Levo você até lá

Levo você até lá Joyce Carol Oates


Compartilhe


Levo você até lá





Trigésimo oitavo romance de Joyce Carol Oates, Levo você até lá conta a história de uma garota americana, recém-saída da adolescência, que tem um passado conturbado. Ela cresce como uma criança invisível, repudiada pelo pai, pela avó e pelos três irmãos mais velhos, que a culpam pela morte da mãe pouco depois de seu nascimento. Criada em um ambiente rural, com uma família que ignora os livros, ela dá seu primeiro passo para longe de tudo o que conhece ao entrar na Universidade Syracuse, em Nova York, para estudar filosofia. Mas seu desempenho exemplar não é o bastante. Ela quer ser vista e querida pelos outros alunos. Por isso vai parar na irmandade Kappa Gamma Pi, onde jovens ricas, atraentes e populares são o ideal de irmãs de sangue que ela nunca teve. Mas a distância entre ela e essas pessoas só vai agravar seu senso de inadequação.

Sem dinheiro, emocionalmente instável e atormentada pelas rejeições que acumula, Anellia, como às vezes é chamada, enreda-se em situações opressoras que a levam a um colapso nervoso. A isso, soma o início de um romance bruto, unilateral e humilhante com Vernor Matheius, um homem negro que seus colegas consideram uma afronta mas que, para ela, é mais uma tentativa de resistência em um mundo que não aceita nada do que ela é. E quem ela é, de verdade, é a pergunta que tentará responder na turbulenta passagem da adolescência para a vida adulta, atormentada, ainda, pela volta à cena de alguém que ela julgava há muito tempo enterrado.

Lembranças, experiências, alucinações e insights filosóficos, inseparavelmente mesclados, dão à trama o aspecto de um sonho claustrofóbico, uma luta desesperada que só acaba quando Anellia finalmente consegue encontrar a própria identidade. Definido pela própria autora como "ficção autobiográfica", Levo você até lá é ainda um registro das mudanças culturais atravessadas pelos Estados Unidos nos anos 1960.

Literatura Estrangeira / Romance

Edições (1)

ver mais
Levo você até lá

Similares


Resenhas para Levo você até lá (1)

ver mais
"Não deixe nenhum filho-da-puta por aí fazer pouco de você"
on 11/1/15


Misto de romance de formação ( Bildungsroman), saga familiar e vida de estudante, esta obra de JCO publicada pela primeira vez em 2002 foi uma surpresa e tanto para mim. O sentimento de inadequação está presente em toda a curta vida da protagonista, criada pelos avós, pobre, com a promessa de uma carreira acadêmica brilhante. Sim, para os outros "Anellia" só tem o intelecto brilhante como sua única qualidade. Se sentindo excluída desde a morte da mãe, quando vai como bolsista à univ... leia mais

Estatísticas

Desejam18
Trocam1
Avaliações 4.2 / 28
5
ranking 46
46%
4
ranking 32
32%
3
ranking 14
14%
2
ranking 7
7%
1
ranking 0
0%

24%

76%

Dani K
cadastrou em:
06/12/2010 13:46:14
Jenifer
editou em:
24/09/2019 21:29:21