisas pequenas, a princípio: um vestido de seu lar, uma visão de sua irmã. Logo, ela sonha com uma magia muito mais terrível, poderosa o suficiente para salvar um rei...

Literatura Estrangeira / Romance

Edições (2)

ver mais
As mil noites
A Thousand Nights

Similares

(38) ver mais
A Fúria e a Aurora
NAS NOITES ÁRABES
As Mil e uma Noites - Volume 3
As Mil e uma Noites - Volume 7

Resenhas para As mil noites (57)

ver mais
Mágico e poético!
on 23/12/16


Lo-Melkhiin era um poderoso rei, amado e respeitado por seu povo. Destemido, frequentemente fazia incursões de caça, onde voltava incólume e com lindas peles e jubas de leão para presentear a mãe, mas não naquele dia. Pego de surpresa, Lo-Melkhiin foi dominado por um demônio, que se valeu de suas fraquezas para controlá-lo, banindo-o para um canto escuro de sua própria mente. Apesar das suspeitas, nunca ninguém descobriu o que havia de fato ocorrido com o rei e, para não cair em ... leia mais

Vídeos As mil noites (16)

ver mais
As Mil Noites (E. K. Johnston) | Resenhando Sonhos

As Mil Noites (E. K. Johnston) | Resenhando S

Turista Literário - Caixinha de Setembro

Turista Literário - Caixinha de Setembro

Dicas Literárias - TBR Out/Nov

Dicas Literárias - TBR Out/Nov

Retrospectiva Literária 2016

Retrospectiva Literária 2016


Estatísticas

Desejam478
Trocam25
Avaliações 3.7 / 685
5
ranking 26
26%
4
ranking 39
39%
3
ranking 25
25%
2
ranking 7
7%
1
ranking 3
3%

6%

94%

Carolyne.Goethe
cadastrou em:
19/07/2016 19:26:11
Pri Paiva
aprovou em:
28/07/2016 15:04:40