Caminhos cruzados

Caminhos cruzados Erico Verissimo


Compartilhe


Caminhos cruzados





Em Caminhos cruzados dramas, angústias e devaneios de vários personagens se entrecruzam na Porto Alegre da década de 30. A sonhadora Chinita emula estrelas de cinema em seu palacete prestes a ser inaugurado. Leitão Leiria não hesita em despedir funcionários para dar lugar a protegidos. Desempregado, João Benévolo imagina que é um dos três mosqueteiros. Fernanda e Noel descobrem a força e a precariedade de amar num mundo hostil.

O resultado, explica Erico, é uma espécie de mural pintado com pistola automática. Ali se retratam a hipocrisia que permeia as relações sociais, o descalabro travestido de caridade, o abismo entre as classes, e a solidão e a angústia que perpassam o destino humano.

Ficção / Literatura Brasileira / Romance

Edições (13)

ver mais
Caminhos cruzados
Caminhos cruzados
Caminhos cruzados
Caminhos cruzados

Similares

(20) ver mais
Claro Enigma
Iracema
Iracema
Cultura e Sociedade vol.I

Resenhas para Caminhos cruzados (115)

ver mais
on 19/9/23


Outra obra de Érico Verissimo em que ele brinca com o contraponto, a técnica de colocar várias histórias paralelas que retratam uma mesma ideia, mas não necessariamente uma mesma trama. A ideia principal é como o mundo moderno massacra a arte no Homem. No desenrolar, somos apresentados a quatros sonhos básicos: o infantil (João Benévolo), o utópico (Noel), o alienador (Chinita), o esperançoso (Clarimundo). Desnecessário dizer que todos são incapazes de conciliar o mundo real com o o... leia mais

Vídeos Caminhos cruzados (1)

ver mais
Caminhos cruzados - Erico Verissimo: COMENTÁRIO

Caminhos cruzados - Erico Verissimo: COMENTÁR


Estatísticas

Desejam274
Trocam15
Avaliações 4.2 / 1.772
5
ranking 46
46%
4
ranking 36
36%
3
ranking 16
16%
2
ranking 2
2%
1
ranking 1
1%

26%

74%

Alê | @alexandrejjr
editou em:
11/10/2021 18:32:30

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com a Política de Privacidade. ACEITAR