Auto-de-fé

Auto-de-fé Elias Canetti


Compartilhe


Auto-de-fé (Prosa do Mundo)





Ápice literário de Elias Canetti (1905-1994), um dos principais escritores de língua alemã do século XX. Centrada nos temas do isolamento, fanatismo, destruição e autodestruição, a obra foi banida pelo nazismo e tratada por Thomas Mann como um livro à frente de seu tempo.
Peter Kien, o protagonista, é filólogo e sinólogo, grande conhecedor das línguas antigas, embora incapaz de penetrar os problemas contemporâneos. Ele próprio é proprietário da mais importante livraria privada de toda a sua grande cidade e leva consigo uma pequena porção dela aonde quer que vá. Temendo contatos físico e social, Kien desposa, entretanto, sua velha governanta, ignorante e mesquinha, que acaba por tirar-lhe tudo, auxiliada pelo proto-fascista Benedikt Pfaff. Kien mergulha, então, nas mais baixas camadas da sociedade e morre em uma apocalíptica auto-imolação, no meio de seus livros

Ficção / Literatura Estrangeira / Romance

Edições (4)

ver mais
Auto-de-fé
Auto-de-fé
Auto-de-fé
Auto-de-fé

Similares

(9) ver mais
Moll Flanders
Bruno Shultz Ficção Completa
Absalão, Absalão!
Padre Sérgio

Resenhas para Auto-de-fé (8)

ver mais
on 29/12/13


Eu comprei este livro porque vi numa lista dos 100 melhores livros já publicados e ainda mais versava sobre livros, assunto que eu gosto. Criei uma expectativa grande, mas, ao começar a leitura estranhei a maneira de Canetti escrever, parecia um livro fragmentado apesar da leitura ser fluente. Não Gostei. Me esforcei para passar as primeiras páginas e aos poucos fui me acostumando, passou a história da faxineira, para história do Anão Corcunda que termina abruptamente, e o livro vai se... leia mais

Estatísticas

Desejam143
Trocam1
Avaliações 4.2 / 108
5
ranking 55
55%
4
ranking 22
22%
3
ranking 16
16%
2
ranking 6
6%
1
ranking 2
2%

51%

49%

Joemy
cadastrou em:
08/02/2009 07:01:27
Salomão N.
editou em:
30/09/2019 17:02:28