Carta à rainha louca

Carta à rainha louca Maria Valéria Rezende


Compartilhe


Carta à rainha louca





Mesclando linguagem histórica e uma crítica profundamente atual, Maria Valéria Rezende cria um romance sem par na literatura contemporânea, no qual mulheres mostram sua força frente às mais impensáveis repressões.

Olinda, 1789. Isabel das Santas Virgens, presa no convento do Recolhimento da Conceição, escreve à rainha Maria I, conhecida como a Rainha Louca. Em suas cartas, ela, tida por muitos como também lunática, conta os destemperos cometidos pelos homens da Coroa – e por aqueles que galgaram tal posto – contra mulheres, escravizados e todos os que se encontravam mais vulneráveis. Por meio dos tormentos passados por ela e por sua senhora Blandina, nossa narradora expõe o pano de fundo da colonização brasileira e da situação da mulher que ousava desafiar.

Com uma pesquisa histórica ímpar e usando o vocabulário próprio do setecentos mesclado a uma linguagem moderna, Maria Valéria Rezende recria com maestria a história de duas mulheres em um período conturbado do passado brasileiro. Como promete à rainha, Isabel conta “toda a verdade sobre o que em Vosso nome se faz nestas terras e a mim me fizeram.”

Uma revelação em nossas letras. — Frei Betto

Maria Valéria Rezende costura uma narrativa ao mesmo tempo sofisticada e simples, como só aos grandes escritores é dado saber. — Luiz Ruffato

Ficção / Literatura Brasileira / Romance

Edições (1)

ver mais
Carta à rainha louca

Similares

(18) ver mais
Homens Elegantes
Boca do inferno
Boca do Inferno
Chagas, o Cabra

Resenhas para Carta à rainha louca (10)

ver mais
Resenha: Carta à Rainha Louca

Lançamento recente da editora Alfaguarda - que nos cedeu um exemplar para resenha - Carta à rainha Louca, de Maria Valéria Rezende, traz a história de Isabel. Confinada em uma casa de recolhimento durante a colonização do Brasil, a mulher escreve para a rainha Maria I de Portugal - que, como ela, é tida por louca - para contar suas mazelas na esperança de conseguir ajuda. Isabel, a narradora e protagonista de Carta à Rainha Louca, é uma mulher branca e pobre, portanto, uma pessoa qu... leia mais

Estatísticas

Desejam80
Trocam1
Avaliações 4.0 / 43
5
ranking 42
42%
4
ranking 35
35%
3
ranking 19
19%
2
ranking 5
5%
1
ranking 0
0%

17%

83%

Jenifer
cadastrou em:
12/03/2019 17:45:26
Jenifer
editou em:
12/12/2019 00:13:41